Marte em Sagitário

‪#‎marte‬ ‪#‎sagitário‬ ‪#‎marteemsagitário‬ ‪#‎efemerides‬

Marte está em Sagitário. E estará em Sagitário nos próximos meses até retrogradar a Escorpião, em maio.
Segundo a tradição, Marte não ganha dignidade alguma em Sagitário. Afinal, Sagitário não oferece morada, nem exaltação e nem face a Marte. Também Marte, o construtor de cidades, não tem lugar na Triplicidade de Fogo (Áries, Leão, Sagitário). Marte em Sagitário, também segundo a tradição, ganha algum valor somente quando alcança os últimos graus do signo. Ali, quando Marte transita, ganha pódio nos Céus, quando nos seus próprios termos.
Os antigos eram obcecados por esta mania de localizar a perfeição no céu. Marte domiciliado, isto é, em Áries ou em Escorpião, é onde Marte é rei em seus próprios domínios. E, por isso, imbatível porque não há ruído entre o texto e o ator, isto é, entre o signo e o planeta. Todas as outras posições são variações, modulações da condição primeira. Marte em Sagitário, por exemplo, que, ao não ganhar dignidade alguma enquanto por ali transita (a não ser nos últimos graus do signo), é chamado então, de ‘peregrino’. E peregrino é o modo antigo de dizer que o planeta é um forasteiro capaz de produzir desordem por onde passa, já que não tem origem e muito menos vínculo com aquela terra. Marte em Sagitário, então, é o próprio bárbaro, forasteiro montado a cavalo capaz de saquear e atear fogo nos vilarejos que conquista. No comportamento humano, pode ser traduzido como uma veloz estupidez, uma cavalar impaciência e também por uma inteligência instigante e selvagem, indômita.
A mítica de Sagitário sempre esteve envolta à barbárie. Conta a lenda que os centauros são seres míticos oriundos da Tessália. Bárbaros, quando avistados, era certo a pilha e a violência. Por dominar a espada, o arco e também o cavalo, o homem sobre o cavalo (o centauro) exercia poder pela força. Depois do fogo e da pilha, quando havia interesse de fazer morada no local conquistado, exercia força pela lei e/ou em nome de Deus. Sagitário oferece domicílio mítico a Júpiter, o que porta a lei dos homens e as insígnias de Deus. Assim sendo, quando Marte transita em Sagitário, a sua arma também é o texto da Lei, o que, por definição, representa valores ideológicos e, por isso, a voz de uma classe dominante, obviamente. A civilização é sempre uma barbárie para alguém, em outras palavras. Aliás, talvez esse seja o grande esforço que Sagitário nos sugere dos Céus: a necessidade legítima de que todos nós temos para, através da cultura e da virtude, dominar a parte animal, instintiva, guiada pela sobrevivência. Até porque é Quirão, o mais humano dos centauros, é quem nos avista do Alto. É claro também que essa é uma bela imagem de sublimação dos instintos de sobrevivência. E há também quem diga que quem deve ser superado e sublimado, é o homem, e não o cavalo.
Todos também sabem que não se oferece vinho a centauros. Porque embriagados, a selvageria jamais será contida. E a violência é sempre cavalar. O cineasta que faz da sua obra uma apresentação da violência humana, onde todos são homens fora-da-lei porque todos são peregrinos no espaço e no tempo, tem nome: Quentin Tarantino. Sob esta perspectiva, convido-os para rever a obra do criador de Pulp Fiction e tantos filmes memoráveis. Principalmente um filme pouco visto e pouco comentado, ‘À prova de morte’, um filme que coloca nitidamente a barbárie de um lado e as mulheres do ‘vilarejo/estrada’ que serão violentadas, torturadas, assassinadas. Mulheres de shortinho, é claro. O fim do filme é redentor. Quem teve a oportunidade de assistir este filme no cinema, sabe do que eu estou dizendo. E se você estava lá, me diga se não levantou da cadeira para surrar aquele Marte assassino? É claro que depois é estranho perceber que a barbárie cinematográfica, a redenção violenta (e isso sempre depende de que lado você está), gera alívio nos peregrinos que ali amarraram o seu cavalo para passar duas horas no saloom sem bebidas que é o cinema de Tarantino.
Há quem virá transformar as ruas e os tribunais, neste lugar, nos próximos meses.
Esta é uma leitura desta posição. Depois volto com outras considerações
Marte em Sagitário, Marte Tarantino até fim de maio. E depois em agosto até fim de setembro.
Hasta!

João Faṣónàre Acuio

02/11/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

A sua sorte é a minha, a minha sorte é a sua.
Segunda-feira, dia 02/11, Dia dos Mortos. E a Lua em Câncer para nos lembrar dos nossos. Nos lembrar dos ossos sobre os quais nos apoiamos. O firmamento dos vivos apoia-se nas costas dos antepassados. Mas hoje é um dia para que todos andem lado a lado.
A Lua se afasta do sextil a Marte. Marte está em Virgem. O Ferreiro encontra-se no intestino do Mundo, moldando a força do caráter. Mas a Forja, hoje, descansa a brasa. Não há como separar ou ligar metais sem a ajuda dos nossos ancestrais. É preciso homenageá-los, esfriar a bigorna.
Um salve a William Lilly, outro a Vettius Valens!
O dia, aparentemente, se afasta de Marte. A Lua, no início da tarde, adentra o território do Leão, signo do Sol que se encontra em Escorpião, signo de Marte. A Lua busca Mercúrio que lá também está no signo do Ferrão. Mercúrio no signo de Marte, Marte no signo de Mercúrio. Mercúrio e Marte nos termos de Marte. A forja silencia no dia de hoje, mas a paixão continua a trabalhar, sorrateiramente. A rosa vermelha exala o Desejo. O desejo de ser merecedor do Amor.
O desejo de ser merecedor dos seus.
O dia e a noite buscam Mercúrio e depois Saturno: notícias sobre os que fogem da morte e acabam a encontrando. Notícias tristes dos refugiados retirantes. O refugiado sou eu, o refugiado é você.
Amanhã, terça-feira, dia de Marte, a Lua quadra o Sol em Escorpião. Lua Minguante. Chegou a hora de fazer o que é preciso. E só aos vivos é possível.
Bom dia, Saturnália.
*
João R. Acuio
foto: Jorge Luis Borges, exposição no Instituto que leva o seu nome, Bueno Aires
Foto de Saturnália – Astrologia & Cidade.

Consulta



‪#‎efemerides‬

Ainda na próxima madrugada, isto é, antes do Dia dos Mortos nascer, Mercúrio ingressa Escorpião. Mercúrio no signo do Lacrau até dia 20 de novembro. Então, daqui a pouco, perto das 5h da madrugada, Mercúrio no signo de Marte. E Marte está no signo de Mercúrio. É o que chamamos de mútua recepção. Palavra afiada na faca. Faca afiada na palavra. Palavra que sai da boca é que nem flecha que sai do arco.
*
João R. Acuio
Foto de Saturnália – Astrologia & Cidade.

01/11/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

Domingo, dia do Sol. Já a minha cidade está cinza da cor do chumbo de Saturno. A minha cidade é a Saturnália. Aonde vou encontro gente do mesmo metal.
A Lua encontra-se em Câncer, vai chover. A Lua vai ao signo do Mangue da Memória até amanhã, dia 2, Dia dos Mortos. Hoje é Dia de Todos os Santos.
A Lua encontra-se perto da Sirius, a alfa do Cão Maior (Sirius alinha-se a 14 do Caranguejo). E o Cão Maior é leal como um dragão. Sirius não late à toa. Sirius não sorri à toa. Guardar a porta da cidade é da sua responsabilidade. O Cão guarda a memória. E a memória pode ser letal. Certas lembranças tem parte com a loucura. A Lua caminha em seu próprio domicílio. O Cão guarda a sanidade, esta espécie de casa.
A Lua caminha pelo signo de Câncer. Lua a sessenta graus (sextil) de Júpiter, Vênus e Marte em Virgem. Os baús são abertos para serem revistos e limpos. Guarda-roupas são abertos para serem reciclados e renascerem. Está na hora de abrir o celeiro e compartilhar o que foi estocado. Livros e saberes parados em prateleiras criam germes. Para caminhar, só é preciso a companhia dos céus e da esperança nos próprios passos.
Este processo de distribuir o que se tem armazenado e de permanecer somente com aquilo que é necessário para poder bem caminhar, é pauta do trânsito de Júpiter nos campos da Virgem (Júp em Virgem, ago-2015 a set-2016). Aliás, é o que fazem os andarilhos e os refugiados que, por onde passam, deixam rastros e lastros do futuro. O ontem é a mãe do amanhã. Quem vem de lá não é meu inimigo.
Na minha casa sempre tem lugar para mais uma boca.
A minha sorte é a sua, a sua sorte é a minha.
Estamos todos sob o mesmo Céu.
Dia Primeiro de Novembro de 2015, Dia de Todos os Refugiados. O refugiado sou eu.
Bom dia, Saturnália. Faz Sol na sua cidade.
O Cão guarda o portão.
*
João R. Acuio
Foto de Saturnália – Astrologia & Cidade.

31/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Manhã de sábado, dia de Saturno, mas a hora, agora, é de Júpiter. A Lua já está de volta ao seu domicílio, o signo do Caranguejo, que pinça a lama que é a memória do mundo para dela construir seu penedo.
A Lua no Caranguejo tem o Destino de guardar a memória ancestral e trazê-la à luz quando assim for preciso e necessário, é quem guarda o passado e seus dias, bem como os dias de sua família. É quem faz da lembrança uma história a ser contada; do seu choro faz uma armadura e do seu sangue, uma arma.
A Lua em Câncer caminha na direção do trígono com o Sol em Escorpião. Evocar o passado devolve a vida, lembrar o gosto do veneno cura o rancor que já virou ferida.
O solo do mangue é salgado como um mar de mágoas revoltas ou como a lágrima que só brota da emoção de se alcançar o perdão. O mangue acolhe e nutre o Caranguejo, mas também o peixe e o homem. Como escreveu Josué de Castro, “no mangue, tudo é, foi ou será caranguejo, inclusive o homem e a lama.”
Amparamos o Outro por meio daquilo de que somos feitos.
Olhar para a própria história com respeito é o bálsamo que a Virgem hoje sintetiza com o que extrai do ferrão do Escorpião.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

SPICA

SPICA ou o signo da Virgem

“Diversificará em muitas formas uma mesma matéria-prima”.

1. Spica é o nome da estrela alfa da constelação de Virgem. Spica, em latim, significa ESPIGA. O signo da Virgem, em sua iconografia mais recorrente, é uma mulher-anjo que segura em uma das mãos uma ESPIGA ou um filete de trigo, frutos do trabalho do homem com o tempo e com a terra. A Spica, hoje, está alinhada no grau 24 de LIBRA. O grau 24 graus e 3 minutos da Libra, para ser mais exato, é onde a alfa de Virgem se alinha. Isso quer dizer que hoje qualquer planeta a esta altura de Libra tem sérias conotações virginianas, isto é, o anseio pela Ordem, pela Lei e pela a Sabedoria.

2. As alfas das constelações zodiacais concentram os atributos comumente atribuídos aos signos. Hamal, a alfa do Carneiro, por exemplo, que hoje está a 7 graus do Touro, guarda no crânio todo o impulso ígneo dos céus para atacar a qualquer momento o seu oponente. Ou a alfa do Leão, Regulus, que hoje está a 150 graus da eclíptica, isto é, a zero de Virgem, pulsa de fato a nobreza do coração do Leão, soterrados geralmente pela voracidade dos seus caninos. A Spica, a alfa de Virgem, por sua vez, concentra os atributos da prosperidade oriunda do trabalho, a humanidade das mãos guiadas pela a inteligência supra-humana e a natureza imaculada que há em todo ser humano.

3. Há um ditado africano que diz que todo grão de milho vai nu ao campo e, de lá, volta vestido e com a boa sorte. Matar a fome dos seus é uma dádiva a que, a priori, somos todos merecedores. No entanto, a disciplina e a inteligência virginianas, atributos que são necessários para que qualquer semeadura alcance o frescor e a fartura da maturidade, terão que ser conquistados sol a sol, honrando o suor dos céus e da própria testa. Enquanto uma mão, pela enxada do tempo, fica calejada, a outra, porta a espiga, pura, com a qual abençoará o pão e tudo o que tocar.

4. Virgem nos remete ao sagrado e ao segredo do trabalho: toda riqueza vem da terra, toda riqueza volta a terra. E, por isso, este ciclo de produção deve, segundo o olhar da Virgem, não produzir danos, ou produzir o menor dano, a todos os envolvidos. A semente é plantada, a lavoura é cultivada, o trigo é colhido, limpo e estocado e, enquanto se trabalha, produz-se cultura. E quando o processo chega ao fim, dá-se um tempo, espera-se o tempo, e dá início ao processo mais uma vez, para que se possa aperfeiçoá-lo. É sempre a mesma coisa, mas sempre é diferente, aos olhos da Virgem. Para Virgem, o trabalho é imbatível.

5. A Virgem que está representada nos Céus é Astréia, segundo alguns. A deusa que ensinou aos homens a cultivar a terra e, quando percebeu que os homens faziam tudo errado, maculando a terra com os seus gestos e palavras, retira-se do mundo ruborizada, com vergonha. E, desde então, lá no Alto dos Céus, lembra que a obra é divina, porém imperfeita, por isso conta com todos aqueles para descobrir as suas leis, os seus ritos e sua magia. Aos que a desprezam, o desequilíbrio do corpo e a pobreza.

6. Ptolomeu diz que a Spica é uma estrela de Vênus e de Marte. E, assim sendo, com destinações benéficas e maléficas, ao mesmo tempo. Vênus abençoa o mundo dos que respeitam os ritmos da natureza. Marte é capaz de aplicar a justiça a quem a desobedece. A mesma mão que auxilia os obedientes, marca os impuros.

7. Nativos que a possuem SPICA conjuntas ao Almutem da Carta, ou junto ao Sol, Lua, SAN, são pessoas exigentes e impecáveis. Incorruptíveis, exigirão de si a excelência e o comportamento exemplar em tudo a que se dedicam. Esta é a estrela das figuras exemplares. Fernanda Montenegro, a primeira dama do teatro brasileiro, que jamais de autodenominaria assim, porque a humildade é um atributo desta configuração, tem o Sol conjunto a Spica. E, de fato, Montenegro é um exemplo a qualquer aspirante a ator ou atriz. Fazer o que se deve fazer não é glória alguma, e sim e somente meramente dever, aos olhos da Virgem.

8. Spica destina a colheita. O que se planta, colhe-se. Aliás, este ditado é extremamente saturnino. Mas não é por acaso que Astréia, a deusa ultrajada, também é tida como quem anunciará a volta da Idade de Ouro presidida por Saturno. Houve um tempo onde tudo ocorria sob o signo da perfeição e este tempo um dia corrompido, diz o mito, voltará pelas mãos da Virgem. Então, quando a Spica é vista ascendendo no horizonte é sinal que a colheita deve começar e também prenúncio de que a Ordem do mundo está próxima.

9. Spica, em suma, tem o destino de ensinar à humanidade através do exemplo. Assim como destina a sorte na lavoura porque é impecável com o tempo. “Diversificará em muitas formas uma mesma matéria-prima” (Manílio)

João R. Acuio

‪#‎virgem‬ ‪#‎estrelasfixas‬ ‪#‎spica‬ ‪#‎istoésaturnália‬

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

Alcyone

Só para lembrar de Alcyone mais uma vez.
Se Alcyone é a estrela que chora rios, também é a estrela de quem é capaz de altas gargalhadas.
“Respeito muito as minhas lágrimas, mas ainda mais minhas risadas”.
Alcyone é choro e não lamúria que nunca passa.

30/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua em Gêmeos fez uma quadratura com Júpiter em Virgem, de quem se afasta lentamente enquanto caminha para a quadratura com Vênus. Júpiter em seu exílio, Virgem em sua queda, ambos no domicílio de Mercúrio.
O trabalho que se abre diante de nós é dever mas também é dádiva, o raio do Juiz separa na terra aquilo que vinga daquilo que é praga. O dia busca agora a Virgem caída, a mulher que tem mais afazeres do que prazeres, o prazer que se tornou um detalhe quase invisível para olhos tão secos num dia que o Desejo é o de olhar o mundo com olhos jovens, no enquanto e nos ecos.
Ainda hoje, a Lua quadra Marte em Virgem.
Muitas atividades confundem o senso de necessidade.
Melhor fazer primeiro aquilo que dá à alma o seu sustento.
A alma alimentada renova o ar dos pulmões.
Hoje é sexta-feira, dia de Vênus.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

imagem: John Constable

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

29/10/2015

A Lua em Gêmeos caminha em direção à quadratura a Júpiter, Vênus e Marte em Virgem. Virgem está constelada nos céus do mundo. E, por isso, a sensação é de Desordem ampla e profunda. E quem dirá que, no Congresso do Brasil, por exemplo, não está tudo, absolutamente tudo, fora do lugar?
Astréia, a deusa que representa a Virgem nos Céus, está lá no Alto porque ela mesma se retirou da Terra, onde só via desordem, caos e má fé. Não foi Júpiter que a colocou no Alto, foi a própria. Virgem se retirou do Mundo por puro asco da humanidade.
E lá está desde então no Alto dos Céus lembrando a desordem e a necessidade de arregaçar as mangas para colocar tudo em outro patamar de Ordem.
“A sua prosperidade é a minha.”

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

29/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

O dia começou com a Lua já em Gêmeos. Lua em Gêmeos que se opõe a Saturno em Sagitário.
Quem se distrai muito é ceifado pelo tempo que passa, quem não se distrai nunca sente o peso do chumbo sobre os nervos. O melhor às vezes é brincar com o erro, mesmo após percorrê-lo.
Brincar evita a angústia e fertiliza o solo que é a mente.
Lua dos mil assuntos oposta ao Saturno no signo do conhecimento. Lua dos meninos oposta ao Saturno do ensino.
Lua que se afasta de Saturno e caminha para quadrar Júpiter, aquele que é juiz mas também é o professor.
Dia que repensa qual o tipo de educação o mundo dá àqueles que ainda tem a vida toda para aprender.
A mente do outro sempre será um território estrangeiro.
Não se ensina nada a alguém através do medo.
Hoje é quinta-feira, dia de Júpiter.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

28/10/2015

O movimento punk, quer dizer, o movimento “do it yourself”, é genuinamente do signo da Virgem. Virgem é que dá importância à autonomia, o fazer com as próprias mãos e goza por eliminar atravessadores, quer dizer, por emiminar o que não precisa estar ali encarecendo o ciclo produtivo. Virgem despreza “esquemões”, grandes corporações, super máquinas trituradoras do grão humano. Virgem detesta ostentação. Por essas e outras que Júpiter, o gigante, cai em Virgem. O que agiganta então com Júpiter em Virgem é o mínimo, a maestria e a ecologia nas formas laborais. Júpiter em Virgem desde agosto de 2015 até setembro de 2016. Plante esta ideia, ela veio para ficar. Leia > http://pontoeletronico.me/2015/do-it-yourself/

João C. R. Acuio

‪#‎júpiter‬ ‪#‎virgem‬ ‪#‎punk‬ ‪#‎doityourself‬ ‪#‎astrologia‬ ‪#‎saturnalia‬

28/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue montada no Touro e ouro, ouro, ouro, Fortuna é o que sempre vem no eco dos céus, não importa sob qual aspecto. Fortuna pode ser o infortúnio, o ouro, o latão ou o chumbo.
Lua no signo de sua exaltação, que começa lentamente a decrescer em luz. Isso quer dizer que, a Lunação de Libra e seus assuntos, que atingiram o ápice na Lua Cheia, começam, pouco a pouco, a minar, diminuir, caminhar rumo ao fim ou, ainda, à ruína, à queda.
A Lua em Touro faz um trígono a Júpiter, Vênus e Marte em Virgem. Ter um corpo é um dever, é carregar um exemplar da fruta que brota na árvore do mundo. Ter um corpo é existir concretamente, é o que nos permite aprender e executar o trabalho da Virgem.
Hoje é quarta-feira, dia de Mercúrio.
O dia encontra a Justiça que deve permear cada pequena atividade, mas encontra também o prazer crítico de exercer seu ofício.
Não há melhor forma de aprender do que fazer. A feitura é uma leitura. A feitura é uma magia, um aprendizado, um caminho que se abre para que o saber seja costurado, para a precisão que só se aprende com a ação.
Durante a madrugada, a Lua ingressa em Gêmeos. Um pouco de leveza para aliviar a ansiedade diante da necessidade de se ter tantas certezas.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

27/10/2015 – ‪#‎horoscoponoturno‬

 

A Lua está em Touro, lugar onde tem palácio. Os humores buscam a coesão. Touro é um signo sólido. Sobre o seu lombo, apóia-se o firmamento. Além da necessidade da coesão, a Lua busca Júpiter-Vênus-Marte em Virgem. O tempo é cada dia mais virginiano e, por isso, o que interessa é o que é estritamente necessário e útil. E este espírito veio para ficar. A ideia é reciclar, doar, tornar a bagagem mais leve. Ensine o que sabe, aprenda o que é preciso. E valorize o pequeno produtor. E também o pensador. Todos precisam comer e viver com dignidade. Máquinas não comem, apenas trituram gentes e grãos.

‪#‎virgem‬

João C. R. Acuio

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

27/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua está em Touro, recebida por Vênus, que está em Virgem. O prazer é simples e mínimo, vem do corpo, da fruta, da terra; o prazer é um detalhe diante do qual qualquer corpo enverga.
O Sol está em Escorpião, recebido por Marte, que está em Virgem. O trabalho feito no solo do fundo do mar sacode o eixo da terra e da vida. O esconderijo feito no solo do fundo do mar ou sob o mais escuro vão da pedra é o que permite a sobrevivência através da estratégia.
Articular uma armadura venenosa é um direito.
O veneno é a pólvora do ferrão, esse parabelo.
Às 10:04, a Lua se opôs ao Sol. Lua no signo de sua exaltação, próximo ao grau de sua exaltação. O Touro que anda pela margem não se afoga, e hoje, sob a alta da maré e a cheia da Lua, voltam à terra todas as cabeças que foram perdidas em alto mar. Cabeças que se perderam ao encarar o ferrão e seu veneno merecem, minimamente, uma recepção de amor e respeito.
“O gado sempre vai ao poço”, seja vivo ou morto.
Hoje cresce em luz aquele que contempla a coragem do outro.
Hoje é terça-feira, dia de Marte.
O maior prazer é ser de verdade.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

26/10/2015

Iô Saturnália – um brinde ao Belchior!

Isso aqui é romantismo pra Marte nenhum botar defeito –https://www.youtube.com/watch?v=OKTRc7x-zCM (Coração Selvagem)

https://www.youtube.com/watch?v=EhFOQxpM2Z8
(Todo sujo de batom)

“Andar caminho errado pela simples alegria de ser”, é claro que o errante regente do mapa do menestrel é Marte domiciliado em Escorpião.

Aliás, Sol, Lua, Mercúrio, Vênus e Júpiter – todos em Escorpião – prestam continência ao Marte do mandingueiro nascido em Sobral a 26.10.1946.

– quero a sessão de cinema das cinco ‪#‎rádiosaturnália‬

.Bruno R. Lima.

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

26/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Segunda-feira, dia da Lua, e a Lua está em Áries, signo que anuncia a Primavera, signo que estoura a cabeça batendo os chifres no eixo do mundo para anunciar a cor de um novo dia, uma nova ideia, um novo início. Manílio escreveu que “os desejos de Áries o levarão ao desastre”. Desastre, de dis (ruim, desfavorável) + aster (astro, estrela). O Desejo do Carneiro é uma faísca de vida. O desastre às vezes é uma novidade que nos ressuscita.
Tanto a Lua quanto o Sol são recebidos por Marte, que se encontra em Virgem. Cria-se o veneno e o inseticida, o remédio e a espagíria. Não importa aonde o Carneiro esteja indo, a esperança de chegar primeiro é o seu combustível.
A Lua em Áries se opõe a Mercúrio em Libra.
A cabeçada vem bem no meio da Balança que pesa a bandeira da palavra, bem no meio do discurso que se disfarça de Justiça.
A coragem não percorre as trilhas da mentira.
Bom dia, bom dia

-Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

25/10/2015 – ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemerides‬

 

Hoje é domingo, dia do Sol e o primeiro dia da semana. A Lua encontra-se em ÁRIES, signo das urgências. Áries, signo de Marte (domicílio) e do Sol (exaltação). E é por isso que podemos dizer que a Lua é RECEBIDA tanto por Marte quanto pelo Sol. RECEPÇÃO é um termo do jargão astrológico que vem do entendimento a quem os signos oferecem honra ou vergonha. A narrativa celeste tradicional é toda articulada pelas simpatias e antipatias entre os signos e os planetas. E ninguém deve temer isso. O céu fala sobre o destino do mundo, não exclusivamente da miséria dos nossos passos. Quando articulamos a linguagem astrológica, procuramos os nós da prosa do Mundo para que, quem sabe, cada um de nós possa pontuar o tempo do texto. Um exemplo de que o Céu fala mais da cidade do que dos indivíduos, basta ler este texto da Letícia que esclarece o tempo tempestuoso em que vivemos sob o signo da Alcyone, a estrela que chora: http://migre.me/rUwKQ . Leia e vá ver a exposição da Frida Kahlo em São Paulo, para se inspirar.
Hoje é domingo e a Lua é recebida por Marte em Virgem e pelo o Sol em Escorpião, signos que conversam. Há muita trabalho a fazer, há muita tempestade a acalmar. A Lua caminha em Áries, signo dos rompantes e dos incêndios, porém, a Lua, embora seja recebida pelo o Sol, não o aspecta. E para que algo irrompe é preciso que os planetas colidam. O ingresso do Sol em Escorpião domou algo por debaixo do mar do chão.
Hoje, domingo, e amanhã, segunda-feira, as horas do dia, por antíscia, aspectam Vênus, Júpiter e Marte em Virgem. Zelar pela lavoura do mundo é a reza que zera. Virgem exige o aprimoramento de tudo aquilo que esteja ao alcance da mão. Medir as consequências do estar no mundo é o mínimo que espera de qualquer inteligência mediana. Por isso, afirmamos que Virgem promove o entendimento do pensamento ecológico e sistêmico. O GreenPeace nasceu sob o Sol em Virgem.
Tempo não é dinheiro, tempo é espiga de milho. A sua prosperidade é a minha.
Enquanto separamos sementes, organizamos o pensamento, a Lua, o tempo do mundo, caminha para se opor ao Sol, dia 27, já em Touro, totalmente cheia, isto é, quando a maré encher.https://www.youtube.com/watch?v=Qf0V07Tcs6U Hoje, amanhã e terça-feira, algo se prepara para morrer.
Faço votos que, desta vez, seja a miséria.
Bom dia, Saturnália.

*
João C. R. Acuio

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

24/10/2015

Alcyone
parte 2
Frida Alcyone

10.
É comum para quem tem Alcyone em destaque em seu mapa, ter um par de olhos enormes. Olhos que são capazes de chorar um rio amazonas. Afinal, Alcyone destina choro. E as suas lágrimas pela perda de um irmão, de um filho ou do amor da sua vida, são capazes de encher um oceano num piscar de olhos entre soluços. Paradoxalmente, a perda de Alcyone estrutura quem a tem como núcleo estruturante (conjunta ao Ascendente, junta ao Almutem da Carta, aos Luminares etc). Alcyone encontra uma perda que se torna uma pedra onde erige o seu mundo.

11.
Em outras palavras, Alcyone destina luto. Destina à luta do luto. Alcyone veste as roupas e a dor do luto por ver o seu mundo desabar. Este é o caso de Frida Kahlo que a tem conjunto à Lua. A Lua é o Almutem da carta da pintora. A Lua é significadora da carta como um todo e também da primeira casa, isto é, do cenário que testemunha sobre o corpo. O raio que atinge Alcyone atinge o corpo de Frida.

12.
Almutem Figuris é o planeta que guarda o destino do nativo. Frida tem a Lua como Almutem Figuris. Lua conjunta a Alcyone (e também a Algol, como vimos aqui > http://migre.me/rUvZu ). E Alcyone, segundo Ptolomeu, é uma estrela de Júpiter e da Lua. Quando a estrela e o planeta são da mesma natureza, torna a configuração ainda mais potente. E quanto uma estrela fixa toma para si o Almutem da Carta, escreve então a sorte do nativo a partir de seu mito.

13.
Frida Kahlo não é conhecida por ser uma pintora. Não! Frida, antes de tudo, é conhecida no mundo por ser a Frida. Por ser a mulher que chorou todas as dores do mundo impostas ao seu corpo por um grave acidente. Frida é a Frida porque fez das suas dores lancinantes, tanto no corpo quanto na alma, a fonte de inspiração da sua arte. E aqui está uma destinação de Alcyone: fazer com que as lágrimas tornem-se fonte.

14.
“A cada milágrimas, um milagre, a cada milágrimas…”
https://www.youtube.com/watch?v=urjFhEOfUn8 (Itamar Assumpção/ Alice Ruiz)

15.
Frida também é a Frida por ter amado intensamente Diego Rivera, o seu Ceíce particular. E não só por ter amado Diego. Frida é Frida por ter sido Alcyone em todos os seus enlaces amorosos. É sempre bom lembrar que Alcyone é punida por Júpiter por ter ousado ter um casamento divino. Alcyone destina a união profunda e, paradoxalmente, também a viuvez psicológica. Por isso a importância da superação da dor através do luto para que o luto, como por um milagre, transforma-se em fonte de luta.

16.
Frida também é Alcyone, a líder das Plêiades, por ter se envolvido com política e causas feministas. A constelação das Plêiades é o agrupamento celeste feminista por excelência. As Plêiades são 7 irmãs sabedoras de si que fogem do assédio de Órion, O Caçador. Aliás, no céu, Órion está ao lado das Plêiades. Também vale observar que Ptolomeu e o mito a associam a Júpiter, o garanhão e vingador através dos raios. Ninguém foge do seu destino, mesmo que tente. E o destino de Alcyone é travar uma guerra com os valores patriarcais que Júpiter representa. E, com isso, tornar-se uma líder. Alcyone é a LÍDER das Plêiades. Curioso que, depois de Frida, não há grupo feminista que não a toma como símbolo de resistência.

17.
Frida também é Alcyone por ter vestido não só as suas dores, mas também as dores das mães e dos pais e dos filhos do México. Frida fazia questão de se vestir como uma campesina, portando assim todas as insígnias referentes à sua terra. Aliás, esta é outra destinação de Alcyone: a de se vestir com adornos, procurando assim realçar a graça feminina. Veja o que Manílio diz sobre: “O Touro, quando ascende, precipitando-se, em seu nascer, de costas, traz, junto ao seu sexto grau, as Plêiades, irmãs que rivalizam em brilho. Sob o sopro da influência delas, são dados à benéfica luz os seguidores de Baco e de Vênus, e, nos banquetes e festins, os espíritos atrevidos que, com mordaz gracejo, procuram granjear doces risadas. PARA ELES SEMPRE HAVERÁ A PREOCUPAÇÃO COM O ENFEITE E A BELA APARÊNCIA: dispor em sinuosas ondas os cabelos, ou com laços de prender madeixas, juntá-las num apertado coque, e, ajuntando-se mais cabelos, mudar a cabeça, raspar os peludos membros com a porosa pedra pomes, odiar sua condição masculina, e desejar torneados braços. Agradam-lhes as roupas femininas, e calçados não para uso, mas para a beleza, e um modo de andar que afeta suavidade. (…) AMAR, para eles, É SEMPRE POUCO: desejam, também, parecer amantes.” A Frida, apesar do luto, enfeitava-se. Enfeitava-se com o sangue e as cores do México. E amava como ninguém.

18.
Em suma, Alcyone destina o casamento divino. Assim como também a perda fatal, o luto, o choro, o gosto do sal. Destina-se à liderança, tem o poder de afugentar o mal. Alcyone destina-se à tempestade e também à calmaria dentro da tempestade. Veste o luto e depois o adorno sobre o luto. E, sobretudo, Alcyone veste o amor. Alcyone é uma mulher, enfim.

João R. Acuio
‪#‎astrologia‬ ‪#‎alcyone‬ ‪#‎zerodegêmeos‬

Na foto, a minha amada Maria “Alcyone” Ravazzani no papel de Frida.

Leia também: Alcyone – parte 1 > http://migre.me/rUwI6

O texto impecável e emocionante da Rafaella Biasi: Alcyone, a mulher que chora > http://migre.me/rUwJG

E da Letícia Helena, o texto sobre a Lunação de Libra, que tem Alcyone em destaque > http://migre.me/rUwKQ

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

24/10/2014 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue em Peixes. O dia toma o caminho das águas que se abrem para escaparmos. O dia, que é uma história, hoje é uma história sob o signo da água, do sonho, do milagre e do escape.
O Sol está em Escorpião. A água, a lágrima, o bálsamo, todo líquido é veneno que expurga a praga, o medo, o horror. Todo Desejo é, no fim das contas, o Desejo de amor.
A Lua em Peixes se opõe a Marte em Virgem.
O mergulho do pássaro hoje busca o peixe que também é o trigo.
O mergulho nas águas é uma luta.
O mergulho nas lágrimas é uma luta.
O bico é uma arma afiada, uma faca, uma ideia nada vaga de que para respirar sob as águas é preciso estar ciente de que toda tentativa é um lance de dados, de que há um curso inevitável no rio que é o mundo.
Hoje é sábado, dia de Saturno.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

Alcyone, parte 1

Alcyone, a estrela que chora

1.
Alcyone é a estrela central das Plêiades. Hoje está alinhada a zero grau de Gêmeos. Segundo Ptolomeu, uma estrela da Lua e de Júpiter. Alcyone destina choro, milágrimas e também apreço pelo o adorno. O choro é pela a perda de um grande amor.

2.
Alcyone também destina a sorte de um amor correspondido. Conta o mito que Alcyone, filha de Éolo, o guardião dos ventos, casou-se com Ceíce, filho de Fósforo, a Estrela Matutina, e os dois, Alcyone e Ceíce, eram muito felizes na companhia um do outro. Eram tão felizes que Alcyone teve a audácia de adotar o nome de Hera e chamar o marido de Zeus. Obviamente, Hera e Zeus se sentindo desrespeitados com a homenagem, fizeram desabar uma tempestade sobre o barco em que Ceíce viajava para consultar um oráculo, afogando-o. Louca de dor, Alcyone se joga do penhasco.

3.
Ontem, Glamurama publicou uma reportagem que conta a história de Leila Cravo, atriz e símbolo sexual nos anos 70, que se jogou nua do penhasco de um prédio devido ao fim de um relacionamento. Leila não tem Alcyone no mapa, mas o resgate desta notícia acontece sob a Lunação de Libra (12/10 a 11/11) que tem Alcyone ascendente e, por isso, dominante nestes dias desde o dia 12/10 (leia o texto da Letícia sobre a Lunação aqui > http://migre.me/rTVbM. Diante da perda do amado, joga-se do penhasco da dor. Leila foi encontrada viva. Leia a matéria aqui > http://glamurama.uol.com.br/a-historia-da-ex-apresentadora…/

4.
As Plêiades, onde está Alcyone, é composta de 7 estrelas, 7 irmãs. Todas elas filhas de Atlas com Plêione, a rainha do mar. Alcyone é a irmã que lidera a constelação. As Plêiades são: Maia, Electra, Taígete, Alcyone, Celeno, Mérope e Estérope. Todas elas são perseguidas pelos deuses. Alcyone e Celeno, por exemplo, arrebatam o coração de Netuno, que as persegue. Estérope faz com que Marte abandone a guerra para se entregar ao amor. Maia, Electra e Taígete, fazem com que Júpiter implore por afeto. Apenas Mérope nega o apelo de Júpiter e de outros deuses. Mérope entrega-se ao mortal Sísifo. Atlas que tem o castigo de sustentar o mundo em suas costas, tem orgulho de sua filha. Mérope é a prova de que nem os deuses são capazes de curvar uma mulher quando esta não deseja. Júpiter para se vingar de Mérope que preferiu esposar um mortal, faz com que seja a estrela menos brilhante.

5.
As Plêiades ou Alcyone, sua líder, tem no seu núcleo dramático o conflito do poder feminino pré-helênico versus o poder patriarcal representado por Júpiter/Zeus. Este conflito é encenado toda vez que uma mulher recusa a investida de quem quer que seja. As Plêiades fogem como podem do assédio.

6.
Os velhos marinheiros recorriam a Alcyone, também conhecida como ‘a rainha que afugenta o mal’, para não darem com suas embarcações nos recifes. Filha de Éolo, guardião dos ventos, acreditava que era capaz de persuadir o pai e, se não para evitar a tempestade, ao menos conduzir a embarcação para lugar seguro. Alcyone, a rainha que afugenta a tempestade.

7.

Alcíone também é o nome de uma “ave fabulosa, de canto plangente, considerada pelos gregos como de bom augúrio, porque passava para fazer seu ninho no mar, quando calmo.” Alcíone, o pássaro, é raramente vista, pois aparece somente nos solstícios e durante o ocaso das Plêiades.

8.
O nascer helíaco das Plêiades em maio marcava o início da temporada da navegação. O seu ocaso no solstício de inverno, o final da temporada, quando começava a soprar um vento frio do norte. Os Dias de Alcíone, isto é, os 7 dias que precedem o inverno e também os 7 dias que o sucedem (em outros lugares, é o tempo da Saturnália), é quando a ave faz o seu ninho. Nestes dias, Éolo, seu pai, proíbe os ventos agitarem as águas. Por essas e outras que Alcyone, a líder das Plêiades, era tida como protetora dos navegantes. O seu corpo, aliás, o da ave, era utilizado como talismã contra as tempestades provocadas por Zeus/Júpiter. Aves que teriam sido atingidas pelos raios de Júpiter. O raio nunca cai duas vezes no mesmo lugar, também por isso o talismã.

9.

Alcyone tem parte com o mar.

João R. Acuio

*
Depois eu volto com mais comentários sobre Alcyone, a estrela que chora
Leia também o texto primoroso da Rafaella Biasi > http://migre.me/rTVGa

imagem: noivos casando nas ruas de Lisboa

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

Alcyone

Olha, nem sei o que dizer. Que texto primoroso o da Rafaella. Leiam!

Alcyone, a mulher que chora.

Em um dos mitos a envolver as Plêiades, uma das irmãs da constelação, Alcyone perde o marido que naufraga no mar. Esse mito nos leva por caminhos cadenciados assim como faz as ondas antes de alcançar os rochedos. No mito lidamos com três idéias: o pressentimento que furtaria a tragédia mas não é ouvido, a não consciência da tragédia e por fim a aceitação que só se dá através do lamento da perda.

Consciente de sua viagem,que está acima dos riscos e mais próximo do que chamamos de Destino – esse mistério que não alcançamos mas que nomeamos, e ao dar nome o destituímos de sentido – Ceix, marido de Alcyone vai de encontro com o que não nos escapa: a morte. Tem algo muito sutil nessa história, como um fio solto a nos dizer o quão evidente a perda se mostrava ainda que ele nem tivesse entrado no barco. Essa sensação que temos é porque Alcyone pressente que algo está errado, fora de script para ela. O mar pode vir a aterrorizar a embarcação e ela prefere que Ceix a leve assim ela estaria a salvo ainda que na morte – que é dele. E ele por outro lado se submete a partida e se despede, a deixa à deriva da historia que o pertence. A morte viria pra ele e não pra ela. E não pra ambos.
Assim como é cada pressentimento que todos temos: ele é sempre esquecido. A clareza é rapidamente perdida, tomada por uma névoa, até porque estamos em outros domínios: o da aceitação futura de que não poderíamos ter feito nada para mudar o curso da história.

Alcyone então se entrega a pureza da ignorância e também de uma submissão pueril: ela tece as vestes que usará ao encontra-lo, e tece também as vestes do amado. E reza aos deuses que ele volte logo porque ela sente saudades. A credulidade é o ultimo recurso que o mito usa para que ela possa ser preparada para o aviso da perda. Aqui os deuses se compadecem e trazem a mensagem na forma de despedida: mesmo que seja uma imitação de Ceix, é ele ali nos sonhos a contar sobre sua morte, ele pede a amada que o vele, que o encaminhe através de seu pranto até os domínios do mundo dos mortos. Que o choro guie sua passagem como uma luz que clareia o caminho.
A notícia da morte de alguém que amamos é um torpor. Quando recebemos a noticia que perdemos alguém estamos assim como a mensageira da deusa que enviou o sonho, sob os reinos do Sono, nenhuma folha farfalha na arvore nesse momento, o ar é tomado por uma estagnação dilacerante, o silêncio é ensurdecedor. Uma voz distante toma as vestes de Morfeu: “sinto muito, mas perdemos o seu filho”. E a onda acaba por quebrar no rochedo, o mar se abre para receber Alcyone já morta em vida. “Não se vá, Fica! Ou partamos juntos!”, diz Alcyone a Ceix. Mas não podemos seguir ,não podemos adentrar Hades. Precisamos ficar, a margem, e chorar essa morte. Entramos na nossa própria viagem agora, precisamos viver a presença da falta.

Esse mito é sobre o luto. Quem nasce sob essa estrela é uma “mulher que chora”. O choro do luto não é qualquer choro – é um choro branco; da cor do leite, da nuvem, da pomba – dentro da gota de uma lágrima da mulher que chora existe um mundo, uma vida: existe um milagre. “Faça fazer sentido, a cada mil lágrimas sai um milagre” Talvez por perspicácia da narrativa o mar esteja como pano de fundo para Alcyone. Precisamos do sal, do sal, do sal. Desconfio que Alcyone não lamentou plácida e quieta. Alcyone enlouqueceu, “Alcyone esmurrou o peito e rasgou as vestes. Não se preocupou em desatar os cabelos, mas arrancou-os, selvagemente”. Saiu do prumo, da curva, do exato e chorou, lavrou com sal e agua a pedra. Chorou o mar aos gritos e gemidos. Ao mesmo tempo que há no choro do luto um aspecto virginal. O choro como salvação, a edificar a perda, a santifica-la. A mulher que chora sente profundo arrebatamento da alma que agora respira, é na alma que fiamos o milagre. A lágrima carrega intimamente em si a virtude da proteção, é em outra história a lágrima-talismã do dragão dentro de um potinho que precisamos resgatar para nos salvar, é o que nos protege dentro de um círculo mágico quando o Diabo nos persegue e quer nos roubar, o choro é uma resistência a tudo de sujo e feio no mundo. Nos lambe-lambes virtuais vejo todos os dias o “não é a agua com açúcar que acalma, é a agua e o sal”. É o mar dentro dos olhos, escorrendo, sendo jogado contra as pedras, contra o mundo.
A vida assim como a morte não passa incólume por ninguém. Como disse Roberto Freire “Não é a vida o contrário da morte” o contrário da morte é o amor, esse que nutrimos na essência, nos sonhos, na liberdade. Alcyone é a estrela da empatia pela dor, no acolhimento da dor. E no caso da presente Lunação é a estrela da sororidade entre nós mulheres, que em uníssono choramos pelas perdas, pelas perseguições. Li ontem que só podemos doar através das histórias que vivemos, e o que tenho nesse momento é a historia da perda de um filho que não chegou a nascer. E edificada no choro de mil lagrimas assim como todas as mulheres que choram sigo: fortalecida. Seguimos. Alcyone não é uma estrela fraca, incipiente em sua dor. Ela explorou o subterrâneo, guiou Ceix até Hades através de seu choro. Assim como maes ao guiarem seus filhos que ascendem aos céus. O pranto do luto nos devolve para a realidade, o obscuro fica pra trás, esse lugar onde nem o silencio cabe. Essas aguas limpas lavam nossos olhos e nossa percepção de mundo é alterada. Existe o símbolo da pureza também no final do mito: tanto Ceix como Alcyone são transformados em pássaros. São libertados em nome do amor que sentem. E dizem que o tempo de calmaria que o mar traz aos marinheiros é o tempo amparado pela paz de Alcyone, dias em que os ovos são chocados. Dizem que nesses dias o mar é contemplado pelo céu azul e nenhuma nuvem é desenhada nele.

Rafaella Biasi Gimenes

‪#‎alcyone‬ ‪#‎gemeos‬ ‪#‎estrelasfixas‬

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

Alcyone

A Lunação, o ciclo Sol-Lua, em que nos encontramos, tem Ascendente a zero de Gêmeos, lugar onde habita Alcyone, uma das estrelas das Plêiades. Estrela que destina choro e sororidade. A Letícia escreveu um texto que vale a pena ler. Diria que é obrigação lê-lo para entender o massacre que o Brasil vive. Fará rolar lágrimas. As lágrimas precisam valer o quanto pesam, vale dizer. Então, abaixo, o texto da Letícia, lançando luzes sobre o ciclo que vivemos.

Amanhã ou depois, volto eu, com um texto específico sobre esta estrela, Alcyone. A estrela que marca a vida de Frida Kahlo.

E depois, a Rafaella Biasi virá com reflexões sobre o luto, o choro e o amor que brota na vida perda que vira pedra. Boa leitura!

Lunação de Libra, a da Alcyone

por Letícia Helena

Esta Lunação de Libra, com início em 12 de outubro, tem o ascendente no zero grau de Gêmeos, grau em que se encontra alinhada a estrela Alcyone. O regente do ascendente, Mercúrio, em Libra e também em conjunção partil à Cabeça do Dragão. Al Biruni aponta que a natureza do Nodo, segundo os babilônios, é aumentar o poder de ação do planeta que o toca. Com Mercúrio em mútua recepção com Vênus no signo de sua QUEDA, fica claro que os assuntos venusianos serão afetados negativamente.

Vênus rege a quinta casa do mapa – casa que fala sobre prazer, sexo e também a crianças. Vênus rege ainda, por exaltação, o Meio do Céu em Peixes, que trata da imagem pública daquele período, dos assuntos que estarão em pauta, que serão levados a público, ao alto.

Dois dos significadores naturais da mulher – a Lua e Vênus – estão debilitados de alguma forma no mapa desta Lunação. A Lua, no domicílio de Vênus – Libra – se encontra na Via Combusta. O Sol rege a casa III, também associada à imprensa escrita ou falada, conjunto a Lua, também na Via Combusta, ambos nos termos de Júpiter, o juiz, que neste mapa rege o Meio do Céu e a casa VII – a casa dos inimigos declarados.

Na tarde do dia 21 de outubro, sob a Lua em Aquário – em trânsito pela casa IX do mapa da Lunação – foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados um texto que, se aprovado nas próximas instâncias, dificultará medidas de amparo e apoio a mulheres vítimas de estupro ou que entendam por bem que a melhor decisão que possam tomar seja a interrupção da gravidez.

Vênus do mapa desta Lunação, além de estar em queda e reger a casa V – relativa à gestação e filhos – está em quadratura a Saturno, regente da casa IX, a casa das leis e do Poder Legislativo. O mesmo Saturno em Sagitário se opõe ao ascendente conjunto a Alcyone: é o Legislativo fazendo a mulher chorar por vias legalmente opressoras. Saturno na casa dos inimigos declarados – casa VII – reacendendo a ideia do Legislativo como inimigo do povo e aliado do conservadorismo religioso. Esse projeto, ainda que vetado, mostra uma perseguição simbólica ao feminino, à mulher como gênero, como grupo, como constelação.

A mitologia relacionada a Alcyone e à constelação das Plêiades é muito esclarecedora no que diz respeito à sua determinação quando tal estrela está em destaque em uma carta. Alcyone e suas irmãs foram perseguidas por Órion. E foi esta a perseguição que as uniu nos céus, como constelação. Manílio é enfático ao afirmar que esta é uma estrela que destina o choro. A vida marcada pela perda possui duas versões possíveis: a primeira é a de que, em sonhos, Alcyone teve o aviso da morte de seu marido no mar, após pressentir e acertadamente avisá-lo de que tal viagem seria um perigo. A segunda versão é a de que, das sete estrelas de Plêiades, uma delas se perdeu das outras irmãs – por isso só seis são visíveis a olho nu. Outras culturas possuem ainda outros mitos associados a esta constelação, mas em todos eles encontraremos uma das seguintes marcas: o choro, a perseguição e/ou a perda.

Um dia antes disso, na noite do dia 20 de outubro, a estreia de um programa de televisão em que crianças aparecem cozinhando pratos elaborados rendeu uma polêmica envolvendo comentários criminosos sobre uma das participantes. Uma menina de 12 anos foi alvo de comentários que envolviam sua imagem e o desejo sexual de homens adultos por ela, uma criança. Comentários feitos abertamente nas redes sociais. Outras crianças participantes também sofreram ofensas e/ou perseguições nas redes sociais, inclusive um dos garotos está sendo exposto como homossexual.

A Vênus em Virgem do mapa desta Lunação rege a décima segunda casa , a quinta casa e, por exaltação, o Meio do Céu. O desejo criminoso (casa XII) por uma criança, uma “Virgem” (casa V e seu regente) são exaltados, levados ao alto, a público (Meio do Céu). Ainda: Vênus quadra o ascendente conjunto a Alcyone – as mulheres rapidamente se unem e não só choram a opressão e a perseguição sofrida pela garota como se mobilizam para defendê-la. Vênus em quadratura ao “velho” maléfico Saturno, que se opõe ao ascendente.

Este episódio lamentável deu origem a uma campanha de apoio às mulheres através da hashtag ‪#‎primeiroassédio‬: diversas mulheres relatando nas redes sociais suas primeiras experiências como vítimas de assédio. Quase que a totalidade dos relatos ocorreu ainda na infância, ou no começo da adolescência. Vale lembrar que um dos sinônimos para a palavra assédio no dicionário é “perseguição”. Vale lembrar que Vênus, que tem seu júbilo na casa associada ao sexo, está em queda. O assunto que vai ao alto (regente por exaltação do Meio do céu) é a Virgem caída, em aspecto tenso com Saturno, o velho (por quadratura), que por sua vez fere o ascendente conjunto a Alcyone – as mulheres se compadecem da sua situação, choram sua dor e a amparam. O regente do ascendente está em mútua recepção com a Vênus em Virgem, ou seja, esses planetas trocam forças, se ajudam, e se ajudam buscando Justiça, buscando equidade, se ajudam na tentativa de expandir, aumentar, potencializar os assuntos de Libra, signo em que Mercúrio se encontra conjunto à Cabeça do Dragão. Os dois episódios – a exibição do programa de televisão e a aprovação do PL na CCJ – ocorreram sob os seguintes aspectos: Vênus da Lunação (03º de Virgem) na contra-antíscia do Sol do evento (27º de Libra) ao mesmo tempo em que a Vênus do evento (11º de Virgem) estava na contra-antíscia do Sol da Lunação (19º de Libra).

– Letícia Helena C. Santa Cruz

‪#‎astrologia‬ ‪#‎alcyone‬ ‪#‎libra‬ ‪#‎choro‬

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

23/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A sexta-feira começou com a Lua já em Peixes. Lua no signo que crê no mistério do espírito, no mistério da compaixão que vem do espírito, no mistério de repartir as bençãos com o cardume em que estamos inseridos.
Peixes tem Júpiter como regente por domicílio e Vênus como regente por exaltação. Júpiter e Vênus se encontram no signo da Virgem, o primeiro na condição que chamamos de exílio; já Vênus tem em Virgem a sua queda.
A Lua faz uma quadratura a Saturno no signo do Sagitário, também regido por Júpiter. Isso significa que o mundo está hoje sob o crivo de uma Justiça debilitada. Que é fácil encontrar dentro do cardume a linha tênue que separa a compaixão da opressão disfarçada de paixão.
A Lua se afasta da quadratura com Saturno e caminha para uma oposição com Vênus e Júpiter. O prazer também é político. “Prazer” e “aplacar” possuem a mesma origem, “placare”, acalmar. O prazer acalma o espírito do homem, e é o espírito que determina a direção do cardume do mundo. Mas o espírito como bússola hoje tem a ética como norte. Prazer é poder estar vivo e tranquilo. Prazer é poder salvar o peixe afogado pelo mundo.
Peixes não têm pés, mas é o signo ao qual foi atribuída a regência dos pés, no corpo humano. Os pés carregam o peso do corpo como Peixes carrega o peso do mundo. O rito do Lava-Pés, presente em diversas religiões, é uma alusão à humildade e à caridade. Tanto Peixes quanto Virgem são signos forjados na humildade. Lavar os pés de alguém significaria despir-se da arrogância, dos julgamentos mundanos, para entrar em contato com o que todos têm em comum: o espírito. Virgem-Peixes e um rito que faz alusão à reconciliação com o espírito do outro e com o espírito do mundo através da humildade. E é preciso muita humildade para que alguém possa ser emissário de uma Justiça coletiva.
Por volta das 15:47 (horário de Brasilía), o Sol ingressa em Escorpião. Vai escorrer veneno de um dos olhos do mundo. Vai ter luz no ferrão.
Hoje é sexta-feira, dia de Vênus.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

22/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua continua em Aquário, o Aguadeiro. Lua no signo em que Saturno tem domicílio e o Sol, seu exílio. A Lua se afasta do trígono com Mercúrio em Libra, em mútua recepção com Vênus em queda.
As notícias sopradas pelo vento chocam o nosso discernimento. Lua no político signo de Aquário, que transita pela nona casa do mapa desta Lunação; recebida por Saturno que transita por Sagitário, o signo que fala sobre as religiões e também sobre leis e é regido por Júpiter, o juiz, que se encontra exilado em Virgem.
Saturno em Sagitário se opõe ao ascendente desta Lunação de Libra, a 00º de Gêmeos, conjunto a estrela fixa Alcyone, da natureza da Lua e Marte.
Alcyone é uma estrela que destina choro e perseguição às mulheres. Segundo a mitologia, as Plêiades – Alcyone e suas irmãs – foram perseguidas por Órion durante sete ininterruptos anos.
A Lua se afasta de Mercúrio e caminha para, no começo da madrugada, fechar um trígono com o Sol em Libra.
Ser justo passa por saber dar as mãos ao coração do outro.
Passa obrigatoriamente por saber ser solidário – do latim solidus, firme, completo. Qual o papel da alteridade senão nos esclarecer que é o outro quem torna nossa existência menos sozinha e mais sólida?
Hoje é quinta-feira, dia de Júpiter.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

21/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua já está no signo do Aguadeiro. Lua no signo do exílio do Sol que, por sua vez, se encontra em Libra, no signo de sua queda. Não se constrói uma cidade pra si mesmo, não se constrói um reino em favor do Rei. A cidade é construída por quem a habita, não por quem a governa.
A Lua caminha para um trígono com Mercúrio em Libra. E toda a gente precisa entrar em contato, se enxergar, se unir para o necessário. O luxo do dia é ter consciência da necessidade da luta, o ouro do dia é não evitar o aperto de mão de um possível aliado, como já cantou Raul Seixas, que também tinha a Lua em Aquário.
Aliás, seu álbum “Por quem os sinos dobram” leva o mesmo nome de um livro do Hemingway, que tinha o Sol em Câncer, como Raul. Por sua vez, o livro do Hemingway tem seu título inspirado nos escritos de John Donne, que tinha Sol, Mercúrio e Vênus em Aquário e escreveu que:

“Nenhum homem é uma ilha, completa em si mesma; todo homem é um pedaço do continente, uma parte da terra firme. (…) A morte de qualquer homem diminui a mim, porque na humanidade me encontro envolvido; por isso, nunca mandes perguntar por quem os sinos dobram; eles dobram por ti.”

Lua em Aquário trígono a Mercúrio em Libra.
Todo o sino que toca, toca para um grupo, uma congregação, um bairro, uma comunidade, e também para cada um de nós.
Os pratos da Balança hoje ponderam a força de uma ideia quando partilhada, a força de um sonho quando este é realizado pelo trabalho de muitos braços.
A fraternidade não pode continuar a ser uma utopia. Do generalizado descaso pelo Destino da cidade é que brota hoje a melancolia.
Hoje é quarta-feira, dia de Mercúrio.
“Todo homem é um pedaço de continente”
Todo homem que reconhece o peso e o valor de seu grupo se torna maior: se torna gente.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

20/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue no signo da Cabra que é metade Peixe, porque a responsabilidade e o mérito de se chegar ao topo sempre pressupõe algum grau de abnegação e de generosidade por aqueles que ficaram no caminho, que ainda não terminaram a escalada. Lua no signo de Saturno, que lhe confere a consciência de que qualquer construção, objetivo, plano, qualquer Desejo do homem, da cabra ou do peixe requer tempo. E o Tempo é aquilo do qual tudo vive e tudo morre.
A Lua caminha para uma quadratura ao Sol em Libra, Sol no signo da exaltação de Saturno. Lua no signo de seu exílio em quadratura ao Sol no signo de sua queda.
O dia busca derrubar a consciência de quem compreende que o Outro também é de ouro. Mas há na alteridade a certeza de que o Outro não é só um sonho e de que a Justiça possui um Reino dentro de cada um.
A Justiça é A PAGA do Tempo.
Hoje é terça-feira, dia de Marte.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

19/10/2015

19/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

Hoje é segunda-feira, dia da Lua, que está em Capricórnio.
O dia busca o topo do mundo, o alto de existir, e qualquer evento no percurso é um obstáculo de fogo a ser transposto. Em quadratura a Mercúrio em Libra, o dia deseja seguir em silêncio, pois não se sente legitimado pelo discurso vigente. O desamparo não se cura com discurso, a leniência não se alcança com um abraço. A solidão de existir é uma escalada. Nenhuma escalada é fruto do acaso.
A Lua no signo do seu exílio faz um trígono a Vênus em Virgem e nos leva a desejar manter o passo firme no chão árido e áspero da montanha, cujo topo de neblina nos ensina que viver às vezes significa enxergar de cima, pra poder calcular a altura da queda. O abismo está abaixo da neblina, e não dentro dela. O prazer de saber que há um abismo se encerra na vertigem de encará-lo.
A Lua caminha ainda para o trígono com Marte e Júpiter em Virgem. O cumprimento preciso do próprio dever às vezes é a arma oferecida pelos céus.
Não se ensina alguém a lutar sem antes lhe apresentar as armas possíveis.
Todo poder mal empregado é fonte de desamparo ou de desespero. O parâmetro da Justiça não deve ser o nosso próprio reflexo no espelho.
Bom dia, bom dia.

-Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

18/10/2015

18/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

A Lua está em Capricórnio, no querido Capricórnio, meu malvado favorito. E hoje é o primeiro dia da semana. Domingo, o dia-coração da semana. E a Lua no signo da auto-ironia. É preciso ser muito sábio para não se levar a sério. O senso de humor é a vitória do homem sobre o princípio da tragédia. Tudo o levará ao seu destino, não importa o que faça, então, faça como os palhaços, tire uma da própria cara e da cara do capitão. A piada é um clarão dentro da tempestade, uma espécie de caneco de rum no meio do saguão.
A Lua em Capricórnio caminha para fechar aspectos com Mercúrio e Vênus que estão em mútua recepção. Vênus no signo de Mercúrio, Mercúrio no signo de Vênus. Falar é ouvir. Servir é falar. Mas também Vênus e Mercúrio nos seus próprios termos. Cada um é responsável por si. Cada um é responsável por manter a própria sombra perto do corpo. A noite de hoje e amanhã, segunda-feira, a Lua em Capricórnio caminha em direção a Júpiter em Virgem. E saiba você que o Júpiter, o deus do trovão e dono do mundo, promoverá correções em todas as esferas da vida até que as coisas todas voltem aos trilhos. Não é por caso que, no Brasil, o STF tenha ganho protagonismo. Assim na Terra, como no Céu. Júpiter, o deus da Justiça no Alto dos Céus do Mundo. Aliás, onde é o seu lugar. Júpiter em Virgem fará cair os céus sobre as nossas cabeças como sentenças para que entendamos que aqui estamos para servir o mundo e não o mundo para nos servir.
Boa noite, Saturnália. E boa semana.

18/10/2015

Sabe o que eu adoro fazer? Adoro correlacionar as notícias do mundo com o movimento dos céus. Acho esta prática tão profícua. Uma porque qualquer mortal entende a relação, se ela for evidente e bem articulada. Outra, porque é registro para posteridade e forma de pesquisa. Vou citar duas notícias recentes.
A primeira é a notícia de que a Revista Playboy não terá mais fotos de mulher nua. A notícia vem exatamente quando Vênus, uma das representações da mulher, cai no signo da sua QUEDA: Virgem. Mas esta Queda acontece uma vez ao ano e nem por isso a Playboy anunciou a decisão antes. É verdade. É que esta queda de Vênus vem acompanhada do EXÍLIO de Júpiter. Vênus e Júpiter debilitados, mais Marte também em Virgem. Marte peregrino segundo Lilly. A Playboy tem Saturno em Escorpião no mapa do seu lançamento. Assim como muitos, não resistiu ao seu Retorno nos últimos 3 anos, que fez a seguinte pergunta: “- Por que comprarão revista de mulher pelada se elas podem ser vistas na Internet?”
A outra notícia é a do remédio que promete a cura do câncer descoberto por um professor da USP porém não autorizado pela Anvisa. Sagitário, mais especificamente uma estrela alinhada a 22 de Sagitário, trata das questões médicas e dos remédios. Saturno transita por Sagitário barrando descobertas científicas, ou dificultando-as, juntamente a Júpiter que está em Virgem professando normas, rotinas e burocracias. E esta disputa entre o professor e a Anvisa vai longe. Pelo menos até fevereiro do ano que vem, já que até lá, Júpiter em Virgem, de fato, governará o período. Aos que se prestarem atenção nos detalhes para extrair o futuro, meus parabéns. Aos que limitarem a liberdade por conta de picuinha, os meus sentimentos.
Para quem estuda Astrologia, perceber estas relações é como uma boa taça de vinho tinto.

17/10/2015 – ‪#‎efemerides‬ ‪#‎horoscopo‬

 

Sábado, dia de Saturno. Dia do Senhor da cor do chumbo. Saturno transita em Sagitário, signo de médicos, filósofos, profetas e de todos aqueles que se jogam ao mar em busca de um lugar no mundo. Saturno transita em Sagitário desde o fim do ano passado (depois o Senhor Foice retornou a Escorpião e voltou ao Sagitário em setembro último). A cidade que se preze terá que andar rápido para acomodar levas e mais levas de imigrantes oriundos da miséria e da guerra que nunca acabam neste mundo desde que o mundo é mundo e sequer alguém havia mordido a maçã porque estava com fome.
Hoje é sábado e a Lua se separa de Saturno de Sagitário: o Haiti é aqui. O Haiti é aqui e aí e acolá.
A Lua é recebida por Júpiter que, por sua vez, encontra-se em Virgem conjunta a Marte. Marte/Júpiter em Virgem = a guerra jurídica continuará. E, dentro deste tiroteio entre delatores, procuradores, juízes e políticos, encontra-se o homem comum, atônito, sem ter o que dizer ou pensar. O tribunal é aqui. O tribunal é aqui e aí e acolá.
O Sol encontra-se alinhada a alfa de Virgem, a 23 de Libra. Estrela que preza o rigor, a excelência e a correção. Sim, porque sob os olhos da Virgem, o mundo está em desordem, é preciso ordená-lo e… servi-lo. Sob os olhos da Virgem, estamos aqui para servir o mundo e não o contrário.
Em suma, para Virgem, somos todos funcionários públicos.
Bom, acho que por hoje está bom.
Bom dia, Saturnália.

*
João C. R. Acuio

imagem: do mestre Laerte

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

RAS ALHAGUE

A Estrela Fixa RAS ALHAGUE, a alfa do Ophiuchus ou Asclépio, o médico do céu, a 22 de Sagitário

Na antiguidade, profeta era uma espécie de herói. O que o oráculo ou o profeta dizia para ser feito, era feito. Também o bom médico, para os antigos, era aquele que tinha o dom de curar pela a palavra. Era quem sabia escolher a erva de Marte na hora de Marte para curar a doença de Marte e, acima de tudo, sabia as palavras e as manhas para invocar Marte. Remédio sem reza era menos do que remédio com o deus invocado. Conclusão: todo aquele que faz o uso do poder da palavra é médico, portanto. Asclépio, o médico dos céus, com a sua estrela mais importante – Ras Alhague – alinhada hoje a 22 de Sagitário, é filho de Apolo com Corônis. Corônis também é o outro nome do Corvo. Lembra de Algorab? Pois é. Algorab, ou o Corvo, segundo alguns, é a paixão de Apolo que foi transformada na ave de penas mais negras do que o petróleo. Uma versão do mito conta que Apolo ao saber ter sido traído por Corônis, a transforma no Corvo que lá está hoje alinhado a 13 de Libra. Asclépio, o médico capaz de ressuscitar mortos com seus unguentos conjuntos ao veneno da sua palavra, é exatamente o filho de Apolo e Corônis. Asclépio é filho do Corvo e do Sol, em outras palavras. Asclépio então é filho do Arqueiro Apolo, o que preside o Oráculo de Delfos, e de Corônis, o Corvo, o arauto negro. Por ancestralidade, Asclépio, tanto por parte de pai quanto por parte da mãe, tem o poder de curar quando mira e receita a sua palavra ora amarga, ora doce, ora noturna, ora solar. Quem nasce sob a destinação de Ras Alhague, a alfa do Serpentário (22 de Sagitário), tem a função na cidade de ser o médico pelas palavras e das palavras.

João R. Acuio

texto sobre Algorab: @[UzpfSTMzMzExMTk4NzI5MjoxMDE1MzI5OTE4NzI5MjI5Mw==:@[UzpfSTMzMzExMTk4NzI5MjoxMDE1MzI5OTE4NzI5MjI5Mw==:https://www.facebook.com/Saturnalia/posts/10153299187292293]]

‪#‎sagitario‬
‪#‎rasalhague‬
‪#‎serpentário‬

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

16/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua já está no Sagitário. O dia quer alçar o voo entusiasmado da cavalgada rumo ao milagre.
A Lua em Sagitário está conjunta a Saturno. O mundo abraça a foice do Senhor do Tempo que percorre o signo do Arqueiro. Empunha o arco do conhecimento quem vivifica em si o poder de estruturá-lo. Caso contrário, há de ser ceifado. Não há nada que justifique uma Justiça que não vingue.
A Lua caminha para um sextil com Mercúrio em Libra.
O entusiasmo dá as mãos ao desejo de diplomacia, a palavras e ideias que de tão bonitas podem ser divinas. A palavra e sua precisa magia, sua estética mágica que torna cavalar sua eficácia.
A Lua se afasta de Mercúrio e caminha para quadrar Vênus em Virgem. Não há prazer possível na clausura. O detalhe que amarga a ventura não é visto quando se enxerga de cima a grandeza do prazer de se desfrutar de uma vida.
No começo da noite, a Lua começa a caminhar na direção da quadratura com Marte e Júpiter em Virgem. Os juízes são alvo, mas também têm boa mira. O arco que legisla não pode ser o mesmo a lançar a flecha que oprime.
Hoje é sexta-feira, dia de Vênus.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

15/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue em Escorpião, já fora da Via Combusta, já sem os ferrões em brasa. A Lua segue caída de sua casa, o mundo e seu humor seguem desprovidos da sensação de amparo, seguem desamparados mas firmes, fixos, decididamente incontestáveis em seu ofício de sobreviver. A Lua é recebida por Marte, que está em Virgem. Sobreviver é um ofício quando viver é um dever.
A Lua se afasta do sextil com Júpiter.
Tempestades de veneno durante a madrugada.
O dono do raio às vezes também saca a arma.
A Lua caminha pra encontrar Saturno, mas só amanhã, quando ingressar no Sagitário.
Enquanto isso não acontece, esperar é uma prece. Sem pressa.
O professor vem a seu tempo, e é Rei assim como ele.
Ensinar é “marcar com um sinal”.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

14/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue em Escorpião, onde é recebida por Marte, que está em Virgem. Lua no signo de sua queda. Se em Touro temos a exaltação da Lua e portanto abundância e fluidez dos assuntos lunares, em Escorpião a questão é sobreviver com o mínimo, sobreviver ao risco, suportar o desconforto através da estratégia. Inteligência bélica pra se defender, principalmente quando o ataque é a única defesa.
A Lua em Escorpião se afasta do sextil com Vênus e caminha para o sextil com Marte e Júpiter em Virgem.
Em sextil com Marte em Virgem, a Lua faz do veneno arma e ferramenta. Sintetiza o inseticida. Elimina a praga. O dia tem a palidez de quem se sabe no limite, mas a sensibilidade de quem já conhece o momento preciso de sair do esconderijo.
A Lua também encontra Júpiter num sextil. Lua em queda em sextil a Júpiter em exílio. E pra quem está em exílio, qualquer vereda é caminho. Até na guerra existem leis, até na guerra existem caminhos que nunca devem ser tomados, ordens que não devem ser seguidas. Não é o bastante, mas poupa-se algumas vidas. “Nunca fazer o que o mestre mandar” quando o juiz dentro de nós assim julgar.
Hoje é quarta-feira, dia de Mercúrio.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

13/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Ontem à noite, a Lua encontrou o Sol, dando início à Lunação de Libra. Tempos de brasa nos nervos de aço. Tempos de pares emparedados entre a fogueira e a dúvida, entre a Justiça e a Beleza, entre a harmonia – que nem sempre é simétrica – e o equilíbrio – que nem sempre é harmônico.
A Lua, ainda na Via Combusta, se afasta do Sol. Mas a sensação ainda é de recomeço, de papel em branco, de início de estrada num novo e nunca percorrido caminho. A sensação ainda é a de que tudo é possível.
Por volta das 18:40, a Lua ingressa em Escorpião, domicílio de Marte, que se encontra em Virgem.
O dia quer verter veneno, em silêncio, concentrado como quem medita. Rumores bélicos quase inaudíveis, mas o silêncio do Escorpião catalisa seu poder de atenção. Intuir o inimigo é ter vantagem sobre ele.
A Lua em Escorpião começa a se aproximar do sextil com Vênus.
A Lua em queda faz um sextil a Vênus em queda.
Há noites em que nada parece bastar.
Há noites em que se constatar vivo é o suficiente.
O perigo do abismo está no seu entorno, está em rodeá-lo.
Hoje é terça-feira, dia de Marte.
Respirar profundamente refaz a coragem.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

Gato Cabra, Cabra Gato

 

As qualidades dos doze signos encontramos nos gatos. Por exemplo, não há o felino que fará de tudo para subir no lugar mais alto da sua estante de livros? Ou, quem sabe, no topo do telhado da sua amada casa? Ou simplesmente escalar o seu corpo para pousar sobre sua cabeça? Pois então, esta é a pulsão de Capricórnio: subir, subir, subir até chegar no topo da montanha ou… do cacto.

*

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

12/10/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

 

Hoje a Lua encontra o Sol e, com isso, tem início a Lunação de Libra, ciclo que começa hoje e irá até dia 11 de novembro. Este casamento Lua-Sol acontece por volta das 21h (hora de Brasília). Escrevi sobre a mesma ontem, no post do horóscopo. —> http://migre.me/rMI2M

‘O que é preciso aprender nos próximos 29 dias?’ é o que eu me pergunto e tentarei responder para mim enquanto a Lua caminha para encontrar o Sol na Via Combusta, hoje, logo mais à noite. Recomendo que faça a mesma pergunta para si mesmo.

A Via Combusta é a rua do Céu que compreende o seguinte trecho: 15 de Libra a 15 de Escorpião. A Lua encontrará o Sol no grau 19 da Libra. É na Via do Fogo onde acontece as provas mais difíceis, as tais provas de fogo.

Bom dia e bom ciclo da Libra a todos.

*

João C. R. Acuio

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

11/10/2015 – ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemerides‬

 

Bom dia, Saturnália! A Lua já está no signo do Sol, isto é, em LIBRA. Mas somente amanhã, dia 12/10, perto das 21h (hora de Brasília) é que a Lua encontra o Sol, no grau 19 e 20 minutos da Libra e, quando isso acontece, temos o início do ciclo Lua-Sol que chamamos de Lunação.

Lua Nova e Lunação são termos diferentes. Lua Nova é a conjunção Lua-Sol, o início da Lunação, enquanto Lunação é o nome do ciclo todo de aproximadamente 29 dias. A Lunação é um ciclo-paradigma da Astrologia. Compreendendo como se dá este ciclo, entenderá qualquer outro ciclo. Escrevo mais sobre a Lunação, aqui >http://saturnalia.com.br/o-que-e-lunacao/

Curiosamente o ciclo da Lunação corresponde ao ciclo de fertilidade da mulher. Ou do mundo, como queiram.

A Lunação é uma verdadeira bola de cristal. Principalmente se você a incidir em seu mapa astral.

Detalhe: se você calcular a Lunação de Libra 2015 (12/10 a 11/11) para São Paulo, terá Ascendente no último grau de Touro. Para Brasília, no primeiro grau de Gêmeos. Para Curitiba, esta cidade que se tornou um cárcere para muitos – e eu não estou falando da Lava Jato – Algol ascende no horizonte. Mas eu vou tomar o Ascendente de Brasília, zero de Gêmeos. Brasília porque é a capital do país.

Ptolomeu diz, no aforismo XXXIV que:

se quem domina ou recebe
a união dos luminares
nas casas angulares

significa

o que estiver
para ser
naquele mês
será

(tradução Mario Domingues e João C. R. Acuio)

É o que acontece nesta Lunação. Sol-Lua no signo da exaltação de Saturno: Saturno está angular na Casa 7. Sol-Lua recebidos por Vênus: Vênus em QUEDA na casa 4. As casas angulares são: 1,10, 7 e 4 (nesta ordem de importância). Não temos, nesta Lunação, nenhum planeta na 1 e nem na 10.

O planeta dominante, por Almutem e por casa, é Saturno. E Saturno, enquanto transitar por Sagitário, dará destaque a sacerdotes, professores, juízes e legisladores. Em linguagem antiga, ferindo-os.

Curiosamente, neste domingo com a cor de saturno aqui na minha cidade, uma notícia que está circulando nos portais de notícia, é a de um padre da Igreja Santo Expedito de SP que, segundo denúncias da PF, chegou a desviar 2 milhões do caixa da Igreja. Inclusive o mesmo até gravou disco com músicas professando a virtude. Por isso, é simples, caso não queira ser atingido pela justiça de Saturno transitando com a sua foice no signo do Sagitário, basta não professar o que não é capaz de cumprir.

A Lunação começa amanhã, mas hoje já estamos no clima do casamento da Lua com o Sol. E Saturno em Sagitário está em QUEDA por casa, quer dizer, no poente do céu de Brasília. E se Saturno em Sagitário também dá destaque a legisladores, será que é a hora e a vez da queda do presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha?

Também é interessante notar que Vênus, angular, planeta que recebe a união dos luminares, está em QUEDA, isto é, com força para causar danos a Saturno em Sagitário, porque Vênus quadra Saturno, afinal. Saturno em Sagitário, a dos padres, professores, juízes e legisladores, como dito acima. A Vênus coxa é a CRUZ ou a SALVAÇÃO de Saturno, e de si mesma.

Bom, acho que por hoje é isso. Um bom domingo e uma ótima lunação a todos.

*

João C. R. Acuio

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

Virgem

Os atributos dos 12 signos estão nos gatos. O atributo ‘de fazer tudo sempre igual’ até mudar para outra rotina – qualidade atribuída a Virgem – quem tem gatos em casa sabe do que eu estou falando.
A gata que sempre dorme do mesmo lado do sofá.O gato que precisa abraçar o dono pela manhã. O gato amado que faz questão de deitar em seu computador quando começa a trabalhar. Hábitos, rotinas, Virgem. Eles estão sempre lá rumo à perfeição sempre a elaborar.

*
João C. R. Acuio

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

10/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é sábado, dia de Saturno.
A Lua segue em Virgem, se afastando de Júpiter.
A Virgem segue no seu ofício de consertar os erros do mundo e prepará-lo para receber a Beleza, que virá com Libra. Virgem quer livrar o mundo de toda a mácula para propiciar que a Beleza e a Justiça possam transitar livremente e sem entraves.
É também por isso que Virgem ama os animais: eles não danificam o mundo. Sua existência não é perniciosa para a existência coletiva. Enxergar um animal, para Virgem, é abrir uma pausa na sucessão de erros que se colocam a todo tempo diante dos seus olhos. A todo tempo, o tempo todo.
Dia para descansar os olhos e apreciar o acerto.
Dia para compreender que a perfeição sempre será um Desejo.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

imagem: Katerina Plotnikova

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

09/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é sexta-feira, dia de Vênus. E Vênus está em Virgem, signo em que tem sua queda, assim como a Lua, Marte e Júpiter também estão no signo da Virgem.
Crítica e trabalho pra todo lado. Para onde se olha, há algo a ser feito. E Virgem vive pra fazer o trabalho.
A Lua em Virgem está conjunta a Marte em Virgem.
Os instrumentos estão afiados. Mais afiados do que o necessário. Virgem peca pelo excesso de zelo. E de pensamento. A Virgem pensa em tudo.
O trabalho do dia é preciso, mínimo, minucioso. Mas o erro continua horroroso. Consertar o erro é uma guerra. Principalmente o erro dos outros. A atenção aos próprios erros é a maior das lutas. A crítica mais eficaz nem sempre é a mais bruta.
A Lua se afasta de Marte para se unir a Júpiter em Virgem. O trigo que alimenta os deuses e os homens é um troféu. Não há julgamento desfavorável a quem cumpriu com seu próprio dever.
Ser justo é devolver ao mundo o troféu que compete a cada um.
Aquilo que o Destino nos fornece tem sua utilidade dentro da teia da existência, não em uma estante ou na gaveta.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

08/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua percorre os últimos graus de Leão. Lua nos termos de Marte, que está em Virgem. A manhã ruge a vontade de que a perfeição seja o mote da luta.
A Lua busca a conjunção com Vênus mas, antes que se encontrem ainda no domicílio do Sol, por volta das 15:00, Vênus ingressa em Virgem. Vênus no signo de sua queda, Vênus mínima e discreta, Vênus crítica, sutil e útil. O amor pela vida dos detalhes aprimora os detalhes da vida.
Pouco antes das 17:00, é a vez de a Lua ingressar em Virgem e finalmente encontrar Vênus. O discernimento percorre o amor como os olhos da Virgem percorrem o campo de trigo. O menor dos erros é o maior dos joios. Os olhos da Virgem percorrem o amor como um texto sob os olhos do revisor.
O amor é, então, um aforismo.
E a perfeição é o hímen do mundo.
A Lua em Virgem quadra Saturno em Sagitário.
Quem critica o desconhecido fornece armas para ser atingido. A crítica com embasamento fornece armas para a manutenção do conhecimento. Só o erro pode abrir o caminho da flecha que mira o acerto.
Durante a noite, a Lua começa a se aproximar da conjunção com Marte em Virgem. Armas afiadas para desafiar o crivo do excesso de crítica. Só o trabalho aprimora o mundo. E trabalhar é fazer com coragem aquilo que é o seu dever.
Hoje é quinta-feira, dia de Júpiter.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

07/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue no terreno do Leão. Lua nos termos de Saturno, porque ninguém é coroado da noite para o dia.
Há o Tempo por trás da Coroa e há a necessidade de ossos fortes que sustentem a coluna, que sustenta a cabeça, que sustenta a Coroa. Falta de firmeza faz sombria a alma que sustenta a Realeza.
Coração incandescente não precisa de súditos.
A Lua faz um sextil ao Sol em Libra.
Não se faz um Reino sozinho.
No incontido candeeiro iluminado, a luz não escolhe alvos. É de ouro o poder de iluminar os sonhos dos outros.
No fim da noite, a Lua começa a caminhar na direção da conjunção com Vênus.
O amor é então um candeeiro.
Hoje é quarta-feira, dia de Mercúrio.
Toda palavra é um augúrio.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

06/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é terça-feira, dia de Marte. E o dia começou com a Lua caminhando pelo território do Leão. A Lua, um dos olhos do mundo, no domicílio do outro. Luz pra ver o que não se vê no escuro.
A Lua em Leão faz um sextil a Mercúrio em Libra. Hoje o Rei discursa em nome de uma pretensa harmonia. Quem é fera de noite, é presa fácil durante o dia. A Verdade reluz à luz do Sol. Nenhuma Justiça deve se recusar a recebê-la em seus pratos.
O corvo sobrevoa a carcaça do Leão, mas não pousa sobre ela. Nem a morte nos tira a Realeza.
A Lua faz um trígono a Saturno em Sagitário. O conhecimento que se apreende no coração é o que nos dá uma Força cavalar. Que transforma nosso ânimo e não nos acovarda diante de um rugido que nada diz, ou de garras que carregam o engano ou a danação.
O dia abraça a ideia que cura o medo e estrutura o Mundo.
Todo mundo é Rei de algum pedaço de chão.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

imagem: Campo de Trigo com Corvos, Vincent van Gogh

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

05/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é segunda-feira, dia da Lua. E a Lua no Caranguejo.
O dia se sente em casa ao descobrir o cheiro do Tempo nas gavetas das horas. Cada gota de suor que escorre dos astros é uma vírgula que pontua a história.
A Lua se afasta do sextil com Júpiter em Virgem e da quadratura com o Sol em Libra. As horas erguem suas pinças, que se fixam em nossas fisionomias. A carne do Caranguejo é a matéria que engrossa o mangue que o abriga.
Justo é saber o que fazer do chão onde temos raízes. Todo trigo traz em si a história de sua lavoura, seu campo, sua terra. Nutrir a crítica ou cultivar a dúvida são caminhos afluentes que desaguam no mesmo rio, que nunca é o mesmo. O chão e o colo que nos recebem são também partes do Destino que temos porque merecemos.
Como os cães, os caranguejos têm patas que aludem a toda uma galáxia. A memória que se carrega no corpo é a bússola que nos leva a um pressentido tesouro.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

04/10/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

 

Quando a Lua está em Câncer a gente sempre lembra aqui no Saturnália de falar da memória. E nada mais justo, afinal, o mangue do Caranguejo do Mundo é um baú. E falando na Memória, esta musa, acho que foi ontem mesmo que lembrei que o mapa astral não passa de um registro mnemônico, isto é, de um código para acessar a memória do tempo que nos viu nascer. E cada céu, cada tempo, aninha e gesta o destino a ser percorrido, vivido, sentido, dramatizado, corporificado. Destino é narrativa, conceito aliás, que eu também não canso de repetir e lembrar. O que existe entre o céu e a terra são histórias. E corpo. E memória.
Então, para compreender melhor o texto astrológico, imagine que o dia é uma criatura. E veja o céu pulsar as primeiras 24 horas. Nada passa igual a um dia, lembra? Então, quem nasceu hoje terá nascido sob a Lua em seu próprio domicílio. Já o Sol em QUEDA, em Libra. Lembre que assim que o Sol nasceu, a Fortuna estava com a Lua e quando a Lua nascer hoje, a Fortuna estará com o Sol. Veja também que a Lua faz um sextil exato com Marte, anunciando que o nativo (o dia) é “dono da faca e dos seus manejos”. Marte em Virgem, Marte num signo de Mercúrio, o que tem a caneta como faca, a palavra como lâmina. Continue a olhar o mapa como algo vivo, pulsante, e deste modo, perceba que a Lua fechará um sextil exato com Júpiter enquanto encontra o Sol em quadratura. Júpiter, Lua e Sol a 11 graus dos seus respectivos signos. Bom, por essas e outras, que eu sei que o dia, esta criatura, busca o Sol e também Júpiter. Parte de Marte, mas busca o Sol e Júpiter. O Sol destina a união, já que está em Libra, aliás, esta é a vantagem do Sol estar em QUEDA em Libra, a pessoa (ou o dia) não suporta a solidão ou a individualidade virginiana. O Sol em Libra destina o duo e o duelo. Já o Júpiter em Virgem, a justiça da Necessidade. Esta posição Marte-Júpiter em Virgem é a própria filosofia samurai: o golpe preciso, técnico, exato. Praticar a exatidão e o absolutamente necessário é uma arte marcial. A economia é o crivo da Necessidade. E uma reverência ao Corvo do outro.
Resumindo: o dia nasceu sob a Lua em Câncer. Acordou sem querer acordar, mau humorado, impaciente como um bom Marte em Virgem que ainda não tomou o seu café, o seu banho e, muito menos, botou o seu kimono. Com o passar das horas, a Lua alcança Júpiter e Sol, isto é, o sol vem neste domingo. Com a luz jupiteriana, a esperança de que se fazer o correto é suficiente (sim, é suficiente). Com a luz solar, a escolha de que a vida é melhor quando é compartilhada (sim, geralmente). “Lembra quando éramos Syd e Nancy? Mickey e Mallory? Bonnie e Clyde?” Lembra, Saturnália?
Bom dia.

João R. Acuio

*

Imagem: Weng Fen

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

03/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é sábado, dia de Saturno. A Lua segue em Gêmeos, onde é recebida por Mercúrio. O dia fala, fala, fala, na tentativa de buscar um vínculo, fala pra se sentir junto do outro, mas “falar demais, chiclete azeda”, já cantou o Criolo.
A Lua em Gêmeos busca o sextil com Vênus em Leão. A sensação de que não se está sozinho é ouro pro coração. Mercúrio quer brincar com Vênus. O dia quer ser jovem. Jovem e amado. O dia quer viver o dia como uma criança com sua cabeça fresca, com seus pés no vento, tendo apenas o amor como meta e como merecimento.
Pouco depois das 21:00, a Lua ingressa em Câncer, seu domicílio. A memória que retorna à superfície. Quem nutre a memória, sobrevive. A Lua em Câncer vai quadrar Mercúrio em Libra. Não há harmonia nas lembranças, pois o passado raramente se organiza. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

02/10/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue no signo de Gêmeos. As horas ganham asas. A Lua faz um trígono ao Sol em Libra. As asas ganham brilho e elegância no voo.
A gente voa é pra brincar com o outro.
Ninguém vê a si mesmo no alto.
A Lua se afasta do trígono com o Sol e busca a quadratura com Júpiter em Virgem.
Brincar com a Justiça é brincar com a ordem do mundo, é brincar com o Destino dos homens.
Ninguém semeia rumores impunemente.
Uma vida pautada na verdade é uma vida que colabora com o giro da Roda.
Hoje é sexta-feira, dia de Vênus.
Que o amor nos traga a leveza soprada pelos ponteiros.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

Sagitário

O passado contém o futuro. E isso todo arqueiro sabe ao puxar a corda do seu arco. A corda estica para trás junto com o braço enquanto o olhar mira o futuro. Esta dinâmica está contida no signo de Sagitário. Não é por acaso que Júpiter, regente de Sagitário, exalta-se no signo do passado, Câncer. Mas ao contrário não acontece. Sagitário não oferece nenhum pedaço da sua terra para a Lua, planeta regente do signo que retém toda a memória do mundo. Uma flecha atirada jamais volta atrás.

27/09/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

 

Hoje é domingo e é a minha vez de escrever o horóscopo. Combinei com a Letícia Helena que ela escreve nos demais dias e eu no dia do Sol.
O Sol, para muitos, é o primeiro dia da semana.
E também o dia que a Letícia dedica-se a Fórmula 1. Emoticon smile

Escrevi o horóscopo do dia do Saturnália por 9 anos a fio. E posso falar com a convicção da lâmina da espada da Justiça que observar o céu todo dia, e procurar escrever o que se vê, é a escola de Astrologia mais potente que existe. E, por isso, para fazer jus aos céus nossos de cada dia, a essa experiência maravilhosa, a exclusão da sua estrutura das dicas aos 12 signos, assim como também a eliminação do tom messiânico ou de auto-ajuda comum aos horóscopos de jornal. A gente do Saturnália paga um preço por isso. O preço justo, afinal, é no que acreditamos.

E sempre gostei de aqui, neste espaço, ensinar o que sei para você para assim engrossar o caldo da cultura astrológica da cidade – porque é isso que importa, transformar a cultura astrológica. Um gato ronronando com outro.

Todo dia que nasce o Sol, nasce um dia. E você sabe, nada passa igual a um dia. E quando o Sol ascende no horizonte leste, o ponto na Terra que chamamos de ASCENDENTE, a Fortuna está conjunta a Lua. Repetindo: o Sol de hoje que é Libra, ao nascer e, com isso trazer o dia, aconteceu sob a conjunção da Lua com a Fortuna. A Fortuna, que é chamada pelos meus ancestrais de Parte-da-Fortuna ou Lote da Fortuna, MAS JAMAIS DE RODA-DA-FORTUNA, é um ponto, uma porta, um testemunho que fala da Sorte, das Riquezas, da fortuna do nativo ou, aqui, do dia. Esta é uma conclusão óbvia para quem conhece a fórmula da Parte da Fortuna, mas é sempre bom lembrar, porque o óbvio ululante abre portas grandes. O dia nasce, o Sol, um dos luminares e um dos olhos do Mundo e, com isso, a Fortuna está conjunta a outro luminar, a Lua, o outro olho desperto. O Sol nasce, mas a Fortuna está com a Lua. E ao contrário também é verdadeiro. A noite nasce, o Sol deita no poente, a Fortuna está conjunta ao Sol. Não é maravilhoso isso?

Hoje a Fortuna, ao nascer do dia, esteve com o signo da Lua e a Lua está em Peixes. Fortuna e a Lua no signo que ‘quase ser é melhor do que ser’. Afirmar identidade o tempo todo dá uma dor nos cornos de toda e qualquer gente.
A Lua conjunta a Fortuna nos termos de Marte também diz que sonhar é o que unta a espada do guerreiro. E que a esquiva é a melhor defesa. E o melhor ataque é a precisão – Marte está em Virgem.

Outra conclusão óbvia desta observação: com o passar das horas, o Sol se levanta do Ascendente e a Fortuna muda de signo. Durante o dia então, a Fortuna é DISTRIBUÍDA por todos os 12 signos, passa por todas as 360 partes do zodíaco. Agora, por favor, não confunda a Sorte somente com a boa sorte, fama, grana, essas coisas. Quem sabe a sorte que necessitamos na vida é a Fortuna e não as agências de publicidade. Em outras palavras, cada um tem a Sorte que necessita. Sei que por muitas vezes esta máxima soa de forma cruel, eu sei. Sou solidário mas esta é a verdade da vida. E é também por isso que existe a política e a cura.

Hoje tem um eclipse, mas não vou falar dele. Geralmente os seus efeitos são sentidos meses depois. E também há muita paranóia, este cárcere do Mundo, a respeito. Amanhã já ninguém lembra que aconteceu um eclipse. Mas fique atento aos céus, vai ser um lindo espetáculo. Por volta das 23h48 (hora de Brasília).

Quando a Lua ingressar Áries hoje, por volta das 16h30 (hora de Brasília), a Fortuna estará em Virgem, onde está Júpiter e Marte. Se há algo que Marte em Virgem faz é acertar o alvo com uma precisão tocante. Sabe quando tomamos decisões que são verdadeiras facas atiradas em direção a mulher do atirador de facas? E elas acertam onde exatamente miramos? Onde o gesto de mirar, atirar e atingir é um gesto apenas, semelhante quando a mente, o coração e o sexo estão em conjunção? Pois então. Hoje é um dia que muda da água para o vinho. Ou, melhor dizendo, de Peixes para Áries. Do sonho à precisão. Da mulher ao atirador de facas.
Apenas se atira uma faca quando há uma decisão.

https://www.youtube.com/watch?v=WxCSQY4zskg

Bom domingo, Saturnália. E não esqueça de nos contar por aqui como a Sorte cruzou a sua vida nas próximas horas. A gente gosta de saber.

João R. Acuio

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

Rádio Saturnália

Esse som é pra tocar na vitrola da Escola de Astrologia da Saturnália. Límpido, métrico, grave e erudito; escrito por Otacílio Batista Patriota, natural de São José do Egito, de quem Zé Ramalho disse ter recebido as mais valiosas lições de cantoria.

Otacílio Batista do Pajeú, assim chamado, faria hoje – e o mapa continua a fazer – noventa e dois anos. Tinha ele Sol, Mercúrio, Vênus e Saturno em Libra – Sol isso. Marte em Virgem, Júpiter em Escorpião e Lua em Áries. Lua cheia retada a dele.

https://www.youtube.com/watch?v=XQGtnJqvAk4

Esta é uma poesia da tradição oral nordestina, estruturada em estrofes de dez versos decassílabos, estilo este conhecido por Martelo Alagoano – se vê que tem Marte no início, aliás, quase tudo ou tudo mesmo tem Marte no início.

Que os versos desta música é coisa de gente grande, é chover no molhado, mas, o que também assombra o ouvinte, é como o poeta atribui qualidades intrínsecas de planetas com precisão; por exemplo, “frieza” à Lua, “beleza” à Vênus, corresponder “Rei” com Júpiter e “domínio” com Marte. E ainda dizer, com propriedade de quem tem um Saturno exaltado, “de Saturno / já fui governador”.

E é claro que ele não cogitaria deixar Mercúrio fora do verso. Lá está em forma de foguete.

Rapaz que viagem supra-lunar! Só Deus improvisa mais…

‪#‎RádioSaturnália‬

.Bruno R. Lima.

_____

Quando eu canto um martelo o mar se agita
O portão do improviso se escancara…
A poesia dos anjos mostra a cara
E vem ao mundo fazer uma visita
Manoel Clementino ressuscita…
Por decreto de Cristo, o Soberano
Josué Serrador mestre romano
Pirauá, Ugulino e Catingueira
Batem palmas me ouvindo a noite inteira
Quando eu canto um martelo alagoano

Quando a Virgem Maria a nazarena
Desprezar a Jesus, o Redentor
Boanerges negar canções de amor
Ao sorriso imortal de Madalena
Quando o Papa disser Deus não ordena
No tesouro imortal do Vaticano
Quando as ondas valentes do Oceano
Se unirem com os diques da Holanda
Nesse dia qualquer poeta manda
Em dez pés de martelo alagoano

Envolvido no bojo de um foguete
Fui ao céu conhecer, grandes profetas
Deus levou-me ao reinado dos poetas
Circulado de estrelas e um tapete
Num cantinho do céu estava Goethe
E luis Vaz de Camões, o Lusitano
Quando Dante o famoso italiano
Conduziu-me a presença de Beatriz
Não fiquei lá no céu porque não quis
Mas cantei um martelo alagoano

Fui a Vênus e num disco voador
Conhecer do Planeta sua beleza
Quase morro na Lua de frieza
E da fornalha do Sol, veio o calor
De Saturno, já fui Governador
Dominei todo povo marciano
Transmiti para um jupiteriano
Diga ao Rei que abandone o seu planeta
Fora Deus outro ser jamais se meta
Em dez pés de martelo alagoano

Eu conheço pequenos cantadores
Que na boca de alguns ignorantes
São estrelas dos mundos cintilantes
Mas não passam de falsos sonhadores
Digo assim com razão, caros senhores
Porque sou repentista veterano…
Se a poesia surgiu, do santo Arcano
E vem sendo por Deus abençoada
O diabo não tem direito a nada
Quando eu canto um martelo alagoano.

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

26/09/2015

26/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

A Lua segue em Peixes, onde é recebida por Júpiter. O dia é um sonho que começa a cada manhã, momento em que nos é dada a possibilidade de vivê-lo. E simplesmente viver o sonho já é realizá-lo.
A Lua em Peixes se opõe a Júpiter em Virgem.
A visão sob a água dissolve os detalhes. Não se faz distinção de contorno, não se sabe onde termina um peixe e começa o outro.
A ordem é que a águia sobrevoe todos. Que a Justiça a todos se estenda, e a injustiça olhe o cardume e o tema.
Todo peixe carrega nas guelras o poder de auxiliar a propagar a ética. A estética da ética é invisível, mas seu poder de deslumbramento é arrebatadoramente útil.
Hoje é sábado, dia de Saturno.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

25/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua percorre os últimos graus de Aquário. Lua nos termos de Saturno, se afastando de Vênus. O Amor é um privilégio que a todos deve ser possível. O Amor que estrutura o mundo é aquele que permite que todos matem sua sede bebendo da mesma água: o Amor como ato político, como bandeira, que une os homens do mundo por suas semelhanças, compreendendo a existência das diferenças.
Por volta das 16:45, a Lua ingressa em Peixes. Estar vivo é um milagre sob o mistério de simplesmente poder respirar. Amar o mistério é um ofício.
A Lua em Peixes se opõe a Marte em Virgem e quadra Saturno em Sagitário. O dia tem a fúria nervosa da água imprevisível. Ondas de embriaguez e vertigem cegando a visão do cardume, enquanto as armas resistem à sua função de servir as vontades do sonho. Mas o atrevimento de conhecer o próprio sonho já é uma arma, e também um bom pretexto para a luta.
A única regra é não lutar durante o transe, não se armar sem a certeza de estar indubitavelmente consciente.
Hoje é sexta-feira, dia de Vênus.
Desvelar o mistério do Amor é desvelar o mistério do mundo.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

24/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue em Aquário, onde é recebida por Saturno, que está em Sagitário. É preciso conhecer para contestar, é preciso acreditar que o profeta é, antes de tudo, um político. Empregar o conhecimento em aprimorar a maneira pela qual os homens se organizam é exercer uma função política: e não se faz política sem senso de Justiça, sem explorar a cidade em seu escuro profundo, sem a capacidade de se encantar e desencantar com o mundo.
A Lua se aproxima do trígono com Mercúrio em Libra.
A melancolia escorre pelas veias da voz do dia. A honestidade no julgamento é a única saída para a dissolução da dúvida. A palavra mais bonita é aquela que devolve ao mundo o privilégio do equilíbrio. Não há maior beleza do que se desapegar da ambição de ter qualquer certeza.
A Lua se afasta de Mercúrio e se opõe a Vênus em Leão em mútua recepção com o Sol em Libra. Quando se reconhece o valor do Outro, encontramos nosso próprio valor e seu Destino.
O Amor é o lastro do Destino do mundo.
Pouco depois das 23:00, Marte ingressa do signo da Virgem.
A crítica como arma é munição pesada, e o senso de dever é uma espada afiada.
Hoje é quinta-feira, dia de Júpiter.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

23/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua percorre os últimos graus de Capricórnio. Lua nos termos de Marte que, em seus próprios termos, percorre o último grau de Leão. A manhã tem o calor do metal depois da forja, o brilho da ponta de faca e seu riscado quente. A luta pelo topo da montanha não deve furtar de ninguém o direito de ser gente.
O Sol, um dos olhos do mundo, amanheceu em Libra.
A Beleza e a Justiça despertam como artifícios para obliterar o escuro do mundo. Digam o que quiserem, mas ainda é o coração a Balança com o maior poder de precisão.
Pouco antes das 15:00, a Lua ingressa em Aquário e faz um trígono ao Sol em Libra. Exercitar a Justiça é um ato urgente, é um ato político e necessário para promover a leveza se não no mundo, ao menos em nossas próprias costas. O maior privilégio que se pode almejar é uma consciência limpa e livre.
A Lua em Aquário faz um sextil a Saturno em Sagitário.
O dia recorre ao Centauro na tentativa de aplacar a melancolia, mas o entusiasmo e o desencanto são faces de uma mesma moeda. O que cura é a amizade, esse alento quando o mundo é duro feito pedra.
No fim da noite a Lua começa a buscar Mercúrio. Os corvos vem pelo vento para sobrevoar nossos passos e nervos.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

foto: Rodney Smith

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

22/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue na Cabra, onde é recebida por Saturno, que está em Sagitário. Saturno nos lembra de que o Tempo é o único senhor da escalada.
A Cabra que pensa antes de dar o próximo passo é a Cabra que não torce pé ou pata. A precaução é o verniz dos cascos.
A Lua se afasta do trígono com Júpiter.
A solidão é feita de um chão áspero habitado por árvores desenraizadas. O vão no lugar das raízes confrontando a profusão das copas e suas folhas firmes, mas sensíveis. Para a Cabra, é justo que a vida esteja acima, que esteja no alto.
O trabalho da Justiça é um clarão de raio: seu rastro é para uns, destruidor, para alguns, iluminado.
A Lua busca a quadratura com Mercúrio em Libra. Pratos de chumbo na Balança da vida. A voz do dia ganha a escuridão de uma harmonia duvidosa.
Hoje é terça-feira, dia de Marte.
A palavra é uma arma quente.
A dúvida também.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

21/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

21/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

Hoje é segunda-feira, dia da Lua, que segue nos últimos graus de Sagitário. Lua nos termos de Marte, se afastando do trígono com Marte em Leão e da quadratura com o Sol em Virgem. A manhã empunha o arco como arma, como ferramenta incandescente da Verdade que irrompe do peito para conquistar o mundo.
Por volta das 9:30, a Lua ingressa em Capricórnio, onde é recebida por Saturno. Ao topo da montanha não se chega impunemente. Ou enxerga a realidade, mesmo através da neblina, ou suporta a vertigem de mirar o abismo.
A Lua caminha para o trígono com Júpiter em Virgem.
A melancolia é a súmula da injustiça que faz tremer os ossos no fundo escuro das horas frias. Não há plano ou planejamento que não passe pelo crivo do juiz dos céus. Todo conhecimento descortina os olhos e ilumina o próximo passo. É melhor não julgar o órfão como se ele fosse réu.
Galgar humildemente cada degrau é um exercício de honestidade. O trabalho que eleva a Cabra é percorrido com a destreza da solidão, mas seu resultado é profundo e frutífero. Toda responsabilidade que nos é dada é uma oportunidade do Destino de nos livrarmos um pouco da avareza e do egoísmo.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

20/09/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

20/09/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

A Lua caminha pelo signo do Sagitário. O entusiasmo, que só aumentou nas últimas horas, é forte como uma cavalaria, gigante como a certeza que o futuro já é.
O Mundo fecha um trígono a Vênus em Leão. Exibir-se é honrar o corpo que brilha.
E as horas avançam como carros de corrida. Não caia do cavalo que também é assim a vida. A vida é corrida, como também é rio.
Rua, rio, fé na vida. Mas o amor é uma encruza.
E, por fim, o dia busca Marte e a Virgem, a que pensa em tudo. Leve a encruza consigo. Leve a encruza na garupa.
Bom dia.

*

João C. R. Acuio

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

19/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Na última madrugada, a Lua em Sagitário encontrou Saturno. O dia se encontrou com o pilar que estrutura o sonho que também é a foice que pode ou não ceifar a carruagem das horas.
A Lua se afasta de Saturno e o dia começa com a Lua divulgando aos quatros cantos os assuntos do Centauro. O mundo busca uma Verdade na qual possa acreditar. A fé é uma hipótese que convenceu o espírito.
A Lua caminha para a quadratura com Júpiter em Virgem. E a gente percebe que não se faz Justiça com juízes descrentes, não se faz cura com médicos descrentes. A fé no próprio trabalho é o maior dos entusiasmos.
No final da tarde a Lua começa a caminhar na direção do trígono com Vênus. Só quem não tem medo do amor é capaz de expor as próprias feridas e usá-las como guia. Fazer da própria dor uma bússola para a vida em direção ao inominável.
O que se traz no coração é Verdade incontestável.
Hoje é sábado, dia de Saturno.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

18/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua em Escorpião. Ainda. E nós aqui, fazendo malabarismos com a toxicidade que ronda o mundo. A não ser que se saiba a dose, é melhor não se arriscar em aplicar o remédio, que pode ser arma letal, assim como o veneno pode ser menos tóxico quando usado como defesa. Sobreviver é uma responsabilidade que não deixa a vida ilesa.
A Lua caminha para um sextil com o Sol em Virgem.
O dia busca sintetizar inseticidas para erradicar a praga que assola essa grande lavoura que é o mundo, este campo de trigo.
A luta por aprimorar o mundo, por abrir caminho para a perfeição e para a beleza requer humildade e técnica. Requer precisão e bondade.
A Lua quadra Marte em Leão.
Lutar por um Reino é poderoso, mas a autoridade se conquista pelo esplendor da estratégia, não pela miséria do ódio: não é pela fúria teatral que se alcança o pódio.
No começo da próxima madrugada, a Lua ingressa em Sagitário e encontra Saturno.O mundo encontra a foice do Senhor do Tempo pela primeira vez desde que montou no Centauro.
Hoje é sexta-feira, dia de Vênus.
O amor é a coluna de ferro do mistério.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

17/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue em Escorpião, ainda na Via Combusta. O veneno ainda ferve e quem o engole queima a língua e a alma. Manipular aquilo que pode ser tóxico requer responsabilidade, conhecimento e amor ao silêncio, caso contrário, tudo é passível de se transformar em arma, às vezes sem que a gente perceba.
“É preciso ter olhos firmes. É preciso estar atento e forte.”
A Lua em Escorpião se afasta de Júpiter. O dia se afasta do juiz. A necessidade de julgar e a sensação de estar sendo julgado vai aos poucos ficando pra trás, enquanto a Lua aponta o seu ferrão na direção da quadratura com Vênus em Leão.
Já fora da Via Combusta, a Lua quadra Vênus. O amor é uma palavra subterrânea, mas que enxerga o Sol em sua tentativa de iluminar o fundo do abismo. Palavra subterrânea, porém ígnea.
Pouco antes da meia-noite, Saturno deixa o covil do Escorpião e ingressa em Sagitário, onde permanecerá até dezembro de 2017, apontando sua foice para os néscios e para os falsos juízes e profetas, estruturando ou ceifando o conhecimento, as leis, as fronteiras e a cura.
“Lança o barco contra o mar
Venha o vento que vier.”
Hoje é quinta-feira, dia de Júpiter.
É justo que haja novos tempos também para o Senhor do Tempo.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

16/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua na Via Combusta percorre os últimos graus de Libra enquanto se afasta do sextil com Marte.
Vai ficando pra trás a ânsia de ser a mão que porta a arma, mas permanece a franca intenção de ser labareda, de incinerar tudo em volta como se o pensamento fosse brasa. Os pratos da Balança agora são de metal fervente: impossível precisar o quanto pesa um rastro de fumaça, sintoma da destruição que causa ao mundo tratar quase tudo como umdilema.
Tem dias em que o calor que emana do fogo é o menor dos problemas.
Pouco depois das 12:30, a Lua ingressa em Escorpião, signo de sua queda, domicílio de Marte. A pele fria que envolve os nervos do mundo se abre ao calor do corte por um momento.Versar-se na arte da sobrevivência requer solidão e silêncio.
A Lua em sua queda caminha na direção do sextil a Júpiter exilado.
A sensação é a de que os justos são um pouco órfãos, de que o mundo não se sente à vontade em abrigá-los.
Os injustos seguem com fome de injustiça.
A injustiça é o veneno dos incautos.
Hoje é quarta-feira, dia de Mercúrio.
Respirar sutilmente esfria a ferida.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

15/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue em Libra. Num prato da Balança o fato, no outro o Tempo. E a verdadeira Beleza, que ao Tempo sobrevive, é o que nos salva do desespero quando as estruturas do mundo parecem estar virando pó de chumbo.
Lua no domicílio de Vênus, na exaltação de Saturno. A verdadeira Beleza é aquela que temos certeza que temos, que se consolida com o Tempo.
A Lua se afasta da conjunção com Mercúrio e do sextil com Vênus.O Ladrão às vezes é um cavalheiro elegante que nos furta para abrir um espaço no qual a nossa sorte, a nossa Fortuna possa girar.
A Lua caminha para um sextil com Marte e o mundo quer quebrar os pratos da Balança. A harmonia da Beleza caminha para dar as mãos às armas do Leão. Não há ponderação que resista à fúria de um coração flamejante.
Hoje é terça-feira, dia de Marte.
O herói não é um errante.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

imagem: A Força, Tarot Furtado

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

14/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é segunda-feira, dia da Lua. A semana começa com a Lua em Libra, recebida por Vênus, que está em Leão, signo do Sol.
As horas do dia têm a elegância quase bruta de quem se posiciona depois de ponderar com o coração, essa balança com pratos de ouro, bússola da geografia do discurso que leva ao tesouro.
A Lua busca a conjunção com Mercúrio e o sextil com Vênus. Mercúrio em Libra próximo a Algorab, estrela da constelação do Corvo, a ave que pousa sobre um busto de Palas para anunciar o Nevermore, o Nunca Mais.
O Mercúrio desta lunação é o corvo fazendo sombra à diplomacia, ao acordo, é o corvo que acorda a inimizade na cidade.
A Lua caminha para encontrar Mercúrio e quem não escolhe um lado pode, sem querer, ficar parado do lado errado. O escuro do mundo às vezes é um piscar de olhos.
A Lua faz também um sextil a Vênus. A Beleza ainda pode nos deixar de joelhos. Dar as mãos ao amor é uma saída iluminada quando não se sabe pra onde ir. O amor, esse furor incandescente, que vence a melancolia e a culpa.
Para a Justiça, alguns horrores não têm desculpa.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

13/09/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

Ontem, de madrugada, por volta da 3h42 (hora de Brasília), mais uma vez a Lua encontrou o Sol e o casamento celeste se fez – é o que chamamos de Lunação. A cada Lunação, a vida e o mundo se renovam.

Minutos depois, para tornar a união singular, um eclipse parcial do Sol, para ressaltar a força da Lua e do Destino. As forças do mundo, de nascimento, vida e morte, têm parte com a barca do Tempo. E Tempo e Destino e Desejo são o mesmo deus.

A Lunação de Virgem tem parte com aquilo que é incorruptível. Zelar por aquilo que cala fundo, por aquilo que não se negocia, é o que importa neste tempo que Virgem funda o mundo mais uma vez. Erígone, o outro nome da Virgem, nos lembra que é capaz de doar a própria vida para reparar uma injustiça. O ofício a que as suas mãos se dedicam, torna sagrado o tempo oferecido pela roca do Destino.

Além disso, neste ciclo (13 de setembro a 12 de outubro), Mercúrio, sempre ele, toma para si as ruas do mundo. Fará, mais uma vez, o papel de arauto do Destino. Levará água a quem precisa, dará corda aos mentirosos e construirá um mundo com a força da palavra. Aliás, mais precisamente através do brilho da voz que agora é tal qual a pena de um pássaro negro. Mercúrio nos lembra que a palavra, como o amor, não tem preço, embora custe a vida para empunhá-la.

Sob esta Lunação de Virgem, abrir as asas é retesar o arco da memória do tempo que virá, anunciando-o no bico do Corvo.

Bom dia, Saturnália.

João C. R. Acuio

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

12/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue no signo da Virgem, e o mundo é um enorme campo de trigo a ser trabalhado, debulhado, analisado, melhorado. A perfeição é uma utopia, um não-lugar, e o que importa mesmo é o caminho que, teoricamente, nos leva até ela: o caminho da perfeição é o exercício do imprescindível.
A Lua se afasta de Júpiter. A crítica virginiana, que ontem era sentença ou penitência, vai dando espaço a um tom mais professoral e menos arbitrário. A crítica exagerada não ensina, apenas constrange. Ensinar é marcar com um sinal, promover a possibilidade do pensamento frutificar através do caminho percorrido pela dúvida.
A Lua passa o dia buscando a conjunção com o Sol, que se dará na próxima madrugada, dando início à Lunação de Virgem, um período de trabalho, crítica, e gastrite. Tempos de nervosismo diante da visão do erro, mas de forças suficientes para contestar e consertar toda a mácula do mundo. É preciso estar de olhos limpos para alcançar o mínimo, minúsculo. O erro que habita o campo claro também se esconde no campo escuro.
Hoje é sábado, dia de Saturno.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

11/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua no último grau do Leão quadra Saturno em Escorpião. As primeiras horas da manhã parecem feitas de frio e chumbo, e os instantes pesam e se arrastam; mas, daqui a pouco, a Lua ingressa em Virgem. A fúria venenosa dá lugar à consciência de que é no detalhe da atividade pequena porém constante que se há de encontrar o caminho para consertar a matéria do mundo. Consertar, aprimorar, melhorar, extirpar o erro, toda a atividade de Virgem é preparar o mundo para receber a beleza que virá com Libra.
A Lua busca a conjunção com Júpiter.
A nossa sorte deve estar a serviço do mundo.
Não se julga quem trabalha para devolver ao mundo aquilo que o mundo lhe deu.
Hoje é sexta-feira, dia de Vênus.
O amor é um aforismo.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

10/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua está em Leão, domicílio do Sol, resplandecendo o coração e caminhando para uma conjunção com Marte. O dia e os nervos secam e esquentam.
Ser fera é a única saída para o coração indomado e indomável. Mas coração que bombeia tirania não mostra os seus dentes impunemente. Há uma ordem invisível sob a qual nossas emoções podem agir para não serem enjauladas pela vida.
A Lua se afasta de Marte e caminha para a quadratura com Saturno. A Lua vai de Marte a Saturno, os dois planetas chamados maléficos. As horas do dia estão sitiadas.
O dia quer destruir estruturas, quer engolir o tempo, quer comer a presa até os ossos. Mas não se ignora o tempo impunemente.
Hoje é quinta-feira, dia de Júpiter.
O justo não pode ser cordial. Principalmente o juiz.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

foto: Francesco Sambo

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

09/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua está em Leão, Lua no signo do Sol, que está em Virgem. O dia amanheceu com a tarefa de brilhar humildemente, de exercer a função de ser útil e isso requer a humildade que só um preciso senso de dever fornece.
Ostentar a perfeição de existir, de ser gente, de carregar um coração não pode ser uma vitrine em vão.
A Lua busca o sextil com Mercúrio em Libra. A arrogância é a ausência de dúvidas, é não aproveitar a grande chance que é a possibilidade de um jogo de dados. A beleza do erro é possibilitar o progresso, abrir atalhos pro acerto. A vida é um ensaio sem medo.
A Lua também busca a conjunção com Vênus.
O coração da fera também tem valor. Quando se olha de perto, a paixão é o amor vestindo garras e dentes, nos acuando para não ser acuado.
O amor é um animal pacificado.
Hoje é quarta-feira, dia de Mercúrio.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

08/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua, sim, ainda está em Câncer. O mundo avança com seu humor canino e carente. Quem tem bom faro não precisa tatear no escuro. A intuição é o faro operando a memória do mundo.
A Lua se afasta da quadratura com Mercúrio. O cão é um animal que escolhe lados, que trucida as dúvidas. Ser fiel ao que se sente é bom, é bússola e conserva os dentes.
A Lua caminha para um trígono com Saturno.
O tempo que alimenta e compõe a memória é o tempo que recria a vida, possibilita o presente e sustenta a próxima história.
Curar nossa compreensão do passado transforma a toxicidade da memória envenenada, transforma a história em ferramenta de luta, em arma de sobrevivência.
A boa e a má sorte estruturam nosso sangue feito de mangue.
Pouco depois das 23:30, a Lua ingressa em Leão.
Hoje é terça-feira, dia de Marte.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

07/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua está em Câncer. E o mundo está repleto de vidas frágeis, com suas histórias frágeis, com seus corpos frágeis. O Caranguejo lavra o mangue como a memória lavra, ara, escava o passado para alimentar o presente com filões de vida subterrânea, ancestral, noturna.
A Lua quadra Mercúrio em Libra. Quando se tem a carne exposta, vulnerável aos grandes peixes, a dor não costuma ser diplomática. Mas há a mão que se fecha em concha para proteger a ninhada. Há o peito que se abre em lampejos intuitivos e mantém a dúvida afastada.
A Lua se afasta de Mercúrio e faz um sextil com o Sol. Uma história bem contada é um trabalho árduo, perfeito, brilhante. Nenhum vão no tecer dessa rede que nos abriga e nos sustenta. Humildade também é aceitar o próprio sangue.
Hoje é segunda-feira, dia da Lua.
Nem tudo se resume ao quanto de lágrimas você aguenta.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

06/09/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemeride‬s

06/09/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemeride‬s

E o domingo nasce sob a Lua em Gêmeos se afastando do sextil ao Marte em Leão. Devorar a si mesmo é coisa toda errada. E um desperdício. É o espelho d´água tomando Narciso.
Hoje a Vênus em Leão cessou o seu movimento retrógrado e voltou a andar para frente. Vênus avante em Leão até dia 9 de outubro. Comida é o mundo e as suas pradarias.
Hoje o dia muda de tom quando a Lua ingressar no mangue do Caranguejo, por volta das 14h (hora de Brasília). Lua em Câncer até dia 08/09. Mas já é possível sentir a maré do arrependimento. E a do esquecimento. E a do abandono com seus 5 milhões de dentes.
A Lua flerta com Júpiter e o Sol em Virgem, entre hoje e amanhã. O cílio que tiver caído dentro do livro não serve como marcador. Nem todo detalhe é entalhe feito por gênio.
Trabalho é bom porque faz companhia.
Bom domingo, Saturnália.

João C. R. Acuio

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

Saturno em Sagitário

(dez/2014 a junho/2015, set/2015 a dezembro/2017)
‪#‎efemerides‬

por João C. R. Acuio

*

Agora já não sei onde escrevi isso, mas disse que Saturno por onde passa fere os atores sociais do signo por onde transita.

Saturno preste a retornar a Sagitário agora dia 17/09, fere e expõe as personagens sagitarianas: sacerdotes, professores, esportistas, juízes e legisladores e, de forma muito clara, todo aquele que migra em busca de um local próspero e seguro. Sagitário também rege os profetas e os médicos.

As migrações que assistimos na Europa, na América Latina (vide Haiti) e, agora, os refugiados da Síria, é pura manifestação deste trânsito que irá até dezembro de 2017 e que, certamente, se manifestará tanto em xenofobia quanto em acolhimento, e isso dependerá somente de que lado está do arco que Sagitário empunha.

Saturno ingressou Sagitário no dia 24 de dezembro de 2014. Andou DIRETO em Sagitário até dia 15 de maio quando começou a RETROGRADAR até voltar a Escorpião dia 14 de junho. Retrogradou em Escorpião até dia 1 de agosto. Agora, dia 17 de setembro volta a Sagitário. O mundo, definitivamente, deixa o trânsito de Saturno em Escorpião (out-2012 a set-2015) para trás, carregando todos os seus avanços e danos feitos na aljava do Arqueiro, é claro – é assim a vida.

Agora é tempo da política (saturno) aos povos do mundo que decidiram migrar (sagitário) e também tempo de política aos que fazem da educação, da espiritualidade, da justiça e da saúde, sua única flecha para estar no mundo. Saturno transitará pelo signo do Arqueiro até dezembro de 2017.

Bom dia, Saturnália.

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

05/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua em Gêmeos se afasta da quadratura com o Sol. A leveza quer brilhar no olho do mundo, quer fazer barulho, quer dar graça às horas.
Hoje é sábado, dia de Saturno. A possibilidade é uma janela de tempo que não fica eternamente aberta. A Lua em Gêmeos quer fazer tudo ao mesmo tempo, como se tivesse todo o tempo do mundo.
A Lua faz um sextil a Vênus em Leão. O amor não tem idade mas, como toda brincadeira tem regras, suas única regra deve ser a felicidade.
A Lua se afasta um pouco de Vênus para fazer um sextil a Marte e usa as palavras como arma sempre pautada na emoção da verdade. Uma palavra distraída, uma informação pouco séria pode ser a semente de uma tragédia. Palavras certas podem salvar vidas.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

foto: Mary Ellen Mark.

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

04/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua já está em Gêmeos, onde é recebida por Mercúrio. E o dia quer voar entre tantas informações, quer brincar de ser curioso, quer acreditar na fantasia de que qualquer conversa, qualquer ideia, qualquer diversão é importante.
A Lua caminha para quadrar Júpiter em Virgem. As crianças querem confrontar a Justiça. Ou a falta dela. O juiz é um emissário da Justiça, e ele não pode se distrair. Nunca.
A Lua se afasta de Júpiter e caminha para um trígono com Mercúrio. A Lua leva a Mercúrio em Libra as ordens do juiz. E a justiça cai mais uma vez na boca do povo, que quer pesar, medir, ponderar ou simplesmente destruir a harmonia da informação que circula por aí, por ali, por todo lado. Mas às vezes é preciso escolher de qual lado da informação, da ideia, do caminho, da justiça você está.
Hoje é sexta-feira, dia de Vênus.
O amor é uma brincadeira que nunca tá de brincadeira.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

03/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue montada no Touro, e o mundo segue ciente de que não é só o trabalho mas também o prazer e o descanso que nos preenchem, nos fazem gente.
A Lua em Touro quadra Vênus e Marte em Leão. Nem luxo nem drama substituem uma boa cama. Ou uma boa grama. Melhor estar tranquilo dentro dos limites da cerca ou comprar a briga do desejo se a única possibilidade de trégua é satisfaze-lo?
Ao longo do dia a Lua vai se aproximando da oposição com Saturno. E a gente vai sentindo que a indolência e a lassidão podem ser um veneno.
O lombo do Touro é um tambor.
Um som surdo e oco quer nos levar aos limites do corpo. O tempo estrutura o prazer, o tempo faz do corpo um solo, um pasto, um forte.
O respeito à foice alimenta a sorte.
Hoje é quinta-feira, dia de Júpiter.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

na foto, Almodóvar (Marte em Leão), Lola Dueñas (Lua em Touro) e Penélope Cruz (Sol em Touro)

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

9/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

A Lua segue montada no Touro, e o mundo segue ciente de que não é só o trabalho mas também o prazer e o descanso que nos preenchem, nos fazem gente.
A Lua em Touro quadra Vênus e Marte em Leão. Nem luxo nem drama substituem uma boa cama. Ou uma boa grama. Melhor estar tranquilo dentro dos limites da cerca ou comprar a briga do desejo se a única possibilidade de trégua é satisfaze-lo?
Ao longo do dia a Lua vai se aproximando da oposição com Saturno. E a gente vai sentindo que a indolência e a lassidão podem ser um veneno.
O lombo do Touro é um tambor.
Um som surdo e oco quer nos levar aos limites do corpo. O tempo estrutura o prazer, o tempo faz do corpo um solo, um pasto, um forte.
O respeito à foice alimenta a sorte.
Hoje é quinta-feira, dia de Júpiter.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

na foto, Almodóvar (Marte em Leão), Lola Dueñas (Lua em Touro) e Penélope Cruz (Sol em Touro)

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

02/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua já está em Touro, onde é recebida por Vênus e nos lembra de que o corpo ressoa em canções simples, mas invencíveis. O prazer é o som do espírito quando empenhado em seu ofício de se abrir aos sentidos. Lua no signo de sua exaltação, porque as almas das musas habitam o lombo do Touro, de onde podem sorver o suor inspirado dos homens e das frutas, de onde podem contemplar a obra que lhes serve de alimento. A Lua faz um trígono a Júpiter em Virgem. E o dia busca o repouso dos justos, o descanso merecido, a pausa no meio da paisagem sem fim. O dia quer justiça para quem carrega sempre tanto peso, tanto desejo, tanta fúria contida nos olhos. A Lua se afasta de Júpiter e caminha para um trígono com o Sol. Não há perfeição sem trabalho, e se o Touro aguenta a carga, a Virgem se encarrega dos procedimentos. Viver também pode ser burocrático. Não há trabalho mais importante do que aquele que nos permite não ter vergonha da vida. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

01/09/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue em Áries, signo do Carneiro que devolve a luz ao mundo depois das trevas do inverno, que devolve o ímpeto do impulso depois da vertigem dos Peixes. Hoje é terça-feira, dia de Marte, e é Marte quem recebe a Lua. O senso de heroísmo percorre os nervos do mundo mesmo na aventura de simplesmente respirar. Heroi, do grego “heros”: o que está entre os deuses e os homens, o semideus. E pouca coisa é mais heroica do que exaltar o coração humano. A Lua se afasta do trígono com Marte-Vênus em Leão. A fúria entre os dentes e a febre da paixão que avassala vai ficando pra trás, vai dando lugar à certeza quase ingênua de que tudo é possível, de que basta o primeiro movimento para se criar um novo mundo. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

31/08/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

31/08/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

Hoje é segunda-feira, dia da Lua, que já está em Áries. A semana começa semeando o fogo de novos inícios. A Lua em Áries se opõe a Mercúrio em Libra. A fala ponderada e harmoniosa mais confunde do que orienta o Carneiro, que não quer saber de caminho que não seja a solução imediata; enquanto a beleza quer deixar o Carneiro de joelhos, paralisado, imolado. Mas a beleza e a ponderação podem ser caminho e solução. A maior inconsequência é a pressa, a outra é a indecisão. Ao se afastar de Mercúrio, a Lua caminha para um trígono com Marte e Vênus, que estão juntos e conjuntos em Leão. Fogo no céu e na terra em nome da Justiça e da injustiça. O dia ganha garras em brasa e armas afiadas e a paixão é uma fúria que se carrega entre os dentes. Faíscas de coragem abrem o caminho antes fechado pela dúvida. O mundo ganha luz e cor, o mundo fica visível e possível. Se é pra se jogar de cabeça, é mais seguro que não seja no escuro. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

28/08/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue no signo do Aguadeiro, aquele que porta a água, que rouba o fogo dos deuses, que devolve o traço humano a todas as manifestações divinas. A Lua em Aquário se opõe a Vênus em Leão, porque ostentar o luxo é uma coisa que já está ultrapassada. A função da riqueza não deve ser diferenciar as pessoas, mas sim aproximá-las e proporcionar dignidade a todas, matar a sede da humanidade. Isso é o que pensa o Aguadeiro, é o que ele deseja, é isso que ele trabalha pra que aconteça. A Lua começa a se afastar de Vênus e caminha na direção da quadratura com Saturno. Uma novidade que não tenha seu propósito estruturado acaba escorrendo pelo ralo da utopia. O propósito é a raiz do sonho, e a rigidez é sua inimiga. Hoje é sexta-feira, dia de Vênus. Amor também mata a sede do peito. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

27/08/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

27/08/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

A Lua está em Aquário, o Aguadeiro. E os ventos balançam até os meandros dos nervos do mundo. A novidade na minha cidade é que hoje chove, hoje tem água e ar substituindo a secura da atmosfera da Cabra da montanha. A Lua em Aquário começa a caminhar na direção da oposição com Marte em Leão. O dia busca se opor à luta impensada e feroz. A tirania, a qual o Aguadeiro observa lá do alto, é lâmina que abre caminho para a melancolia, que escorre como água pelas horas do dia. Já no começo da madrugada, a Lua caminha de Marte a Vênus. A carne mais barata do mercado é a carne negra, é a carne da mulher, é a carne da mulher negra. O Aguadeiro luta pelo valor, não pelo preço. O maior privilégio que se pode ter é ser um promotor da igualdade no mundo. Distribuir armas pra quem precisa lutar por liberdade, não para quem precisa fazer a manutenção da opressão. Já já, Mercúrio ingressa em Libra. E a Justiça vai parar na boca e nas ideias do povo. Hoje é quinta-feira, dia de Júpiter. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

 Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

26/08/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue em Capricórnio, a cabra que é metade peixe porque sabe que é no mistério do espírito que se planta a semente das realizações mais concretas. A matéria não vence o espírito porque se sustenta nele. Do alto da montanha, a cabra vê as necessidades deste cardume chamado mundo e é dela a responsabilidade de distribuir o conteúdo material e abundante de sua cornucópia, driblando a avareza. A Lua caminha na direção de um sextil com Saturno e trígono com Mercúrio, mas os aspectos exatos só ocorrem na próxima madrugada, com a Lua já nos graus finais da escalada. O dia busca aquilo que estrutura os dias. A Lua busca Saturno e aquilo que nos mantém em pé é a única estrutura com a qual podemos contar. O silêncio promove sagrada precisão, por isso, hoje trabalha mais quem fala menos. Ruídos não serão bem vindos. Por volta das 16:00, o Sol finalmente encontra Júpiter, que hoje ficará em Cazimi. Capricórnio, signo em que está a Lua, é a queda de Júpiter. As formigas do mundo, como João disse, os trabalhadores, estão com a cara no Sol. Hoje é quarta-feira, dia de Mercúrio. Exerça com justiça sua função no mundo. Ou será queimado em praça pública. Bom dia, bom dia.

-Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

25/08/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é terça-feira, dia de Marte, e a Lua já está em Capricórnio, signo em que Marte tem sua exaltação: “tal no fundo da terra há pedra, no fundo da pedra, metal”. Lua no signo de Saturno pra nos lembrar de que a frieza no humor traz lucidez para as ações. A lucidez é filha do tempo, e sempre nasce turva. O caminho até o alto da montanha é feito de terra e pedra e não de nuvem, e a cabra é sólida, é da cor da pólvora, é feita do “aço do osso”: suporta caminho estreito e chumbo grosso. A Lua faz um trígono a Sol-Júpiter em Virgem, e então “o negro da cabra é solar”. Lua no sigo do seu exílio, porque o chumbo é o ouro que ficou órfão. As horas do dia constroem o dia, os dias da vida constroem a vida. Bom dia, bom dia.

(os trechos entre aspas estão no “Poema da Cabra”, do João Cabral de Melo Neto, capricorniano de Mercúrio e Sol.)

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

24/08/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é segunda-feira, dia da Lua. A semana começa a galope. Há a dor da ferida, mas há o entusiasmo pela certeza da cura, a expectativa pelo milagre que acontece quando se está de olhos abertos. A vida é um cartel de possibilidades e isso, por si só, já é um milagre. Não há limites perpétuos e o dia quer escorrer através deles, quer ultrapassá-los e invadir territórios onde a existência de vida já é uma dúvida. A Lua se afasta do trígono com Vênus em Leão, carregando prazeres coroados e verdades nobres. A boa sorte nos leva à alegria ou a alegria nos leva à boa sorte? A alegria é o torque da vida. A Lua se afasta de Vênus para quadrar Mercúrio em Virgem. O dia confia na intuição do Arqueiro, mas ignora a precisão da bússola que aponta o alvo. Mirar no alvo errado é como andar por caminhos fechados. Na dúvida, aperfeiçoe o ritual de envergar o arco e não se esqueça de mirar duas vezes. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

23/08/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

 

Olá, bom dia.
O Sol, agora, está em Virgem.
Acordar cedo, fazer o seu melhor, deixar tudo melhor organizado, buscar um método, um caminho – mesmo que tenha que fazer isso ad infinitum – é tão Virgem e certamente condição sine que non para bordar o erro e a singularidade no tecido da vida.
O trabalho é invencível.
Assim como o tempo.
Se o trabalho e o tempo são invencíveis, melhor se juntar a eles.
Bom dia, Saturnália.
Virgem, uni-vos!

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

22/08/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua percorre ainda os últimos graus do Escorpião. Lua no signo de Marte, que está em Leão e, portanto, irascível, incontrolável, imprevisível, impositor. O golpe chega forte, assim como o instinto de sobrevivência, que se alimenta da intuição, que lê o mundo com a própria pele, respira com o corpo, absorve o mundo pelos poros. A Lua caminha para a conjunção com Saturno e para a quadratura com o Sol. Nem um constante estado de vigilância nos permite prever de onde virá o ataque. Às vezes o melhor é se abrir a ele, pois isso também passa. A resistência ao inevitável cria sombras no coração e nos furta a graça de reconhecermos a parte divina da nossa humanidade. A resistência ao inevitável nos furta as lições do inevitável. Por volta das 18:00 a Lua empunha o arco do Sagitário e quadra Júpiter no signo da Virgem. O milagre sempre é um exagero aos olhos da nossa pequenez, da nossa descrença, da nossa ignorância diante do mistério. A humildade diante do Destino faz o homem parecer de ferro. João escreveu, certa vez, que “o que estrutura é a falta”. Hoje é sábado, dia de Saturno. Hoje o que nos estrutura é sim aquilo que nos falta. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

21/08/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua em Escorpião percorre os últimos graus da Via do Fogo, e as primeiras horas do dia são tão imprevisíveis quanto a direção das chamas que, sob as ordens do vento, bailam insanas. A Lua se afasta de Marte e se aproxima da quadratura com Vênus, já fora dos graus quentes. Vênus no signo do Sol, que hoje, perto das 21:00, estará a exatos 90 graus de Saturno. Escapa da toxicidade do mundo quem se apóia na lealdade à própria consciência; e a consciência está arrolada no coração, no peito, no nosso centro. Amor coroado não faz tocaia, sangue coroado não se envenena. Depois de quadrar Vênus, a Lua encontra Mercúrio em Virgem por sextil, tornando possível que se chegue à semente da ideia que permite o movimento preciso, capaz de iniciar ou de encerrar contendas com o inimigo. É bom se deslocar com consciência sobre as ameças que podem estar pelo caminho, mas às vezes a Sorte está no risco e o Destino no perigo. Hoje é sexta-feira, dia de Vênus. Olhe nos olhos do Desejo para poder reconhecê-lo. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

20/08/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua já está no Escorpião, e as horas esfriaram, porque calor demais enlouquece, entorpece, seca a razão. Dia após dia, os céus vão tecendo os dias. A Lua em Escorpião faz um sextil a Júpiter em Virgem. De toda a sorte de ofícios, há aqueles que nos levam ao limite, ao extremo transformador. Sobrevive quem tem a humildade de reconhecer a ilusão da invencibilidade. A Lua na sua queda faz sextil a Júpiter no seu exílio. Arbitrariedades e excessos não passarão despercebidos pelas horas que rastejam com a fria habilidade de uma força fixa e concentrada. Ao se afastar de Júpiter, a Lua caminha para uma quadratura com Marte, aquele que a recebe. Arbitrariedades e excessos serão levados à fogueira de dentes. Não se engana a fúria dos dias e seu calor coagulado, sua natureza incandescente. Erros de julgamento fazem escorrer veneno da mente ao peito. Hoje é quinta-feira, dia de Júpiter. Bom mesmo é respirar sutilmente. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

imagem: Damon Hellandbrand

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

19/08/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua em Libra já está na Via Combusta. O desejo do Desejo é incinerar nosso corpo e nossos nervos. O dia caminha pelas horas em brasa habilmente desviante como uma artista num palco: desvia do fogo, mas não desvia do calor emanado. O dia busca os aplausos. A Lua faz um sextil a Vênus em Leão e a Balança ganha pratos de ouro que hoje pesam o peso das labaredas e nos lembram de que há coração nos dois pratos, nos dois pesos, há coração em mim mas também há no Outro e naquilo que ele representa. Machados de duplo corte não colhem sangue de um lado só. A melhor justiça é a harmonia dos indícios. A Lua começa então a se afastar de Vênus para fazer um sextil com o Sol. A consciência é um fogo inquisidor, mas o questionamento ainda é o caminho mais eficiente para uma ponderação coerente. Neste dia em que a beleza é impactante como um rugido, o amor pode ser presa ou predador. Hoje é quarta-feira, dia de Mercúrio. Bom dia, bom dia.

Na foto, Maria Callas, que tinha a Lua em Libra. Tinha também Marte (regente do ascendente) e Saturno conjuntos na Via Combusta.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

16/08/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

 

16/08/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

A Lua é recebida por Mercúrio, por estar em Virgem. Aliás, Mercúrio também está em Virgem, onde tem casa para morar e casa de jogos para pensar (domicílio e exaltação). E a Lua, neste domingo, faz aspecto exato a Mercúrio e somente a ele, este deus sagaz e astuto (considerando os 7 planetas tradicionais e os aspectos ptolomaicos – conjunção, sextil, quadratura, trígono e oposição). É bem verdade que depois que a Lua se separar de Mercúrio, as horas do dia caminharão ao sextil a Saturno, o velho rei. E Saturno em Escorpião, todos sabem por aqui, é quem cela crises políticas. Foi assim com Getúlio, foi assim com o governo militar, e é agora com a hegemonia petista (Saturno encontra-se em Escorpião desde o fim de 2012). A Lua, o dia, encontra Mercúrio no grau 14 de Virgem. O mesmo grau do Mercúrio do Millôr Fernandes, que estaria hoje fazendo 92 anos. Millôr, o último grande anarquista do Brasil, como um bom mercurial, cunhava frases ótimas, tipo esta: “Às vezes você está discutindo com um imbecil… e ele também.” Ou esta: “Quem sabe tudo, é porque anda muito mal informado.” E esta: “O perigo de uma meia verdade é você dizer exatamente a metade que é mentira.” Escolha a sua frase do Millôr e publique no link dos comentários, ok? Relembre Millôr! E celebre junto ao dia, Mercúrio em Virgem, o deus da inteligência no território onde tem poder de síntese e crítica precisa. Ah, mas não se esqueça de criticar a si mesmo, as suas próprias imperfeições e incoerências, o sátiro Mercúrio começa sempre por aí. Bom domingo, Saturnália.

*
João C. R. Acuio

*

Na imagem, o genial Solda.

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

Júpiter é o Rei do Baião

Júpiter é o Rei do Baião.

Nessa lunação do Caranguejo, onde Júpiter se exalta, ou por outra, onde ele é um hóspede mui bem quisto, ouviremos a voz de Luiz Gonzaga do Nascimento, pernambucano de Exu, não à toa, na ‪#‎rádiosaturnália‬.

É Júpiter quem diz “Eu vou mostrar pra vocês como se dança o baião e quem quiser aprender é favor prestar atenção”.

https://www.youtube.com/watch?v=f3Xns2oo3B0

Palavra quente, convicta, criativa, inaugural, certeira como a flecha do caçador-de-uma-flecha-só.

Uma epifania do sagrado na palavra cantada.

Júpiter em Sagitário, o Almutem do luminoso Gonzaga.

A Lua de hoje observa o grande benéfico em Leão que por sua vez aspecta o Almutem da Carta Natal de Gonzagão.

Júpiter é pai, não é padrasto.

.Bruno R. Lima.

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

27/07/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é segunda-feira, dia da Lua, que segue ainda empunhando seu arco no signo do certeiro Arqueiro. A Lua se afasta do trígono com Mercúrio em Leão: cavalga veloz com ferraduras de asas, iluminando a rota com o farol na ponta de sua flecha, espalhando mensagens de fé e cura, de invasões e exageros. Ainda hoje, a Lua começa a caminhar na direção de um trígono com Júpiter. O Centauro leva notícias do Menino ao Juiz. A inocência é uma das faces da força que permite fazer ouro de qualquer comum metal. Mirar a flecha no que há de valioso no peito do outro promove milagres, e o milagre nada mais é do que uma das formas de Justiça. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

26/07/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides

A Lua está em Escorpião. Mas já vai desaparecer o ferrão. A Lua verga o arco do Sagitário agora, 9h26 (hora de Brasília).
E o entusiasmo vem. E a alegria também. E o arco teso da memória fecha um círculo, a memória do passado abraça a memória do futuro e está tudo bem.
Lua em Sagitário para erguer o dia com suas promessas de felicidade.
Ainda hoje a Lua fecha um ângulo com o Sol e Mercúrio em Leão.
A vitória maior é saber-se inteiro.
Domingo suave, Saturnália.
Bom dia.

João C. R. Acuio

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

25/07/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

25/07/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

A Lua em Escorpião já deixou a Via Combusta. Nossos nervos deixaram as veredas de labaredas, o asfalto em brasas fervendo o caminho do sono. A Lua caminha para um trígono com Marte em Câncer. As horas ganham frieza e umidade, mas a água reconhece seu destino de ser vapor se assim determinar a sua sorte e o céu que tenha sobre si. Ainda hoje, a Lua se aproxima da quadratura com Júpiter. Nem toda a sorte aquece osso e coração, mas os raios da justiça também alcançam o vão das pedras. Ninguém se esconde da sorte que lhe foi destinada. Durante a madrugada, a Lua encontra Saturno. A estrutura encontra o sonho, sem o qual não se sustenta. Hoje é sábado, dia de Saturno. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

24/07/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua já está em Escorpião e se afasta do sextil com Vênus. Lua na Via Combusta, em recepção mútua com Marte em Câncer. Há brasa nos nervos de aço. O veneno do lacrau vira pesticida nas mãos da Virgem, que o utiliza como ferramenta para eliminar a praga dos campos e o erro do mundo. O erro, esse inseto fermentador de insônias e ansiedades. A Lua em Escorpião quadra Sol-Mercúrio em Leão. Não há melhor remédio do que a palavra generosa e o movimento de peito aberto, resplandecente. Se cada coração é uma mina repleta da riqueza incontestável do ouro, a lealdade é a única lei que não tende à tirania. É a lei que protege a riqueza do coração. Hoje é sexta-feira, dia de Vênus. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

23/07/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

 

O Sol ingressou no signo do Leão.
Mercúrio também caminha para o signo da majestade.
E a Lua continua atravessando os pratos da Balança.
Mas não há dúvidas, o Caranguejo cede espaço para o Leão.
O passado, aos poucos, é deixado para trás. Assim como as lembranças perigosas e a saudosa saudade. A memória que esperneia, afoga o boi no lodo. Agora, quem está no signo do mangue é apenas Marte, o forte. A Lua faz sextil a Júpiter que também está no signo do Leão. Apesar das tempestades, hoje a sensação é de calmaria. Nada é capaz de derrubar uma consciência que esteja coroada.
Bom dia, Saturnália.

João C.R. Acuio

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

22/07/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue em Libra e o dia começa elegante. Elegância, etimologicamente, está associada a saber escolher, eleger. Escolhe bem quem escolhe o mais adequado, diz a
Libra, que não quer sair mal na foto nem na festa. A Lua em Libra é recebida por Vênus, que está em Virgem. O erro por escolha é a pior das deselegâncias. A Lua caminha para uma quadratura com Marte em Câncer. A melancolia diante da covardia inaceitável, os panos quentes em cima do lençol onde se dorme com o inimigo. Por volta das 17:00 a Lua ingressa na Via Combusta. Na próxima madrugada o Sol ingressa em Leão, signo em que tem domicílio. Trono e honras a quem é rei. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

(foto: Helen Sobiralski)

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

Urano, Netuno e Plutão?

Outro dia leitor do Saturnália me perguntou sobre o uso – se é que faço – de Urano, Netuno e Plutão. Assunto espinhoso.
Quando comecei a estudar Astrologia, estes três eram os tais. Parece que hoje ainda continuam com status. Mas os anos passaram para mim e dei de cara com a Astrologia tradicional, com suas raízes, história e fundamentos. E aí a paixão pela Astrologia só se aprofundou. Casamento perfeito e para todo sempre, acho. Com várias crises no percurso, é claro. Mas a Astrologia é para os fortes, como costumo dizer. Bom, mas então, e Urano, Netuno e Plutão? Hoje em dia eu os mantenho, à lápis, nos meus mapas, quando lembro. Hoje não percebo que fazem falta alguma na análise de mapa natal. Porque os conteúdos que regem, segundo as astrologias mais recentes, são encontrados nos planetas clássicos. Mas mantenho-os, à lápis, no meu mapa. Também não os considero regentes de signo algum ou co-regentes. Caso queira considerá-los, recomendo que faça como se fossem Estrelas Fixas. E pesquise. Porque Astrologia requer pesquisa. E os fundamentos para pesquisa estão na Astrologia clássica. Entendo também que todos os três também são interessantes nas análises de fenômenos coletivos. Fernando Fernandes, editor da Constelar, tem estudos incríveis sobre Netuno e cultura de massas, por exemplo. E, neste mapa abaixo, quando foi inventado o AGORA, como dizia Leminski, Urano estava angular, no Meio-Céu. Este momento é o instante em que foi atirada a bomba atômica sobre Hiroshima, bomba esta feita de Urânio e Urano lá no Alto, angular, como que caindo o céu (Urano significa céu) sobre as cabeças de todos nós. E calando todos nós. E anunciando a supremacia tecnológica no mundo. O Japão nunca havia perdido uma guerra, esta foi a primeira.
O Sol estava conjunto a Plutão.

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

21/07/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue nos últimos minutos de Virgem, em sextil a Saturno em Escorpião. Nem toda a praga é veneno, nem todo o caos é uma praga. Não se reorganiza o mundo se não houver trabalho a ser feito. O ofício estruturante é remédio e bálsamo, é ansiedade e paz. Já já a Lua ingressa em Libra, onde será recebida por Vênus, que está em queda. Alguém precisa limpar os pratos da Balança, tirar o pó que cobre os métodos de ponderação e julgamento. Lua no signo da exaltação de Saturno. Hoje a beleza é sutil e melancólica, a beleza é um detalhe que simplesmente está onde deveria estar. Hoje é terça-feira, dia de Marte. Bom dia, bom dia.

-Letícia Helena C. Santa Cruz

foto: Fábio Interra

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

20/07/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

 

A Lua está em Virgem. E, na última madrugada, deixou acordada a turma da coruja. O desejo é de organizar o que se deixou caotizar nos últimos trinta anos.
Tem gente que tentou organizar a caixa de e-mails enquanto esperava o sono chegar. E o sono não veio.
Lua sextil a Marte em Câncer. A semana começa marchando. Lua sextil a Marte, depois sextil a Mercúrio e, finalmente, sextil ao Sol. Todos os três no signo de Câncer. A saudade é grande tal qual o mangue dos céus. Bons momentos, boas lembranças, boas histórias e também as perdas. O mundo é capaz de exagerar na auto-comiseração.
A Lua encontra-se num signo de Mercúrio e Mercúrio no signo da Lua – é o que chamamos de mútua recepção. Mercúrio, desde ontem, governa as notícias do mundo. Mercúrio conjunto a estrela fixa Pollux, o irmão de Castor. O irmão que se perdeu na travessia, volta a andar com a matilha.
Bom dia, Saturnália.

João R. Acuio

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

19/07/2015 –

 

Domingo, dia do Sol. O Sol no signo da Lua, a Lua no signo de Mercúrio e Mercúrio no signo da Lua. Lua em Virgem neste domingo.
Lua em Virgem é dedicada e prestativa, faz o que é necessário para que o dia se sinta especial e único.
Virgem não quer aplausos, muito menos os holofotes, afinal, realiza apenas o que é necessário. “Ser prestativo não é nada mais do que a minha obrigação”, pensa Virgem, “afinal, o mundo está um caos”, completa. O mundo está um caos fora, por dentro está tudo nos conformes – é esta a sensação do dia de hoje.
Neste domingo, dia do Sol Caranguejo e da Lua Virgem, o afeto sob medida e a memória aos borbotões.
O dia caminha em direção ao sextil com Marte, o que afasta a covardia da mente e relembra as batalhas perdidas.
A derrota também é gente.
Bom dia, Saturnália.

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

17/07/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue em Leão, em mútua recepção com o Sol em Câncer. Generosidade não se mede nem se olha pra quem. Máfia de feras espreitando a presa para dividir a caça com todos em volta da mesma mesa. Ninguém sai impune à soberba. Majestoso é ser o centro em que orbita a luz de vários corações. Majestoso é ser a fera que ampara. Hoje é sexta-feira, dia de Vênus. A Lua caminha para, amanhã, encontrar Júpiter. Ouro de tolo não passa no olhar da real realeza. Bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

16/07/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua nos últimos graus de Câncer faz um trígono a Saturno em Escorpião. Chove remédio e veneno, chove o rastro da estrutura sendo derretido pela suavidade do aconchego. A memória não deve ser um limite nem uma barreira. O limite é até onde a gente aguenta. Pouco depois das 11:00, a Lua ingressa em Leão. Lua no domicílio do Sol, Sol no domicílio da Lua. Os olhos do mundo como dois faróis, acesos dia e noite, atentos, de prontidão, como um cão que guarda sua casa, como uma fera que guarda sua prole. Hoje é quinta-feira, dia de Júpiter. Não se oferece algo a alguém que desse algo precise sem alterar a ordem da justiça no mundo. A gente também é juiz. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

Parte da Fortuna

Me perguntaram hoje, o que é a Parte da Fortuna, afinal. Então aí está, um breve comentário —->

 

A Parte da Fortuna, ou Lote da Fortuna, é um ponto do mapa que testemunha sobre a prosperidade do nativo. A prosperidade física, social e material do nativo.

A fórmula para calculá-la é esta:

p/nascimentos diurnos: Ascendente + Lua – Sol
p/ nascimentos noturnos: Ascendente + Sol – Lua

Há também, na tradição, quem use apenas a primeira fórmula acima, tanto para nascimentos diurnos quanto para nascimentos noturnos.

Antes de irmos ao exemplo, pense que o zodíaco é uma roda, um círculo de 360 graus. Então, o grau 10 de Touro, por exemplo, é o grau 40 do círculo se contarmos de zero de Áries até o grau 10 de Touro. É fácil. Agora então vamos para o exemplo:

Exemplo de cálculo (nascimento noturno): Ascendente a 15 graus de Áries + Lua a 15 graus de Touro (45 graus da roda) – Sol a 10 de Aquário (310 graus da roda) = 60 graus (15 + 45) – 310 = – 250 graus. 360 graus – 250 = 110 graus, o que equivale a 20 de Cancer.

Fortuna a 20 graus de Cancerequivale dizer a sorte financeira, física e social está sob o comando deste signo, regência, triplicidade, termos, face e exaltação e, claro, em que casa se encontra. Exemplo, e só falando da regência: Fortuna a 20 graus de Cancer, sob a esfera da Lua, regente de Cancer, aponta que o sustento vem da esfera da maternagem, nutrição, psicologia e, até mesmo, de tudo que deriva do leite, da água e da memória.

A Fortuna, na antiguidade, é tomada também como se fosse o ASCENDENTE. É como se fosse um segundo Ascendente testemunhando sobre constituição física e longevidade (saúde). É bem interessante fazer o próprio mapa tomando a Fortuna como o Ascendente e verificar o mapa a partir daí.

Experimente! A Astrologia antiga pode parecer fatalista, mas não é bem assim. Este procedimento, por exemplo, denota uma forma de girar a roda e procurar outros caminhos de interpretação, outros testemunhos sobre o rumo da sorte do nativo.

Importante lembrar, é Parte da Fortuna ou Lote da Fortuna ou simplesmente Fortuna, mas jamais RODA-DA-FORTUNA.

O Saturnália segue Manílio, então calculamos a Fortuna considerando se o nascimento é de dia ou de noite.

#astrologia #fortuna #parte #lote

14/07/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Durante a madrugada a Lua voltou para seu domicílio, sua casa, o mangue do Caranguejo. E se realmente estamos sempre voltando pra casa, como disse o Raduan Nassar, a Lua em Câncer dá ao mundo a sensação de finalmente estarmos de volta, estarmos em casa, não importa onde estejamos. Sempre é possível obter amparo e nutrição quando algo ou alguém nos estende a mão ou nos abre os braços. O lar pode brotar dentro de um abraço ou no cheiro do café da padaria da esquina, a centenas de quilômetros de sua casa. A memória é uma faculdade encantada. A Lua em Câncer caminha na direção de Mercúrio e de Marte. Não existe solidão pra quem compreende as leis do tempo e do esquecimento. O que fica na memória é coisa viva, e viva é toda a história de uma vida. O ódio é sempre a opção de quem está errado ou de quem está só. O ódio é a opção de quem não tem memória. Bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

13/07/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é segunda-feira, dia da Lua, que segue em Gêmeos, no signo de Mercúrio, que está no signo da Lua. “Your home is where you’re happy”, diz a canção que o dia acordou cantando. Seu lar é onde você é feliz. A Lua faz um sextil a Júpiter e a Vênus em Leão. A justiça do luxo e o luxo da justiça não são a mesma coisa, mas se fala muito sobre os dois. Prefiro o luxo do prazer ao prazer do luxo. Vênus segue nos últimos graus de Leão e se prepara para para ingressar em Virgem, signo de sua queda, onde a humildade é afrodisíaca. Bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

17 máximas antes de abrir um mapa para estudar

 

1) O céu é texto sobre o destino/manifestação de determinado tempo; quando é céu de pessoa, é texto sobre o propósito/finalidade/destino do nativo.
2) Cada um tem a sorte que necessita.
3) Mau agouro não é diagnóstico.
4) Mau agouro não é prognóstico.
5) O céu tem função oracular e a função de todo e qualquer oráculo é afastar a morte e a cilada.
6) Não se trata de definir se tal configuração celeste é boa ou ruim, mas sim o seu propósito, sua finalidade, seu destino.
7) O céu é um Duplo.
8) Tudo que nos acontece nos diz respeito.
9) O texto é trama, trata do destino/caminho, mas o que interessa é a caminhada, não a faixa de chegada.
10) O texto celeste é sobre o curso do destino e suas consequências, ser fiel à sua tradução é possibilitar ao nativo alguma chance do mesmo ser protagonista da própria história.
11) Tradução tem tradição; céu não é verso livre, tem rima, métrica e dor.
12) Tudo que há na vida está contido no mapa do nativo, inclusive o astrólogo.
13) Cada um tem o astrólogo que merece.
14) A trama do destino foi tramado no colo da necessidade e a obrigação do astrólogo é reconhecer o fio principal da narrativa, o fio da meada daquela biografia.
15) A história só chega ao fim quando termina; o fim proporciona uma outra perspectiva do curso da narrativa.
16) A Astrologia é para os fortes.
17) Astrologia é coisa de poeta.

Astrologia e a ciência

Para que a Astrologia tenha alguma credibilidade no seu discurso na polis, é preciso que admita que é passível de erro. Quero dizer, que o astrólogo reconheça que está sujeito a enganos ou a equívocos. Quero dizer que não vale dizer que “o Brasil vai ganhar a Copa do Mundo por isso por aquilo, porque assim nos céus como na Terra”, mas quando o Brasil se mostra um fracasso, dizer que os “astros não determinam, apenas inclinam”. É mais honesto reconhecer que errou e pronto. E, o mais importante, procurar saber onde errou. Uma ciência que se quer ciência, é preciso que seus praticantes tenham humildade diante dos próprios fracassos.

11/07/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue em Touro e quadra Júpiter em Leão. O luxo é rústico e a justiça é lenta, mas quem é que está com pressa? Mais tarde a Lua encontra Caput Algol e quadra Vênus em Leão, Vênus no signo do Sol, que está em Câncer. O feminino, as mulheres, o prazer e os assuntos venusianos em geral mais uma vez com a cabeça a prêmio. Mas as horas seguem, e a Lua segue. Ainda bem. Pouco antes das 22:00, a Lua ingressa em Gêmeos e é recebida por Mercúrio que já está no Caranguejo. Hoje é sábado, dia de Saturno. Conta a melhor história quem não tem a pretensão de ocultar a própria memória. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

07/07/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue nos últimos graus de Peixes, se afasta da quadratura com Mercúrio e faz um trígono a Saturno em Escorpião. São horas de silêncio e realidade as desta manhã que mais parece um cinema mudo. Pouco antes das 14:00 a Lua ingressa em Áries e começa a caminhar na direção de uma quadratura com Marte em Câncer. Lua no signo de Marte, Marte no signo da Lua. A cabeça é arma e escudo. O ímpeto é de ferir a cabeçadas aqueles que nos nutrem ou protegem, ou de protegê-los, se for este o caso. “Cão de guarda ou cão sem dono”, como diz o João. Quem tem boa memória nunca está desarmado. Hoje é terça-feira, dia de Marte. O Caranguejo agarra suas pinças em faíscas de vida e de cor. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

06/07/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é segunda-feira, dia da Lua, que segue em Peixes. A Lua se afasta de Marte e faz um trígono ao Sol em Câncer. O sonho busca a luz, mas nem no escuro do fundo do mar o cardume se separa, porque “o sangue não vira água”. Lua e Sol, os dois olhos do mundo, de mãos dadas, e a gente descobre que o mistério nem sempre vive nas sombras, porque é feito de luz o que une as pessoas, seus amores, seus sentimentos, suas almas. O que brilha hoje é o mesmo que embriaga. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

05/07/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

 

A Lua caminha em Peixes, signo de Vênus e Júpiter, os chamados benéficos porque favorecem a união, a boa sorte e a justiça. Vênus e Júpiter conjuntos em Leão. Forças existentes há algum tempo, estabelecem o próprio brilho. Peixes que, segundo Manílio, não é dominado pelos homens. Leão que, segundo a natureza, governa toda a terra. A combinação de Peixes e Leão me parece imbatível. Marinheiros garbosos. Viva a Grécia!

‪#‎astrologia‬

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

04/07/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é sábado, dia de Saturno. A Lua em Aquário, signo em que Saturno tem domicílio, caminha para se opor a Júpiter e a Vênus, além de fazer também um trígono com Mercúrio: praticamente tudo isso ao mesmo tempo. Quanto mais leve a boa ideia, mas facilmente ela circula; quando mais leve o bom pensamento, mais facilmente ele se movimenta pelo vento que sacode o véu da cortina e sopra a poeira deixada nas quinas das ruínas. Dia de melancolia frente à sensação de injustiça, de reunir os amigos e deixá-los diante da beleza e do amor, essas formas alternativas de justiça, como uma maneira segura de aquecer os ossos nas horas de hoje. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

03/07/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é sexta-feira, dia de Vênus. A Lua, já em Aquário, se afasta de Saturno mas, no seu percurso, ainda está distante de se encontrar com outro planeta clássico por aspectos ptolomaicos. A sensação é de não ter com quem dividir nossos ideais – temos a amizade , mas falta o amigo; temos a fraternidade, mas falta o irmão: e “sonho que se sonha só é só um sonho que se sonha só”, cantou a Lua em Aquário do Raulzito. Fixe a ideia num bom plano que uma hora a semente do apoio chega. O mais difícil é ter a semente do sonho, a vontade de destronar deuses e reis, o horror frente a realidade de nem todos poderem ter tudo. Quando se tem isso tudo, se descobre como agir. Do céu o Aguadeiro despeja água na minha cidade, água dos deuses para os mortais. E não há nada mais divino do que ser mortal. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

(foto: Juvenal Pereira)

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

02/07/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é quinta-feira, dia de Júpiter, e a Justiça é o assunto do dia. A Lua se afasta do Sol. Lua Cheia em Capricórnio, aquela que, aqui no Saturnália, também é chamada de Lua Madrasta. Se em Câncer, seu domicílio, a Lua ampara e nutre, em Capricórnio, seu exílio, ela desampara e deixa seus filhos à míngua. No início do dia de hoje, a PEC 171 foi aprovada na Câmara, através de uma ação que alguns estão chamando de manobra e outros de golpe. Quando Marte ingressou em Câncer, João escreveu aqui que o Caranguejo ataca obliquamente, ou seja, através de manobras, ou seja, de maneira não direta, não às claras, covardemente, sem regras de luta, RASGANDO REGIMENTOS com suas pinças.
Marte no Caranguejo fere os fracos, fere os assuntos lunares, fere os filhos e os sentimentos.
A Lua em Capricórnio se afasta do Sol e caminha para um sextil com Saturno em Escorpião. A sensação de orfandade intoxica. Há veneno escorrendo dos vincos nas pedras das montanhas. Cuidado por onde pisa e em quem você pisa. Bom dia, bom dia, que amanhã é outro dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

01/07/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

 

A Lua está em Capricórnio. E o Cunha deve estar, neste momento, preparando a forca aos seus traidores. Por 5 votos a redução da maioridade penal não passou nesta última madrugada (aliás, previsão acertadíssima do astrólogo Igor Freire Medeiros). Mas não se alegrem muito, virá chumbo grosso na sequência, não tenham dúvida. Os nossos congressistas, que mal sabem ler, andam vendo muito House of Cards. Culpa da TV Senado que tudo filma. Todos querem aparecer na TV, muitos se acham o Tarcísio Meira. Por 5 votos, o Quasímodo sem coração, o Cunha, amarga nesta quarta-feira, dia de Mercúrio, um menor de 16 anos no estômago.
A Lua está em Capricórnio, a Lua Madrasta. E se opõe a Marte e ao Sol Caranguejo. O dia ouvirá impropérios quanto à infância, violência, etc e tal. As TVS, os Datenas na vida, lembrarão as atrocidades dos menores, de todos aqueles que brutalmente feriram um dia a dignidade humana. Um show de horror midiático, com seus monstros a rodo. A vida na rua é dura e a TV lucra com isso. Aliás, a TV brasileira, esta concessão pública, é ruim que é o diabo. Escorre sangue da tela. Sangue e dinheiro. E palavras que incitam o ódio em nome de Deus. Para mim, tão crime hediondo quanto.
Bom dia, Saturnália.

João C. R. Acuio

imagem: as viúvas do Funeral Político, performance 2010, Curitiba

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

30/06/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua em Sagitário se afasta de Mercúrio e caminha para um trígono com Vênus e Júpiter em Leão, signo do Sol, que se encontra no Caranguejo. A gente se recorda de que a boa-nova a ser anunciada já vive na nossa memória, a gente se lembra daquilo que temos a oferecer ao mundo e ele a nós. Vênus está cada vez mais próxima de Júpiter. A conjunção exata se dará durante a próxima madrugada. Sonhos de bons tempos não fazem bons tempos, mas plantam a semente. Benesses que evaporam do lodo cujo vapor respiraremos. Vênus e Júpiter, o prazer e a justiça, o amor e a sorte, o dinheiro e o juiz, a mulher e o exagero, se abraçam no signo da majestade, da realeza, da lealdade e da tirania. Boas ambições geram boas feras. Hoje é terça-feira, dia de Marte. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

29/06/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é segunda-feira, dia da Lua, que começa a semana galopando em Sagitário. Rompantes cavalares de alegria ou dor não fazem mal a ninguém e devolvem aos dias a sensação de que existe vida nos músculos. A Lua em Sagitário caminha na direção da oposição com Mercúrio em Gêmeos. Todo mundo é um pouco trovador, a história sempre pode ser contada ou cantada. Não confundir trova com lamento. O excesso de razão também é sintoma de exagero. Bom, dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

28/06/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

 

A Lua atravessa o lodo de veneno do Escorpião.
Eu tomo um gole da água lodosa para me tornar imortal.
Lua conjunta a Saturno em Escorpião.
E a constatação de que metal você é feito se torna fatal.
Viver é viver para sempre e não se lembrar de ontem.
A Lua atravessa o humor do Escorpião, se aproxima de Saturno, e está tudo bem, porque ter certeza do que se acredita é puro remédio, pura paixão.
Hoje é domingo, dia do Sol.
A lama é iluminada por Vênus e Júpiter.
Há brilho nos olhos da velha.
Bom dia, místicos punks!

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

27/06/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é sábado, dia de Saturno. A Lua em Escorpião, ainda na Via Combusta, se afasta de Marte. A sensação de se estar na iminência de uma guerra vai aos poucos ficando pra trás. A Lua caminha para, já fora da Via Combusta, quadrar Vênus e Júpiter em Leão. A peleja dá lugar à paixão, que são faces da mesma moeda. Tem dias que o mais justo que pode acontecer é simplesmente sobreviver. Cicatrizes são marcas de luta que compõem uma história, e a história nos ajuda a , numa próxima vez, enfrentar ou despistar o inimigo. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

Algol – parte 2

lunacao jup sat 2000

 

Algol – parte 2

Para que se tenha um ciclo, é preciso que um planeta mais rápido encontre um mais lento. O tempo que o planeta mais rápido leva para encontrar novamente o planeta mais lento, marca o período do ciclo. É o que acontece com Júpiter e Saturno, que marcam ciclos de 20 anos. A última vez que Júpiter encontrou Saturno foi em 2000, no signo de Touro. Veja o mapa anexado.

Em 2000, Júpiter e Saturno estavam a 22 graus e 43 de Touro. Algol, na data, encontrava-se a 26 e 10 de Touro. Algol é uma estrela tão significativa que considera-se margem (orbe) de até 5 graus, antes ou depois, para dizer que um planeta está em conjunção com a Górgona. É essa a recomendação de William Lilly: 5 graus de orbe para Algol. É claro que a conjunção, o aspecto exato é o mais dramático, o mais intenso, corresponde olhar no fundo dos olhos da Medusa. Caput Algol, a do olhar petrificante.

Em 2000 então, começou o ciclo Júpiter-Saturno-Algol. Este ciclo só acaba quando Júpiter encontrar Saturno mais adiante, isto é, em 2020, já no signo de Aquário. Como qualquer ciclo, há uma fase Nova (conjunção – 2000/2001/2002), Crescente (Júpiter a noventa graus a frente de Saturno – 2005/2006/2007), Cheia (Júpiter a 180 graus de Saturno – 2009/2010/2011) e Minguante (Júpiter a noventa graus atrás de Saturno – 2014-2015-2016). O início deste ciclo foi marcado pela queda das torres do World Trade Center, em 2001, um ano depois da conjunção, evento que batizou este ciclo de “Tempo do Terror”. Agora estamos na última fase, isto é, desde que Júpiter aplica a Saturno a quadratura minguante do ciclo (2014-2015-2016) e, como muito bem lembrou João Medeiros na sua palestra no I Simpósio Luso-Brasileiro de Astrologia, que ocorreu em março último, o Estado Islâmico decapitando “traidores” corresponde bem a conjunção de Júpiter-Saturno com Algol, finalizando e coroando literalmente e a fase minguante deste ciclo.

O próprio Sadam Hussein, ditador do Iraque, capturado pelos USA, tem Algol em seu próprio mapa: Mercúrio, regente da casa do corpo de Sadam (casa 1), encontra-se conjunto a Algol. > http://www.astrotheme.com/astrology/Saddam_Hussein

Sadam, após liderar um golpe de Estado, governou o Iraque por um grande período de tempo. Depois da queda das torres, George W. Bush o acusou de fabricar armas de extermínio em massa que nunca foram encontradas. Os USA declararam guerra ao Iraque em 2003. Sadam, capturado e julgado por um tribunal internacional, é condenado à forca. Foi executado no dia 30/12/2006. A Lua transitava por Algol. E o ciclo Júpiter-Saturno em Touro, o “Tempo do Terror”, escreveu mais um capítulo da sua história.

É muito comum encontrar tanto ditadores quanto libertários com Algol pronunciada em seus mapas natais. Frida Kahlo, uma libertária acima de tudo, que lutou contra limites físicos, contra barbárie do seu tempo, contra o extermínio da cultura mexicana, com força, veemência, sem medo da morte, tinha, tem, o Almutem da sua carta, a Lua, conjunto a Algol. Frida pintou os horrores medusinos das suas vísceras e as do povo mexicano. É interessante notar que a alfa de Perseu (3 de Gêmeos), a Mirfak, em algumas representações, é desenhada na altura do umbigo do herói. Algol é a Cabeça-da-Medusa, Mirfak é o coração, a alfa do Perseu. Para vencer os horrores mentais, são precisas vísceras. Vale ressaltar que, a rigor, o Almutem Figuris da carta da Frida está mais perto de Mirfak do que de Algol. Mas entendo que se uma estrela da constelação está constelada, a outra também é encontrada na narrativa do nativo. Mirfak é uma estrela sem nenhum prestígio comparada a Algol. Afinal, Medusa toma para si a narrativa de Perseu. No entanto, considerando a orbe proposta, o Almutem Figuris de Frida encontra-se com Medusa.

Freud, o que ousou olhar nos olhos da Medusa, tem Mercúrio conjunto a Algol. O inventor da psicanálise restituiu ao mundo o valor de Nêmesis. É interessante lembrar que Freud morreu com câncer na garganta, traduzindo em seu próprio corpo uma espécie de enforcamento.

De fato, Algol traz notícias sob o signo do enforcamento, do atentado, do estupro, da violência atroz, enfim, sob o signo do abuso seja ele físico, moral ou espiritual. Sob Algol, o céu é pestilento mas, ao mesmo tempo, pronto para fazer a justiça.

Desde o dia 17 de maio até dia 16 de junho, estamos sob uma Lunação de Algol – ciclo de aproximadamente 29 dias que tem a Algol a governando. Este pequeno ciclo está em curso e assistimos, dentro dele, o escândalo internacional envolvendo a FIFA. A secretária de Justiça americana, que mandou prender cartolas do futebol, é Loretta Lynch (21/maio/1959). Loretta tem Sol conjunto e Júpiter em oposição exata a Algol. (Valeu, Letícia Helena por observar o mapa da Loretta).

Lembrando outros exemplos, recordo a queda do ministro Pallocci no primeiro governo da presidente Dilma. A cabeça do Palocci rolou sob Algol.

Quando do BBB9, diante de uma cena de abuso sexual sem consentimento, Algol estava constelada. A suposta vítima não prestou queixa, mas a notícia que tomou as redes sociais é que a Globo transmitiu um abuso sexual a vulnerável. A cena foi abafada, mas não sem criar danos emocionais, se não aos envolvidos, aos que assistiam ao programa.

Cidades podem ter a Medusa como algoz e guardiã. Havia, é claro, cidades gregas que estavam sob a sua proteção, o que revela que a Medusa também foi transformada num ícone protetor. Mas para que vejamos o aspecto protetor, muita injustiça deve ter acontecido. Uma cidade imaginária sob os olhos da Medusa é Gotham City. Curitiba, capital do estado do Paraná, é uma cidade real que a ostenta no ascendente, conforme defende o astrólogo Fernando Fernandes. Também acredito que o Ascendente em Touro conjunto a Algol faz sentido à Curitiba, hoje a sexta cidade mais violenta do Brasil. Maria Bueno, a santa que o povo elegeu, foi degolada.

O curitibano Rodrigo Gularte, condenado à morte pela Indonésia por tráfico de drogas, foi executado com a Lua transitando por Algol. Foi enterrado em Curitiba, no dia 30/04 às 15h15, Marte conjunto a Algol. Algol está enterrado no cemitério municipal da cidade de Curitiba.

Dia 29 de abril, quando o governador do estado do Paraná jogou pittbulls, bombas e polícia sobre os professores de Curitiba, enquanto a ALEP aprovava lei que confiscou a previdência dos servidores do estado, o terrorismo de Estado comeu soltou sob Mercúrio e Marte entre Algol. A queda do secretário de segurança foi anunciada dias depois, quando Marte cruzou Algol.

Dia destes, com Marte conjunto a Algol > http://internacional.estadao.com.br/blogs/jamil-chade/garotos-perderam-a-conta-dos-estupros-sofridos-por-tropas-internacionais/

Em síntese, Algol é uma estrela sob o signo do abuso. E, por isso, uma estrela que se insere no campo ético e da justiça. Abusos há vários, de diferentes tipos e o questionamento ético é necessário para discernir suas sutilezas. O abuso de poder faz uso de disfarces. Síndrome de Estocolmo está sob a égide da Medusa.

Medusa usa e não usa shampoo.

João C. R. Acuio

26/06/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

A Lua segue na Via Combusta, nos últimos graus de Libra. Precisar o peso das cinzas é tão difícil quanto parece. Por volta das 15:00 a Lua ingressa em Escorpião e faz um trígono a Marte e ao Sol, ambos no Caranguejo. A tarde é de silêncio frente à responsabilidade de se estar diante do veneno: carregá-lo ou recebê-lo é da sorte de cada um. Hoje é sexta-feira, dia de Vênus. O prazer intoxica, o prazer cura, o tesão é o remédio do mundo. Bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Foto de Saturnália - Astrologia & Cidade.

Saturno

Este é o principal ensinamento de Saturno.

Foto de Roberto Reitenbach.

[Conforme Marco Aurelio: aquilo que barra o caminho faz avançar.]

Albert Camus

Marte em Câncer

Quando Marte está em Câncer, no terreno da sua QUEDA, e a Lua, regente de Câncer, está em Libra, terreno de um dos DESTERROS de Marte, o golpe é baixo e rasteiro, travestido de bondade. Vide o habeas corpus preventivo do ex-presidente Lula e também a passada de mão no Cavani, ontem, no jogo Chile X Uruguai, o que resultou na expulsão do Cavani. Jogo baixo.

25/06/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é quinta-feira, dia de Júpiter. No começo da manhã a Lua em Libra fez um trígono a Mercúrio em Gêmeos. A diplomacia é uma boa forma de colocar panos quentes. Diplomacia é qualidade do que ou de quem se dobra, e tanto Libra quanto Gêmeos são dois, mas Libra é quem pondera sobre si com base no outro e não o contrário. A dúvida é uma grande aliada. A Lua em Libra já na Via Combusta caminha para um sextil com Vênus e com Júpiter em Leão. Os humores vão ferver porque a Justiça também é um prazer, e a gente gosta de controlar a possibilidade de prazer, mas a Justiça a gente não controla. Vênus e Júpiter no signo do Sol, que está em Câncer. Fogueiras acesas no lodo. Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

Marte em Câncer

A função de Marte é lutar pela sobrevivência, fazer guarda do território e zelar pela proteção do sistema.
Marte em Câncer para lutar pela sobrevivência fará uso de golpes baixos ou oblíquos, isto é, cancerianos, o que fere a sua natureza marciana, isto é, o de afastar a covardia da mente e do seu entorno. Marte tem sua QUEDA, o seu TOMBO, no mangue do Cancer. Mas se o objetivo é a luta pela sobrevivência, é convencido que qualquer tática é legítima. Mas não é. Nem sempre. Às vezes. Depende.
Fazer guarda do território é outra das suas funções de guerreiro. A sua guarda é noturna. A noite é território da Lua, regente do Caranguejo. Mas é claro que, um dia, cairá no sono. Até porque para se manter acordado, faz uso de líquidos, as mesmas substâncias que o faz dormir e ver coisas.
Zelar pela proteção do sistema é a última das suas funções. Entenda sistema como corpo, seja o corpo propriamente ou sua família, da onde o seu corpo vem. Como o Caranguejo é sensível demais quando em carne viva, e o estado de carne viva é praticamente constante, Marte perde seu escudo de ferro em troca de uma pele sensível ao toque – basta uma brisa para ficar todo ardendo. Por isso que para Marte em Cancer, qualquer gatinho torna-se uma onça pintada. Marte em Cancer reaja constantemente, emocionalmente, para proteger a homeostase do sistema. Em outras palavras, a paranoia e a mania de perseguição são traços evidentes deste posicionamento.

Marte em Câncer

Foi só Marte cair em Cancer, lugar de sua QUEDA, do seu TOMBO, que o lutador José Aldo, num escorregão, lesionou a costela e, por isso, a luta em que colocaria o seu cinturão do UFC em risco terá que ser adiada por pelo menos três meses.
Marte em Câncer, o que escorrega na lama do mangue.

11/06/2015

11/06/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

A Lua segue em Áries, onde é recebida por Marte. Com o Sol cada vez mais perto do deus da guerra e da coragem e a Lua em sua fase minguante, os homens e o mundo ficam quentes, secos mas com pouca luz. A gente quer agir, mas sem enxergar claramente pra onde direcionar a ação. Isso vale para toda a ideia, discurso, movimento. Não se atira a esmo nem no deserto.
A Lua em Áries faz hoje um trígono a Júpiter em Leão. Que a justiça de uns é a derrocada de outros vocês já sabem. O herói nem sempre é o mais justo aos olhos do mundo. A Lua, ainda hoje, faz um sextil a Sol/Marte em Gêmeos. Todo mundo com a cabeça quente. Melhor tentar descansar os humores e dar um descanso aos deuses. Hoje é quinta-feira, dia de Júpiter, pai de Marte, mas as Erínias não se submetem a Zeus. Bom dia, dia!

– Letícia Helena C. Santa Cruz

08/06/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é segunda-feira, dia da Lua, que já está em Peixes.
A Lua em Peixes quadra Saturno em Sagitário. O dia é da Lua, mas a manhã parece de Júpiter.
Peixes, sendo o exílio e a queda de Mercúrio, se despe da razão e veste a intuição para sentir o mistério do mundo. Empatia vem de uma palavra grega formada por en- pathos ( paixão). Empatia é estar dentro do sentimento – e do sofrimento – do outro, sem a muralha do julgamento.
O sofrimento é um grande mistério.
A Lua em Peixes caminha para quadrar Mercúrio em Gêmeos. Assim como os demais signos de água, Peixes é um signo mudo, mas não é surdo. Exercitar a escuta amorosa é uma forma de justiça. Nem sempre fazer justiça significa julgar algo ou alguém. O silêncio pode curar.

Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

01/06/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é segunda-feira, dia da Lua, que transita, enorme, pelos últimos graus do Escorpião. Porque a queda também tem sua grandeza.
A Lua em Escorpião faz trígono a Vênus em Câncer.
O dia cura como um bálsamo de águas sagradas.
Dos escuros da memória, das frestas escuras da história
saem venenos e remédios.
Ouvir o céu é um exercício de humildade que às vezes precisa ser feito em silêncio e recolhimento.
Por volta das 16:00 a Lua ingressa em Sagitário e encontra Saturno. O último encontro antes de Saturno retornar ao signo do Lacrau.
Empunhem seus arcos com a certeza do alvo, porque ninguém fica impune por atirar ao bel-prazer.
Bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

29/05/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é sexta-feira, dia de Vênus.
Vênus segue no mangue do Caranguejo, onde é recebida pela Lua. E a Lua lá, em Libra, recebida por Vênus.
Vênus no signo da Lua, Lua no signo de Vênus.
A Lua transita pela Via Combusta: o fogo de Héstia alimentando os lares, as famílias, o amor e a vida social.
A Lua se afasta do sextil com Júpiter enquanto caminha para uma quadratura com Vênus.
A sorte está em jogar ao fogo aquilo que te impede de estar com os seus em torno da mesma fogueira, lareira ou outro tipo de chama. O fogo é um vínculo e só a empatia sustenta a gentileza.
A dúvida é nossa melhor certeza.
Bom dia, bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

28/05/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

 

A Lua encontra-se em Libra e as horas do dia querem beleza e harmonia.
A Balança da Justiça balança mas não cai. O que caiu foi a casa da Fifa. Cartolas sem chapéu, um deus que não acuda.
A Lunação da Degola (Algol), ou a Lunação da Justiça contra todo e qualquer tipo de abuso de poder, começou dia 17 de maio e irá até dia 16 de junho. Conclusão: sequer chegamos no fim da sua primeira metade e caíram dirigentes do futebol mundial. Tem coisas que só a Algol faz para você.(Agora é a hora da Dilma colocar o Juca Kfouri no ministério dos Esportes).
No Congresso brazuca, aprovaram o financiamento de campanha por empresas (retrocesso) e o fim da reeleição de cargos executivos. Um passo para frente, dois para trás.
Muita coisa feia e horrorosa no mundo.
A Medusa (Algol) nos olha com olhos esbugalhados.
Mas há de se ter beleza. E a coragem para dar fim ao que é ruim. E subir ao mundo montado sobre o cavalo Pégasus.
Beleza é fundamental, a Lua está em Libra. Sempre há beleza no que quer que seja. Me conte uma boa notícia?
O dia, a Lua, faz um belo trígono com o Sol. Com o passar das horas, também com Marte e Mercúrio. Indícios de harmonia e versatilidade e senso de humor. Todos falam pelos cotovelos. Todos querem brincar para poder trocar.
Aprender brincando é mais divertido.
Vá, Saturnálico, a estrada está aberta.
O dia passa o dia com um sorriso no rosto.

Trilha do dia > https://www.youtube.com/watch?v=Nq_AOktdhts

Siga o Saturnália – Astrologia & Cidade no Instagram > @Saturnalia_

 

João R. Acuio

27/05/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

 

Hoje é quarta-feira, dia de Mercúrio.
E é Mercúrio quem recebe a Lua, que segue em Virgem.
A Lua se afasta do sextil com Vênus – e também do trígono
com Plutão.
A Lua em Virgem quer purificar tudo, inclusive o Poder.
A Virgem gosta de Hades, Hades gosta de Mercúrio.
Nos jornais, a notícia da prisão de José Maria Marin.
O futebol é de Mercúrio, mas a lunação é da Degola: “memento mori”.
Mais um dia de trabalho, de tarefas, de criticismo, mais um dia de funções que a gente executa com amor porque sabe que no fim do dia temos um ninho pra descansar.
No começo da noite, a Lua ingressa em Libra e faz trígono ao Sol: um alívio, um respiro. Quando se movimenta, a Justiça brilha.
Bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

26/05/2015 –

 

A Lua atravessa o signo da Virgem. Ontem já foi dia de organização, hoje será também.
A Lua no signo de Mercúrio, a noventa graus (quadratura) de Mercúrio.
Hoje é terça-feira, dia de Marte, mas o dia é de Mercúrio, isto é, do diálogo, da inteligência e das mensagens. Mercúrio, o carteiro dos deuses.
Hoje também, a Lua flerta com Vênus (sextil).
Dia de negócios, lábia e inteligência (Mercúrio) e também de lábios, beijos, romance (Vênus).
A Vênus está em Cancer e, por isso, o amor é intimidade, o desejo é intimidade, fazer ninho, hoje, é sexy.
Mercúrio ama Vênus.

João R. Acuio

25/05/2015 #horóscopo #efemérides

25/05/2015 #horóscopo #efemérides

Hoje é segunda-feira, dia da Lua, que já amanheceu no terreno da Virgem.
O terreno da Virgem é um terreno de trabalho, de muita coisa a ser feita e aprimorada.
A Lua em Virgem quadra Saturno em Sagitário e ainda pela manhã quadra o Sol em Gêmeos. O senso de dever entre a seriedade e a distração, entre a estrutura e o movimento.
O quanto você tem engessado seu método?
Repense a execução, execute por diversão.
Bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

18/05/2015 #horóscopo #efemérides

18/05/2015 #horóscopo #efemérides

Na última madrugada a Lua encontrou o Sol, dando início à Lunação de Touro, que João chamou de Lunação da Degola.
Lua e Sol em Touro, conjuntos a Algol. Os olhos do mundo orbitando o horror num ciclo petrificado.
Hoje é segunda-feira, dia da Lua, que já está em Gêmeos. A Lua se opõe a Saturno e depois encontra Marte. O humor do mundo, o ponteiro do dia leva Saturno a Marte.
A Lua em Gêmeos quer que Marte defenda suas idéias, sua filosofia, sua religião, suas leis, seu território.
Se for aceitar a peleja do debate, esteja certo de estar embasado, fundamentado, estruturado.
Assumir a própria ignorância, exercitar a humildade da dúvida é um passo importante para o início de qualquer aprendizado, essa diversão da mente

Bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

B.B.King R.I.P.

Já faz algum tempo que o Saturnália inaugurou uma prática que, creio, virará tradição: a de fazer mapa da morte.
A vida e a morte são irmãs. Não se deve temer nenhuma nem a outra.
B.B.King partiu desta para melhor ontem, dia 14/05, 21h40, em Las Vegas.
Sagitário Ascendente e Júpiter, regente de Sagitário, em trígono com o Ascendente nos contando que tratava de um Rei (Júpiter em Leão). Interessante notar o Asc. perto da estrela dos imortais, a Alfa do Serpentário.
Era de noite, a Lua no Fundo-do-Céu, Casa do Fim, aliás, a Lua também rege a Oitava Casa, a da Morte.
O Sol apagado na Casa da Enfermidade, a sexta. Sol perto da Algol. A Morte está na esfera da Nêmesis.
O Sol que rege a 4 na 6, Vênus que rege a 6 na 8.
E, por fim, Mercúrio, o mensageiro, ente mundos, da 7 em direção a 4.
Mercúrio, sempre ele, nos conduzindo para a próxima etapa.
B.B.King ascendeu ao Olimpo

b.b.king rip

07/05/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

A Lua está em Sagitário e, por isso, o humor é galopante e a opinião contundente. A Lua em Sagitário traz notícias sob o signo do exagero e da polêmica. Tudo é muito e gigantesco, sob o signo do bizarro ou da hipérbole.
Lua em Sagitário até perto das 15h50 (hora de Brasília), quando muda para Capricórnio.
Aprenda: a Lua é o humor do mundo. Observar os seus passos significa observar a mudança do humor da sua cidade. Toda vez que a Lua passa de Sagitário para Capricórnio, o humor despenca ao chão, ao nível da realidade.
Eu gosto.
A Lua em Capricórnio tem humor negro, eu gosto deste aspecto também.
Ainda hoje, no cair da tarde, a Vênus ingressa no signo do Caranguejo.
Quem gosta de ficar em casa, a partir daí não vai querer mais sair da toca.
Vênus em Câncer até 5 de junho.
João R. Acuio

06/05/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

A Lua segue no signo do Centauro.
Lua no signo dos rompantes cavalares e da ferida exposta: a ferida dos professores, a ferida dos imigrantes, a ferida das leis e das religiões.
A Lua faz trígono a Júpiter, o planeta que a recebe. Júpiter , o grande benéfico, no signo do Sol. Há uma ferida no coração do mundo.
É preciso entender o sentido de justiça de que nos fala os céus: é nessa justiça que reside a grande cura, é nessa justiça que reside A Justiça. É nesse entendimento que vem à tona a alegria do Centauro.
Hoje é quarta-feira, dia de Mercúrio.
As idéias de expansão precisam se movimentar. Coloque as suas pra cavalgar. Lance as flechas.
Bom dia.
– Letícia Helena C. Santa Cruz

05/05/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

E a Lua em Sagitário. E a Lua conjunta a Saturno no grau do céu onde professor é ferido seriamente.
Além das bombas, o ministro da educação Renato Janine Ribeiro disse a verdade: “acabou o dinheiro do Fies”. A verdade precisa ser dita para que a sociedade se refaça. Eu disse que a verdade precisa ser dita, não jogar bombas em professores.
Ontem também vi notícia que fábricas de carros anunciam férias coletivas aos seus funcionários. Para mim, uma boa notícia. Chega de tanto carro sendo despejado nas ruas do país. São 20 anos, ou mais, vendendo carro até dizer chega. Mas a notícia é triste para os trabalhadores. É assim a justiça, difícil agradar a todos.
A Lua caminha pelo signo de Sagitário que, apesar das restrições impostas por Saturno, pelo tempo e pelo mundo, com fé segue adiante.
A sociedade civil, as pessoas de ética deste país, se não se unirem em torno de pautas minimamente unânimes e éticas, o que veremos no Congresso e nas ruas, será a barbárie. Então, entenda, é preciso estar atento e forte.
A Lua caminha em Sagitário e Marte está em Touro conjunto a Algol. Notícia de justiça feita começam a chegar aos nossos ouvidos.
Bom dia, Saturnália.

Astrologia é um sofisticado sistema de justiça.

Lua em Escorpião

E a Lua em Escorpião, agora, assim como na última madrugada. É comum pesadelos sob a Lua do veneno. Há quem diga que é uma forma de expurgo. Ou, simplesmente, o humor (lua) em estado de guerra (escorpião, signo de marte).

04/05/2015 ‪#‎horóscopo‬ ‪#‎efemérides‬

Hoje é segunda-feira, dia da Lua.
A Lua segue em Escorpião, signo em que tem sua queda.
O humor do mundo sob o signo da toxicidade como estratégia para manutenção da vida.
A Lua no domicílio de Marte se afasta do Sol e de Júpiter e caminha para encontrar Marte.
Contemple o inimigo antes de se autorizar a prever o momento do ataque. O veneno é menos tóxico quando usado como defesa. Tem certeza que sabe do que é preciso se proteger?
Às vezes a dúvida liberta.
Bom dia.
– Letícia Helena C. Santa Cruz

Algol – parte 1

ALGOL – parte 1

Caput Algol, estrela que faz parte da constelação extra zodiacal Perseu que, hoje, alinha-se ao grau 56 e 10 da eclíptica, isto é, a 26 graus e 10 de Touro, é a estrela com a pior fama da Astrologia. E também pudera, afinal, Algol designa decapitação ou morte por enforcamento (seja pela água, pela corda ou pela espada), assim como também quedas espetaculares, terríveis acidentes, estupro, atentado e morte violenta. Caput Algol – a terrível.

Caput Algol, também conhecida como Cabeça-da-Medusa ou o Olho do Demônio, segundo Ptolomeu, é uma estrela da natureza de Júpiter e Saturno. E, de fato, é uma estrela que anuncia dramas envolvendo justiça (Júpiter) e poder (Saturno). Para quem tem Algol pronunciada em sua carta, tanto o tribunal de justiça quanto a praça da política, são cenários de ocupação constantes. Diria eu que onde há abuso de poder, há Algol.

Para os antigos, dizer que uma estrela é de natureza jupiteriana, significa dizer que ela é benéfica. E dizer que uma estrela é de natureza saturnina, significa dizer que ela é maléfica. Benéfico é tudo aquilo que soma à vida, que junta, que a expande, que a floresce. Maléfico é tudo aquilo que rompe a vida, que a destrói, que a deteriora, que a apodrece. No entanto, tanto uma coisa quanto a outra são fundamentais para a manutenção do movimento do mundo e da própria vida. Algol, segundo Ptolomeu, é tanto uma estrela benéfica quanto maléfica. A vitória de uns é a derrota de outros.

Saturno está associado à Nêmesis, a justiça que, para nós, reles mortais, muitas vezes soa como trágica, terrível, feia como o olhar da Medusa. A justiça de Nêmesis pune a desmesura, o pior pecado segundo os gregos, que é tentar equivaler ou se sobrepor aos deuses. A arrogância de se achar Deus, por exemplo, é uma desmesura. Ou se achar o mais belo dos mortais, também.

Nêmesis/Saturno também está associada à justa distribuição do bem e do mal em prol do equilíbrio de forças do mundo. Por exemplo, a melancolia pós-parto que abate uma mãe depois dela ter movido o mundo e desejado como ninguém a vinda do seu filho ou, quem sabe, a inércia ou a perca de propósito que pode cair sobre quem ganha sozinho o primeiro prêmio na loteria. Inclusive há um Lote chamado Nêmesis (Asc + PF – Saturno, fórmula diurna), parte do mapa onde indicaria a justiça cega punindo a desmesura e o acúmulo de riquezas e/ou pobreza.

Uma das versões sobre o nascimento da Medusa é de que ela foi estuprada por Poseidón no templo de Palas Atena, a deusa da razão. A cabeça com serpentes, cascos no lugar de pés, pele de cobra, asas e o horror no olhar, são frutos do abuso cometido pelo o deus dos terremotos. Medusa é a representação do horror ao abuso do sexo sem consentimento.

Medusa e Nêmesis habitam a mesma esfera. A Medusa enquanto força violada, Nêmesis enquanto força vingadora. E ambas moram na barriga de Saturno, isto é, debaixo da terra. Onde há abuso sexual, há o cheiro da górgona Medusa. Nêmesis é associada a Têmis que, por sua vez é associada a Palaa Atena. Mas creio que Nêmesis, Têmis e Atena ão deusas distintas, faces diversas do princípio regulador da vida que é a justiça.

A justiça de Júpiter, diferentemente da de Nêmesis e Saturno, clama pela ordem e obediência social. Nêmesis é a justiça da natureza, cruel, vingativa e cega – mas restituidora da Ordem – enquanto a de Júpiter é a justiça dos homens, ideológica, com ranços de civilização e, fundamentalmente, teatral: réus, advogados, juiz, júri e todos aqueles protocolos de julgamento.

Algol é uma estrela, segundo Ptolomeu, tanto de Júpiter quanto de Saturno. Eu prefiro dizer que Algol é uma estrela sob o signo da Justiça, seja a dos homens ou a da natureza. E se é uma estrela da justiça, estamos na esfera dramática da vítima e do algoz, assim como na presença de testemunhas, réus, juízes, sentenças, embora seja muito comum sob esta estrela não termos a mediação do Direito. Mas alguma esfera da Justiça sempre há. Sabe quando se clama pela justiça divina? É quando se coloca Medusa a frente para proteger.

Conclusão: onde se tenha situações de liberdade X opressão, isto é, luta contra qualquer tipo de abuso seja físico, moral ou espiritual, estamos sob os olhos de Caput Algol. Por exemplo, o fuzilamento de Rodrigo Gularte, no último dia 28 de abril de 2015, na Indonésia, pela condenação de tráfico de drogas, depois do mesmo esperar por 10 anos no corredor da morte, aconteceu sob a Lua e Mercúrio nos últimos graus de Touro. O próprio Rodrigo tem o Sol natal a 3 graus de Algol. O Governo brasileiro pediu clemência até o último minuto, mas não foi atendido. Para a Indonésia, foi feita a justiça. No momento do fuzilamento, o condenado não quis ter os olhos vendados.

A pasquitanesa Malala Yousafzai, conhecida por ter levado tiros na cabeça atirados pelo Taliban em 2012, simplesmente porque lutava pelo direito de meninas a frequentar a escola e, por isso mesmo, ganhadora do Nobel da Paz em 2014, tem Algol no Meio-Céu. Meio-Céu é o ponto mais alto do mapa, é o que temos sobre as nossas cabeças, e o que se tem ali faz com que o nativo seja conhecido por aqueles atributos correspondentes. Malala é conhecida pela sua luta contra a opressão religiosa, a favor da educação. Algol é a Medusa, é Poseidón, mas também é Perseu, o herói redentor.

Woody Allen, o cineasta acusado por pedofilia por sua ex-esposa, tem Algol no Meio Céu. Em Match Point, uma das suas obras primas, onde trata do que o ser humano é capaz por status, crava uma verdade sob os olhos da Algol: “O homem que disse: ‘Eu prefiro ter sorte do que ser bom’ entendeu profundamente a vida. As pessoas têm medo de encarar que uma grande parte da vida é dependente da sorte. É assustador pensar que não se tem qualquer controle. Há momentos, num jogo (tênis), quando a bola atinge o topo da rede e por uma fração de segundo ela pode avançar ou retroceder. Com um pouco de sorte ele vai em frente e você ganha. Ou volta para trás e você perde.” Esta sorte que Allen se refere é a justiça da Nêmesis. A meu ver, Algol é uma estrela sob o signo da Nêmesis e, por isso, ela é tão temida: não é possível controlar seus efeitos e nem compreender completamente o seu modo de fazer justiça.

O lançamento da personagem Batman, em 18 de maio de 1939, acontece com o Sol CONJUNTO a Algol. E, de fato, o Batman e seus vilões loucos, orbitam uma esfera de terror, violência e abusos de todos os tipos. Batman é tanto vilão quanto herói quanto vítima. Assim como todos os demais personagens: Coringa, Mulher-Gato, Pinguim, Duas-Caras… O fazer justiça com as próprias mãos é o mote principal da história. Assim como a loucura horrenda que transita nas ruas de Gotham. Mas é loucura fazer justiça com as próprias mãos! Não há história parecida, no universo dos quadrinhos. O próprio protagonista, o Cavaleiro das Trevas, habita uma caverna tal qual a górgona. Há psicopatia nos olhos da Medusa. Um pouco depois do lançamento do Batman, Hitler ascende ao poder. Em setembro, invade a Polônia iniciando a II Guerra Mundial.

Quando escrevi o artigo Batman – O Cavaleiro das Trevas do Zodíaco, eu não tinha conhecimento das Estrelas Fixas, por isso não a citei. Por isso digo, hoje, que estudar Astrologia, ler mapas, escrever artigos sobre o tema, e desconsiderar Algol, ou é ignorância ou legítima defesa. Há quem não possa falar sobre a Medusa, compreendo perfeitamente. Acho legítima a legítima defesa. Espero ainda ter a sorte de reescrever o meu artigo sobre o universo de Gotham.

Uma das explicações de que Algol imantou toda esta simbólica em torno de si, é porque se trata de uma estrela binária. Algol são duas estrelas que se movimentam e eclipsam uma a outra e, por isso, a estrela apaga e volta a aparecer, a piscar. É como se o demônio sumisse e retornasse do fundo do lago a assustar a quem a observa. Por analogia, também poderia pensar na capacidade de ressuscitar desta estrela. E, de fato, no mito a Medusa não morre, é capturada. Ou melhor, a cabeça da Medusa é quem não morre jamais.

O mito conta que Perseu parte em busca da Medusa depois que é desafiado pelo rei da sua cidade numa noite de bebedeira. Perseu bebe demais da conta e promete vencer o monstro. No dia seguinte, depois dos efeitos da bebida (que é uma espécie de decapitação da razão), o próprio rei o lembra da promessa feita, que traria a cabeça de Medusa custe o que custa – o rei queria Perseu longe. E Perseu, desafiado pela segunda vez, parte em busca do esconderijo da Medusa. No caminho, tem ajuda de Palas Atena, Plutão e Mercúrio que entregam a ele escudo, um saco para colocar a cabeça da vilã e o elmo da invisibilidade; das Gréias, as três feiticeiras, as únicas que sabem onde Medusa mora, rouba o olho de uma, o dente da outra e assim negocia o endereço do mal. Com o caminho em mente, chega ao local e adentra o recinto da horrorosa. Tem a seguinte recomendação dos deuses: jamais olhar diretamente nos olhos da Medusa. Caso contrário, viraria pedra. E, por não olhar diretamente ao terror, utilizando o reflexo da imagem no seu escudo, decepa a cabeça do demônio. Com a cabeça da Medusa, volta à sua terra. No caminho, encontra Andrômeda acorrentada e oprimida por Cetus, monstro o qual, com a cabeça que possuía, faz virar pedra. Salva Andrômeda, com quem casa. No seu reino, descobre que sua mãe foi abusada pelo rei. Perseu faz justiça e também faz todos da corte virarem pedra. Ah, um detalhe: Perseu só sai do esconderijo da Medusa porque, ao cortar a cabeça da Górgona, ela urra e faz nascer o seu filho, fruto da união violenta entre ela e Poseidón: Pégasus. As asas que Medusa tinha são de Pégasus. Perseu volta a sua casa montado num cavalo alado! Da decapitação da Medusa, além de Pégasus, nasce Crisaor, um gigante. Perseu, Medusa, Pégasus, Crisaor, todas faces de uma mesma narrativa.

Medusa, em grego, significa guardiã ou protetora. Não é por acaso que a Medusa estava na Égide de Palas Atenas. Ou nos escudos de guerra. Ou ainda, servindo de amuleto nas portas de certas cidades. Em torno do seu ícone, temor e respeito.

Medusa, guardiã e protetora de verdade, é mais ou menos assim: (vide imagem anexada)

Cena do filme Cristo Rey onde configura a imagem de Perseu. Trata de uma mãe em defesa do seu filho. Observe os olhos, as armas e as cabeças. Agora eu lhe pergunto: Quem é a Algol, quem é Perseu?

(Este artigo sobre Algol continua).//

Agradecimentos a Letícia Helena, a Andréa Guerra, por me lembrar de exemplos e detalhes.

02/05/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

A Lua caminha pelo signo da Libra. Transita pela Via do Fogo (15 de Libra a 15 de Escorpião). As horas do dia passam por esta estrada. Mas, apesar dos dias quentes e terríveis, e da Via ser quente e seca, estamos bem, continuamos a lutar.
A Lua faz um trígono exato a Vênus, onde é recebida por Mercúrio que se encontra em casa, em Gêmeos. As pessoas têm muito a falar.
Se há Algol constelada nos céus de Curitiba nos últimos dias, Perseu encontra-se com a foice na mão. É preciso olhar no fundo dos olhos do abuso. Peço que as autoridades de Justiça, imprensa, sociedade civil faça alguma coisa, porque começa a pender a Balança do julgamento para o lado do minimamente responsável. E é sempre bom lembrar que a conivência, a omissão, é a pior barbárie.
Faz Sol e sol na minha cidade. E Marte caminha para Algol. Dias 5 e 6 estará em conjunção. Creio que a PM do Paraná e, até mesmo o secretário de segurança, viverá momentos tenebrosos. Cairá? Sua cabeça rolará? A conferir.
Mas não esqueça, acima do secretário de segurança há quem assina os absurdos arquitetados.
Tempos bons, tempos ruins.
A Lua encontra-se em Libra. Lua em trígono em Vênus.
Vá namorar que você ganha mais.
Bom dia, Saturnália!
‪#‎astrologia‬
João R. Acuio

01/05/2015 #horóscopo #efemérides

A Lua está em Libra e caminha para um sextil com Júpiter em Leão. Advogar em causa própria só é válido se você estiver inserido no mundo real, nos problemas reais. E o mundo real é um mundo em que faltam privilégios e sobra melancolia.
Libra é o signo em que Saturno se exalta, e Júpiter é quem recebe Saturno em Sagitário. Saturno em Sagitário é o professor ferido. É graças a um professor que estou escrevendo este horóscopo e você o está lendo. Advogar pelos direitos dos professores é advogar pelos próprios direitos e pelos direitos dos seus.
Hoje é dia do trabalho. Todos merecem fazer seu trabalho, exercer seus dons em condições dignas.
Há 21 anos, acontecia o fatal acidente que matou Ayrton Senna.
Senna morreu em uma corrida que, por lei, deveria ter sido cancelada. Senna morreu sob os olhos de Algol.
Até sua morte, 45 pilotos morreram a bordo de carros de Fórmula 1. Ele foi o 46º e também o último. Toda a segurança dos carros foi aprimorada.
Uma tragédia que trouxe lições de justiça.
Que lições de justiça aprenderemos sobre a tragédia que abate a educação neste país? Mercúrio já está em Gêmeos, oposto a Saturno.
As greves devem continuar por ora.
Bom dia, bom dia.

 

Texto: Letícia Helena Santa Cruz

30/04/2015 – ‪#‎astrologia‬ ‪#‎horoscopo‬

Hoje, depois de bombas e mais bombas atiradas contra professores, manifestantes e cidadãos de Curitiba, bombas atiradas pelas mãos do Governador do Estado, das duas, uma: ou a população de bem dê um sinal, o mínimo que seja, para dizer que não tolera a intolerância, ou se cale para sempre. Eu penso me mudar de país.
A Lua está em Virgem e, daqui a algumas horas, ingressará no signo da Libra. E todas as notícias sob o signo da Justiça tomarão os portais de notícia.
Você, cidadão, tem que entender que o Estado brasileiro é ineficaz porque você é ineficaz na pressão que exerce sobre o Estado brasileiro. Porque somos tolerantes com a intolerância.
Já estou convencido que o Brasil tem uma população fascista. Ou não? E uma população também masoquista. O Estado é perverso.
O clima é tenso porque nos últimos dias estamos sob os olhos de Caput Algol. A Medusa nos observa dos céus. Mas a Medusa nos observa porque encaramos a Medusa. E quando isso acontece o drama vivido pela cidade é o da opressão X liberdade. A Medusa também é vítima de violência.
Aliás, a violência é generalizada no dia a dia de todos nós. Nas grandes e pequenas coisas. Nas macro e nas micropolíticas. Já reparou? Já reparou no peito estufado do seu irmão procurando impor a arrogância a quem lhe diz bom dia?
A Lua estará em Libra daqui a pouco. Pode quebrar os pratos da Balança.
Eu sugiro, hoje, que, em vez de bater panelas, que tal quebrar pratos na frente da Assembléia Legislativa do Paraná? Quebrar pires como um ato simbólico.
Hoje também, mas já na madrugada, Mercúrio volta para sua casa, Gêmeos. Espero que a possibilidade de diálogo também. Embora, agora, eu me recuso a conversar com quem já demonstrou que não respeita o exercício de alteridade e, muito menos, a verdade.
A Maria Bueno não abençoa, a Gilda não abençoa.
Tenha uma bom dia, Saturnália.

16/04/2015 – ‪

 

A Lua encontra-se em Peixes. E o mundo sonha com o seu salvador. O algoz colocou a minhoca no anzol.
A melhor coisa a se fazer é esquecer tudo isso e aumentar o som.
Blues, jazz ou música caipira.
Sempre há alguém que é um sonho.
No cair da tarde a Lua ingressa no signo de Áries e o humor do dia deixa o sono e a perdição de lado para dar pulos de alegria e entusiasmo.
A conferir.
E quando a Lua ingressar no signo de Áries, começam os preparativos para a Lua Nova do dia 18/04, a que dará um novo start nos anseios da cidade.
Bom dia, Saturnália !

Júpiter em Virgem

Sobre Júpiter em Virgem que virá dia 11 de agosto (até 09 de setembro de 2016)

Júpiter em Virgem

Outro dia assisti o filme “A vida secreta de Walter Mitty”. Confesso que quando vi que era estrelado por Ben Stiller, e também dirigido por ele, tremi por achar que não passaria de um filme bobo com pitadas de humor. Eu acho ele competente no que se propõe a fazer, mas não é o estilo de filme que me arrebata. Mas não, “A vida secreta de Walter Mitty” me surpreendeu por suas sutilezas e pelo descanso que dá à vida real e cotidiana.

A narrativa conta a história de Walter Mitty, um funcionário da área de negativos de filmes fotográficos da revista Life, que vencerá seus limites porque precisa cumprir com o seu dever. Uma personagem com fortes características virginianas pelos seguintes motivos:

1) Walter passa o filme todo em busca de um negativo, o 25, que comporia a última capa da revista Life, antes do ingresso desta ao mundo digital. Acontece que Walter “perdeu” o negativo. E, como um bom virginiano, ele precisa realizar o seu trabalho, o seu dever;

2) Walter é tímido como uma Virgem; é ele que organiza e cataloga milhares de negativos que construíram a reputação da Life, mas ninguém dá a mínima para o seu ofício prestes a desaparecer, e Walter também não dá a mínima para a situação, a encara como um fato natural da vida;

3) Walter vive em um mundo paralelo de fantasia e, sim!, isso também é característico deste signo regido por Mercúrio, sempre envolto em fórmulas, livros e detalhes; Virgem imagina outro mundo, mas não o vive;

4) Há a presença marcante da mãe em sua vida. Todo virginiano que se preza tem uma mãe predominante em sua vida; perde o pai cedo (o que é também comum aos Virgos, embora não seja uma regra para todos);

5) Walter é modesto e não aspira grandes voos. A modéstia é uma característica virginal. Caso encontre Virgens metidos à besta, não é por causa do signo de Virgem, mas sim de outro elemento em seus mapas;

6) Walter quer apenas fazer o seu trabalho, apenas, e isso é o bastante e suficiente e necessário aos olhos de Virgem;

7) A sua irmã, histriônica e espalhafatosa, lhe atinge os nervos virginianos com tanto barulho e exibição; a exibição demasiada faz qualquer Virgem tremer por dentro;

8) E, por fim, Walter é Virgem, tímido mais uma vez, ao procurar se aproximar da mulher que o encanta.

Virgem, Virgem, Virgem.

Há cenas marcantes no filme, assim como a figura do fotógrafo que procura captar o “gato fantasma”, mas quando diante deste, deixa de clicar para não perder o momento. Creio que procurar viver o momento, e não lucrar com ele, não documentar o instante, também é algo de Virgem, o que cata a beleza nas pequenas coisas e momentos. Afinal, “o belo não clama por atenção”.

Para quem ainda não viu o trailer, aqui >

https://www.youtube.com/watch?v=0eTYDexeW1I

Júpiter ingressará Virgem em agosto e até setembro de 2016 ficará. Como dito por Fernando Fernandes no Simpósio Luso-Brasileiro, filmes e obras de arte podem ser lidos como antecipação de trânsitos nos céus. É o que eu creio que acontece neste filme, onde Walter Mitty celebra todas as virtudes virginianas que também serão celebradas pelo mundo enquanto Júpiter atravessar o signo da Virgem.

Não estranharia que este filme ganhe algum Oscar.

Mas enfim, vale a pena assistir o filme. É um descanso para a ambição.

‪#‎virgem‬ ‪#‎astrologia‬ ‪#‎cinema‬

protagonista

Essa coisa de encarar o mapa astral como narrativa dramática faz concluir que há um protagonista (ou mais), um antagonista (ou mais) e personagens coadjuvantes (pai, mãe, irmãos, filhos…). Nem sempre somos protagonistas da própria história, mas geralmente somos – mesmo que a atuação seja para lá de chinfrim. Agora, certamente, somos coadjuvantes em alguma outra história. E o coadjuvante, embora não seja a personagem principal da história, é responsável pelo seu desenlace, aprofundamento e reviravolta.

‪#‎astrologia‬ ‪#‎mapanatal‬ ‪#‎saturnalia‬ ‪#‎protagonismo‬

Mercúrio Marte

Quando Mercúrio está em aspecto com Marte (conjunção, sextil, quadratura, trígono, oposição), de forma geral, a pessoa se comunica melhor quando provocado a isso. É como se a comunicação fosse uma luta e, claro, precisasse de motivação. Falar para quê se não é para dar um cruzado de direita? Falar para quê se não for para rolar no tatame? A comunicação ganha músculos, fibra e gana.

23/02/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

 

Segunda-feira, dia da Lua.
E a Lua em Touro, lugar onde tem palácio.
E a Lua no signo onde há o domicílio da Vênus, a deusa do desejo.
No entanto, contrariando as expectativas taurinas de preguiça e contemplação,
hoje é um dia ação concentrada,
um dia de ação.
De fazer muito e de falar pouco.
Embora venha ouvir muita conversa simultânea, afinal, Lua quadra Mercúrio em Aquário.
Bom dia, Saturnália!

João R. Acuio

‪#‎astrologia‬

22/02/2015 –

A Lua erra pelo caminho de Áries.
A Lua está em Áries.
Adoro chamar os planetas de errantes.
(A Lua, na Astrologia, também é chamado de planeta ou, assim como o Sol, de luminar).
A Lua tem luz própria.
Hoje está vestida com as roupas e as armas do Carneiro. Ou, melhor, com as roupas e as armas do Sol e de Marte, os dois astros que possuem, respectivamente, exaltação e trono em Áries.
Dia quente, portanto. Tanto um quanto outro, aquecem.
Hoje é domingo, dia do Sol. Dia quente, mas sem ser febril ou demasiadamente irritante, ansioso, ariano.
Perto das 23h (hora de Brasília), a Lua ingressa no pasto de Touro. E isso não é sinônimo de paz, mas sim de densidade.
Bom domingo a vocês Saturnálicos (as).
Aproveite o dia.

21/02/2015

Agora, Lua em Áries trígono a Júpiter em Leão, ambos a 15 graus dos seus signos.
Creio que virá chuva.
E muitos trovões.

Sei que tem gente que acha graça nas previsões meteorológicas via Astrologia, mas acontece que na antiguidade isso era comum. Então… Beijo!

No Tetrabiblos do Ptolomeu tem um capítulo só sobre isso.

Na minha prática de observação do céu – horóscopo – observo pequenas e grandes coisas. Acho que isso é função do astrólogo, principalmente dos que escrevem horóscopo. Acho isso mais importante, isto é, acho mais importante ensinar ao leitor como que o céu pulsa, do que dar sermão dia após dia, ou fazer astrologia das lombrigas. Então, é isso… acho que vai chover trovões. A Lua fecha um trígono perfeito com o deus do trovão Júpiter.

O Governador de SP que ajoelhe e agradeça.

Vênus em Áries

‪#‎VênusEmÁries‬

Quem tem a Vênus em Áries é a Rihanna. A linda Rihanna. E não é só a Vênus que ela tem em Áries, mas também a Lua e Júpiter. E, por isso, Rihanna é apimentadíssima. Detalhe: a cantora tem a Lua e a Vênus conjunta a alfa de Andrômeda, a estrela que, entre outras coisas, destina a pessoa ser “a mulher mais bonita da cidade” e indomável. Outra que tem a Lua, mas só a Lua, conjunta a esta estrela, é Angelina Jolie. A alfa de Andrômeda está a 13-14 graus de Áries, caso tenha neste exato momento tentado procurá-la no seu mapa. Esta estrela também é de pessoas que se oferecem em sacrifício em prol de alguma causa ou ideia.

Vênus em Áries
Posted on March 21, 2013 by Joao Rodrigues Acuio
Vênus em Áries gosta de independência. É encantada pela bravura e pela virilidade. Seduz o mundo com coragem, originalidade e autonomia. Vênus em Áries gosta do mundo dos homens. Vênus em Áries habita o mundo dos homens. Vênus hot. Vênus ruiva. Vênus vestida de Carneiro, vestida de vermelho. Vênus nos domínios de Marte. Quente, quente, muito quente.
Vênus no domicílio de Marte e no fosso de Saturno. Vênus que não gosta de Saturno, isto é, de esperar e/ou planejar a satisfação dos seus desejos.

21/02/2015

21/02/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎astrologia‬ ‪#‎efemerides‬

Lua, Vênus e Marte em Áries. Cardan dizia que este tipo de configuração é de imperadores que ateiam fogo na cidade, tipo Nero. Referia-se principalmente quando havia Sol, Vênus e Marte juntos. Aqui, então, por causa da Lua, é um Nero de saias. Lua, Vênus e Marte em Áries: Imperatriz incendiária. Muito mais incendiária e impulsiva. Emoticon smile

Mas eu não quero que o meu dia pegue fogo. A não ser pelo fogo da coragem. Mas para isso também é importante ter a mente em paz. Então que o pensamento permaneça em paz no meio do alvoroço. Quem encontra esta ilha de paz dentro de si é o verdadeiro monarca. Monarca, gosto desta palavra.

Hoje a Lua, o humor do dia, passa pelo signo de Áries. Quem sabe não acontece o inesperado.

Ah, verifique se desligou o fogo da chaleira. Evite acidentes. Enamore-se da segurança.

João R. Acuio

20/02/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎astrologia‬ ‪#‎efemerides

20/02/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎astrologia‬ ‪#‎efemerides‬

A Lua está em Peixes, signo de Júpiter e de Vênus.
A Lua caminha em direção a Vênus que também está em Peixes, signo onde tem exaltação.
Mas antes que a Lua encontre Vênus, a Bela pula para Áries onde já está Marte, regente do Carneiro.
Horas depois, perto das 22h, a Lua lá estará também.
E aí teremos Lua, Vênus e Marte em Áries.
O que notamos é que se alguém ainda não despertou para 2015, o dia é hoje.
Do sonho à ação.

18/02/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

Hoje, às 21h47 (hora de Brasília), a Lua encontra o Sol no signo de AQUÁRIO. Dois minutos depois, ambos já estarão em Peixes. Mas o casamento (lunação) acontece no último grau de Aquário. Duas lunações no mesmo signo, uma seguida da outra, acontece mais ou menos a cada dois anos e meio. A última aconteceu em Gêmeos. Dei o nome a esta lunação que marca este ciclo, de Lunação 13. Experimente não chamar a décima terceira bruxa para a festa, para ver o que acontece.

Então, hoje começa um ciclo novo que irá até agosto de 2017. E também um ciclo menor, de 29 dias, que irá até a próxima Lunação, essa sim em Peixes, dia 20/03. Bom, quer saber, espero que o vento da renovação chegue em todas as cidades. Abra a janela e a porta para o ar circular. Novas ideias, novas esperanças e, principalmente, que o novo tempo nos faça agir em direção ao que nos cabe nesta vida.

João R. Acuio

08/02/2015 – ‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬

A Lua está em Libra (até dia 10/02).
A Lua que precisa de beleza e de parceria.
O mundo está feio que é um horror.
Mas o céu continua azul que é uma beleza.
É preciso grandeza para encontrar beleza na terra desolada.
Bom domingo, Saturnália.

Atentado a Charlie Hebdo Magazine

Atentado a Charlie Hebdo Magazine 

No post anterior disse sobre as Casas dos Inimigos, a casa 7 e a casa 12. A 7 como a do inimigo declarado, a que nos ataca de forma mais direta e franca. A 12, no entanto, a dos inimigos ocultos, disfarçados, dificilmente reconhecidos. A curiosidade jamais matou o gato, então, fiz o mapa do Atentado de hoje e o que lá encontramos?

1) Ascendente em Peixes, isto é, o evento nasce sob o signo do fanatismo religioso;

2) A Casa 7, a do inimigo declarado, é Virgem; Mercúrio rege Virgem e se encontra em Aquário conjunta a Vênus, todos os dois, no signo que abre a Casa 12 – os antigos considerariam todos os planetas no signo de Aquário na Casa 12, isto é, por signos inteiros;

3) Júpiter, regente da 1, é o protagonista e Júpiter em Leão se opõe a Marte que, por sua vez, encontra-se na 12 do mapa do evento, e na 7, a partir de Júpiter (o protagonista) – mais duas evidências de animosidade;

4) É também interessante notar Marte, regente da 9, a da religiosidade, na Casa 12 do mapa do atentado; a motivação, de fato, é o fanatismo religioso.

terrorismo a paris

Casa 7, Casa 12

No mapa da gente, ou de um país, há duas casas que, segundo a tradição, representam os inimigos: a casa 7 e a cada 12. Os da Casa 7 são os chamados inimigos declarados, enquanto os da Casa 12 são os inimigos ocultos. A 7 é a dos inimigos declarados porque esta está diametralmente oposta a 1 que representa o dono do mapa ou a nação dona do mapa – é uma inimizade por oposição, cada um existe porque existe o outro – uma inimizade que constitui identidade, tanto para um lado quanto para o outro. Já a Casa 12 é a dos inimigos ocultos, porque a 12 não vê a Casa 1/Ascendente. A Casa 12 é um ponto cego do ponto de vista do Ascendente (Casa 1) que é sinônimo da vida e corpo do nativo/nação. A Casa 12 é um ponto cego assim como os inimigos que a representam, por isso tende a testemunhar sob o signo do transtorno e infortúnio.

23/12/2014 – Saturno em Sagitário

Hoje Saturno ingressa no signo do Arqueiro. O signo do Arqueiro é o signo de Sagitário.
Sagitário é metade homem, metade cavalo.
Saturno, às 14h34 (hora de Brasília), pula para garupa do filósofo e selvagem centauro.
Saturno permanece até junho em Sagitário, quando, no seu passo retrógrado, retorna ao Escorpião, para voltar mais tarde, em setembro, para Sagitário e aí transitar até dezembro de 2017. Mas já contaremos, a partir de hoje, que Saturno transita o signo dos grandes voos e filosofias de vida.
Saturno em Sagitário, dezembro/2014 a dezembro de 2017.
E o que esperar do trânsito de Saturno no signo de Sagitário?
Em primeiro lugar, não creio que o verbo que permanecerá na moda seja o de desconstruir. A desconstrução parece algo essencialmente Escorpião.
Creio que, a partir de agora, a ideia será a de construir permanentemente, tanto as leis mais adequadas para gerir a cidade, quanto as leis pessoais mais venturosas para expandir a si próprio.
Saturno é um construtor, ele, no Sagitário, recebe instruções de como exercer o seu trabalho.
Sagitário privilegia a filosofia, a medicina, a navegação. A ordem é expandir, compreender para curar, buscar para encontrar uma nova ordem pessoal e pública. Para isso, estude! E também ensine o que sabe ao próximo.
Os próximos meses veremos notícias deste posicionamento. Mas uma coisa é certa: Saturno em Sagitário dará ainda mais destaque ao Papa. Ele, a exemplo de Cuba, entrará ainda mais nas questões políticas. Saturno (política) no signo de Júpiter (figuras religiosas). Júpiter, por sua vez, transita o signo do Leão até agosto de 2015. Até lá, veremos juízes e figuras religiosas ganhando status de celebridade.
Depois escrevo mais sobre este trânsito.
Bom trânsito de Saturno em Sagitário a vocês, gataiada!

Isto é Saturnália

A Lua está em Sagitário.

Mas cá estava eu pensando sobre o que já construímos aqui. Com aqui me refiro ao Saturnalia, mas também à web, com a cultura de astrologia que ajudamos, quer queiramos ou não, a construir. Abaixo, alguns conceitos que jogamos no mar dentro de garrafas a fim de encontrar náufragos e ilhas de utopias.

> é possível fazer horóscopo sem os doze signos. dessa maneira, driblamos a indústria cultural e o jornal para embalar peixe.
>> como um velho babalawô que abre o seu oráculo ao nascer do sol para ver a que deuses agradar no dia, abrimos as efemérides toda manhã para auscultar os passos dos astros, o lance de dados. e aí o horóscopo é escrito no dia, sob a influência do dia.
>>> a luz fora de curso é mais raro que se possa imaginar, não acontece a cada dois dias.
>>>> a lua é a senhora dos destino. nada acontece no mundo sem o seu consentimento.
>>>>> agora você sabe que o mundo, a cada 29 dias está pulsando dentro de um ciclo que chamamos de Lunação.
>>>>>> sabe também que mercúrio retrógrado é mercúrio moonwalker.
>>>>>>> ficou sabendo que existem dignidades/honras aos planetas. ex.: lua se exalta em touro, tomba em escorpião (vide Karine Alexandrino), mora no Caranguejo etc etc etc
< descobriu também que astrologia selfie é sem graça e um desperdício. então, esqueça o seu signo solar e olhe pra cima e em torno. Céu sem a cidade é que nem corpo sem cabeça. por isso astrologia e política é redundância.
<< existem estrelas fixas, descobriu isso também.
<<< como sabe ler e imaginar, vibra com os epítetos aqui criados, do tipo “lua madrasta”, “lua da gente discriminada”, “lua pulga”, etc.
<<<< não temos uma alma, estamos dentro da alma do mundo.
<<<<< ouviu falar, talvez pela primeira vez na vida, que há antíscia e contra-antíscia.
<<<<<< aqui você é tratado como dono da sua narrativa. por isso que o tom do horóscopo não é de um conselheiro alertando o que deve fazer, até porque você fará o que bem entender mesmo.
<<<<<<< agora sabe que existe um conceito chamado Almutem ou o Senhor na Natividade.

<> descobre aqui que nada passa igual a um dia.
<>< aqui você ouve falar de William Lilly, Manílio, Dorotheus, Ptolomeu, Maternus… Astrologia tem seus ancestrais, veja você!?
<><> aqui você aprende Astrologia sem perceber que está aprendendo Astrologia. Estamos fazendo sua cabeça. Hehehe. (Cérebro diabólico + o Pink docinho de côco).
<><>< televisão do céu. Assistir Tv a partir do Céu. Isso é a coisa mais legal do mundo. O último experimento foi sobre o “Amores Roubados”.
<><><> Análise das corridas de F-1 por Letícia Helena Santa Cruz. Não via corridas desde o Ayrton Senna, a Letícia despertou a vontade.
<><><>< A Igreja Católica tem mapa. By Gerson Pelafski
<><><><> “só há determinismo onde não há mistério.”
<><><><>< o mapa é um narrativa e a idéia de destino é perturbadora.
<><><><><> a idéia mais perturbadora é a de que a sorte/fortuna tem diferentes tamanhos e qualidades.
<><><><><>< aqui chamamos o Escorpião de Lacrau. E Câncer de Caranguejo.

: sabe que existe algo chamado de “mútua recepção”
:: que a magia é da imaginação, no entanto, é ancorada pela palavra.
::: terra/céu é um só organismo.
:::; estamos nem aí se a Ciência e os doutos acham a Astrologia uma ciência ou não. Para estes, recomendamos seguir os passos de Dante.
::::: o dedo de Saturno é o do meio da mão.
:::::: chove bastante na minha cidade.
::::::: o céu pode ser ruivo.

/ os aspectos são: conjunção, sextil, quadratura, trígono e oposição. A teoria dos aspectos é uma teoria do flerte.
// aqui, volta e meia, assiste a Astrologia Horária em funcionamento (F-1, astrologia e futebol, astrologia e eleições).
/// depois de uma previsão feita, não se volta atrás. Acertando ou não é importante rever a análise. Às vezes acertamos pelos motivos errados. Sempre erramos porque erramos. Não vale culpar o livre – arbítrio pela a análise mal feita. Muito menos culpar a Dilma ou o presidente da vez pelas bolas fora.

Nesta cidade, discute-se tudo, mas sempre sob os cuidados da tolerância. Estupidez e xingamentos, tão comuns nos grupos de Astrologia, aqui não têm vez.

“Eu tenho uma sorte imensa, porque no Saturnália – Astrologia & Cidade só tem gente #anticoaching. Por que vocês sabem, né? que o #anticoaching é o coaching dos filhos de Saturno, os fodidos, os cheios de lacunas…”

Os árabes são delirantes. Maravilhosamente delirantes.

 

É só no Saturnália é que há crônicas astrológicas como as da Priscila Merizzio.

 

 

 

> Saturnalia é isso aí. No transcorrer do dia vou completando esta lista. Me ensine o que você aprende aqui. Ok? Me ajude. Bjs.

22/12/2014 – #horóscopo #efemérides

A Lua se afasta do Sol e caminha em direção a Mercúrio. Lua, Mercúrio, Vênus e Sol no signo da Cabra da Montanha, domicílio de Saturno. E Saturno passa seus últimos instantes no território do Escorpião, um signo fixo, antes de ingressar em Sagitário, um signo móvel. Antes de começar uma escalada, é bom livrar-se do peso excessivo, jogar fora o que não será útil ao longo do caminho e planejar como será feita a subida. E Capricórnio, que é metade cabra, metade peixe, escala a vida dentro dos limites da responsabilidade, equilibrando suas duas partes, equilibrando a ambição e a abnegação. Hoje a Lua encontra Mercúrio. As palavras são as sementes do sonho.

– Letícia Helena C. Santa Cruz

20/12/2014 – #horóscopo #efemérides

A Lua está montada no Centauro e caminha em direção a um sextil com Marte em Aquário. O humor do mundo quer conquistar o mundo. Sagitário preza pela Justiça e Aquário sabe que só há Justiça onde há equidade. Centauro é o matador de Touros, e Touro é a matéria do mundo. Sagitário é inspirado pela alegria e pela filosofia, conhecimentos que ultrapassam a matéria. O Centauro é professor e o Aguadeiro professa que todo conhecimento deve pertencer à humanidade. Hoje é sábado, dia de Saturno. Bom para ensinar a alguém aquilo que você sabe. 

– Letícia Helena C. Santa Cruz

16/12/2014 – #horóscopo #efemérides

A Lua em Libra está conjunta à Cabeça do Dragão e se separa de Vênus e Marte, enquanto caminha em direção a um sextil com Júpiter em Leão e com o Sol em Sagitário. Lua na Via Combusta, a fogueira celeste. O mundo explode por fora e a gente explode por dentro. O caminho nesse período é por veredas de labaredas. E não existe atalho. O perigo é ser atirado às chamas da boca do dragão por advogar demais em causa própria. Hoje é terça-feira, dia de Marte, e Marte está em Aquário, signo que não oferece exaltação a nenhum planeta, signo do EXÍLIO do Sol. Pelo menos hoje, não levante bandeiras de causas que só são úteis pra você. Não faça malabarismo com mastros de fogo. Bom dia.

– Letícia Helena C. Santa Cruz 

6.

#lua #astrologia #notas

Outro dia disse da Lua Vazia de Curso segundo os helenísticos. Lua sem aspecto 13 graus para frente ou 13 graus para trás. Em mapa de gente, indicaria um nativo sem pai nem mãe, perambulando pelo mundo sem destino. E nisso não há nenhum road movie ou romantismo. É uma situação rara, mas lastimosa. Mas agora imagina essa situação com a Lua na Via Combusta, 15 de Libra a 15 de Escorpião. É nessa hora que a gente para e pensa que Deus é um sádico.

09/12/2014 – #horoscopo #efemerides



A Lua caminha no mangue do Caranguejo. Encontra-se no último decanato (últimos 10 graus). E o último decanato, regido por Júpiter e Saturno, é menos chorão, menos carente, menos buraco. A Lua nos últimos graus do signo de Câncer, me faz imaginar um caranguejo saindo do mangue porque este secou.

Na próxima madrugada, a Lua ingressará no signo do Leão.
Mas hoje ainda anda pelas redondezas cancerianas. E a Lua, as horas do dia, faz trígono a Saturno. O Saturno em Escorpião que nos acompanha desde o fim de 2012 e que passou pelo tempo deixando um rastro de urgências sociais. Hoje a Lua trígono a Saturno. Há quem ficará com dor de cabeça, preocupado com o corno do unicórnio, procurando chifre em cabeça de cavalo. A maior parte das pessoas ficará, porque o ser humano é uma besta mesmo, cheio de dor. Gente é errante, por definição. Bom, mas saiba, hoje a Lua está seca e faz trígono a Saturno em Escorpião. Dia sério. Amanhã você bota os paetês.

lua

Mais uma vez: Lua Vazia ou Fora de Curso, segundo os helenísticos, isto é, segundo o berço da Astrologia, é algo raríssimo. A Lua teria não estar recebendo aspecto de outro planeta dentro de uma orbe de 13 graus antes ou depois do aspecto exato. Aspecto é olhar, por isso posso afirmar que a teoria dos aspectos é uma teoria do flerte. Então, reformulando, se a Lua não estiver sendo olhada por nenhum outro astro, dentro de uma margem de 13 graus antes e 13 graus depois, aí sim, teríamos uma Lua Vazia ou Fora de Curso. É raro de acontecer, convenhamos. Sob esta perspectiva as tabelas de Lua Vazia de Curso que circulam pela web, tombam todas elas. Exemplo: Lua a 15 de Leão. Sol a 15 de Virgem, Mercúrio a 1 de Virgem, Vênus a 2 de Virgem, Saturno a 13 de Peixes, Júpiter a 14 de Capricórnio, Marte a 13 de Câncer. A Lua, nesta configuração, não olha nem é olhada por ninguém. Assim seria na vida também. Segundo Heráclito, “existir é ser percebido”, assim sendo, Lua Vazia de Curso em mapa natal equivale dizer que a pessoa não existe porque não é percebida e também porque não percebe ninguém. Pior do que isso é ninguém lhe dirigir a palavra.

Lua

Fernando Pessoa tinha, tem, Lua em Leão. A Lua está ao lado, alinhada, a Saturno, o deus da melancolia. No caso do Pessoa, Lua Desassossego.

A Lua chupa, absorve, se transforma naquilo que toca. Então, a Lua e seus aspectos, revelam o humor, o contexto, os deuses evocados no dia do nascimento. Por isso que a Lua sem aspecto – e isso é raríssimo, embora haja quem diga que é comum – é terrível, revela a sorte de vagar pelo mundo como um errante sem destino. A vida já é mais ou menos assim para todo mundo, imagine neste caso então.

Para a Lua estar sem aspecto, a Lua Vazia de Curso, é preciso que ela não estabeleça diálogo com nenhum planeta 13 graus adiante ou 13 graus para trás de si mesma. Aspectos que me refiro são, por exemplo, a Lua estar ou a zero grau (conjunção), a sessenta (sextil), a noventa (quadratura), a cento e vinte (trígono), a cento e oitenta graus de outro planeta (oposição). Quando nenhum destes aspectos acontece, estamos diante de uma criatura jogada no mundo sem pai nem mãe, muito menos com namorada (o).

lua-saturno

Pirei com a sua hashtag #anticoaching inventada pela Karine Alexandrino. E aí, pensando nisso, achei uma trilha total #anticoaching do também não menos anticoach Fernando Pessoa, que tinha um Saturno não tombado, mas exilado, ao lado da sua Lua em Leão, o que o fazia se sentir um verme, um lunático ensolarado. “Poema em Linha Reta”, na verve de uma banda que fez tudo errado, Patife Band > https://www.youtube.com/watch?v=1JxQLM-xA0k

08/12/2014 – #horoscopo #efemerides



A Lua está em Câncer. A Lua está entre os nodos, entre Áries e Libra. Entre o rompante e o justo.
A Lua não faz aspecto com planetas clássicos (até Saturno). Hoje temos verdadeiramente uma Lua Fora de Curso segundo os helenísticos. Então, é hora de meditar e de cuidar de si mesmo e também hora de não perturbar os deuses.
Hoje temos um cazimi de Mercúrio. Cazimi é quando um planeta fica até 17 minutos do Sol. Dizemos que o astro está no coração do Astro Rei. Na alquimia, seria um momento de purificação ou decantação.
A semana começa contente.
A semana começa encantada.

Vênus estacionária

Creio que quando Vênus para no céu, ali, antes de retrogradar, aquelas horas antes de começar seu trajeto sobre os próprios passos, aquele momento sem ar que chamamos de “estacionário”, entendo que é a imagem perfeita da #mulhertombada – personagem criada pela sensacional Karine Alexandrino Conclusão: planeta estacionado é astro/errante tombado. Está decretado.

p.s.: Não sei se a imagem anexada é a mais apropriada para a coisa pretendida, continuarei procurando a imagem perfeita.

Lua

Na Astrologia, a Lua é chamada de luminar, assim como o Sol. Quando a Lua está cheia como está hoje, é fácil de entender o porquê. 

A Lua testemunha sobre o humor básico do nativo. Onde você tem a Lua no seu mapa astral, e os aspectos que a Lua faz com outros planetas, conta sobre a sua origem e temperamento de base.

Como o humor precisa de corpo, também se diz que a Lua rege a saúde do corpo e também da alma. A Lua é coisa de lunático, lembra? Tanto uma coisa quanto a outra são claras e evidentes como o clarão da Lua Cheia.

2015

2015 2 20152015 2

Que bom que vocês, Saturnálicos, já sabem que o ano astrológico apenas começa quando o Sol ingressa o signo de Áries, isto é, quando a PRIMAVERA vem. Anexado o mapa do Ingresso do Sol em Áries para 2015, 20 de março. Então, duas notícias: continuamos em 2014 até dia 20 de março de 2015. Pensou que 2014 tinha acabado, não é? Não. Lua-Saturno em Escorpião, o 7 a 1, até 20 de março do ano que vem. A partir desse dia, tudo novo de novo. Será um ano do empreendedorismo. Um ano que não terá vez para quem é covarde. Também perderemos mulheres maravilhosas e extraordinárias, imortais, que deixarão saudades e lágrimas.
Ano do fogo. Saturno em Sagitário, Lua e Marte em Áries, Júpiter em Leão. 2015 será lembrado pelo lastro do fogo da mudança e da renovação que percorrerá todos os meses até março de 2016.
Que venha então!
Porque aqui tem coragem.

02/12/2014 – #horoscopo #efemerides



A Lua lá está em Áries. Menos infernal do que ontem, porque mais habituada ao calor inerente do Carneiro.
As horas passam para quem tem o que fazer.
Lua trino a Vênus.
A Lua quadra Marte no fim da noite.
Tempo da Idade do Ferro.
E o de fazer e direcionar a vontade.
Quer fazer história? Então trabalhe para isso.
Na próxima madrugada, a Lua ingressa as pastagens do Touro.

*
João Acuio

*

Curtiu? Recomende o Saturnália para os amigos. Agadeço!

Saturno em Sagitário

Saturno ingressará Sagitário no dia 23/12/14. E no signo do Arqueiro permanecerá até o fim de 2017. Ano que vem, Saturno ainda retrograda e volta ao Escorpião, signo que habita desde o fim de 2012. O trânsito de Saturno em Escorpião, eu chamo de trânsito “V de Vingança”. Neste trânsito, quem teve voz, foi o povo de Marte: polícia, a anti-polícia, a política. Agora, com Saturno em Sagitário, quem terá voz é o povo da cultura, gente das leis e das crenças também (religiosos). 1% pra Cultura é ninharia, podem pedir mais, povo!

25/11/2014 – 

25/11/2014 – 

A Lua caminha no signo do seu exílio: Capricórnio. Mas também é no signo de uma das suas Triplicidades. A Lua é madrasta, mas a madrasta também pode ser boa. É quando a mãe para de passar a mão na nossa cabeça, nos obrigando a crescer com as próprias pernas. A Lua caminha em direção a Marte, que também está em Capricórnio. A Lua não é amiga do Deus da Guerra. A guerra leva seus filho para longe. A Lua encontra Marte amanhã, perfeitamente. Hoje, dia de Marte, o mundo bota os pés no chão. O clima já está mais frio na minha cidade. A Lua em Sagitário de ontem enlouquece os ânimos, o cavalo dá pinote, pirueta e leva tombos. Hoje não. Hoje é a real que redime. Hoje é a perseverança aguerrida que produz a vida e, claro, a noção de propósito. Qual é o seu propósito na vida? Bom dia, Saturnália! A cidade é o tempo.

18/11/2014 – 



E a Lua lá em Libra, caminhando em direção à quadratura com Marte. Mas isso fica para amanhã. Hoje, dia de Marte, seria bom não fazer alarde, não invocar demais forças externas. Há dias que é melhor que os deuses descansem. E as paixões humanas também.

17/11/2014 – 



O dia nasceu com a Lua transitando o signo da Virgem.
Segunda-feira muda na maior parte do dia. A Lua em Virgem olha para o Sol em Escorpião e o Sol olha para a Lua. Escorpião é um signo calado. Mercúrio, regente da Virgem, também está em Escorpião. Sol conjunto a Saturno. Dia sério. Pelo visto os únicos que não se manterão calados são os empresários presos pela Operação Lava Jato. A delação premiada tornou-se a boia salvadora no meio do mar revolto. O trânsito de Saturno em Escorpião deste outubro de 2012 tem um espírito de V de Vingança (vide a HQ do Alan Moore). Tudo desmorona, porque o prédio está podre. O óbvio. Mas voltando ao nosso dia e ao nosso processo de cura. A Lua caminha em Virgem que olha Sol-Saturno em Escorpião. No final da tarde (hora de Brasília), a Lua ingressa no polido e lustrado signo de Libra. Bom dia, Saturnália!

Niki Lauda – I

Esse é o mapa do ex-piloto e atual diretor da equipe Mercedes de F1, Niki Lauda.

Ascendente em Gêmeos, Mercúrio num signo de Saturno, Saturno num signo de Mercúrio. Mercúrio em Aquário na nona casa, casa que versa sobre o destino, sobre a religião, sonhos, visões e também sobre longas viagens. Sol-Marte em Peixes na décima casa em oposição a Saturno retrógrado em Virgem, na quarta casa. Não à toa, nos bastidores da F1 era conhecido como “O Computador”, por sua postura racional e metódica junto com sua sensibilidade para detectar as necessidades do carro, já que, à época, não havia praticamente nenhuma tecnologia para auxiliar nisso. Lua em Capricórnio sextil a Sol-Marte em Peixes. Possuía um grande conhecimento de mecânica e de aerodinâmica e era muito bom em acertar o carro junto com os mecânicos. Em uma entrevista em 1984, Lauda disse: “Acho que nasci para os automóveis. Este é o meu destino. Temos que viver com a máquina para que ela se torne vencedora.” Além de piloto, Lauda fundou uma companhia aérea em 1979, a Lauda Air.

Os regentes das casas 4, 6 e 12 na décima casa, a casa das honras, carreira e imagem pública. Casa 4 em Leão, casa que fala, também, sobre os bens familiares. Foi graças ao prestígio do nome de seus pais, famosos joalheiros na Áustria, que Lauda conseguiu as primeiras oportunidades para trabalhar duro e obter recursos para ingressar no automobilismo. Casa 6: doenças e enfermidades. Casa 12: hospitais, isolamento, exílio. Lauda, além de ter sofrido um grave acidente em 1976, também foi submetido a dois transplantes de rim. Não há menção a transplante de órgãos por astrólogos da Tradição, porém acredito que os transplantes estejam associados à sétima casa: primeiro, porque é uma parceria que se estabelece entre doador e receptor, segundo, porque a sétima casa é a 12ª a partir da oitava casa e a 2ª a partir da sexta casa.

O primeiro rim foi doado por seu irmão. A Lua, regente da terceira casa, que versa sobre os irmãos, está na casa 7. [Ou na 8. A Lua também rege a 2, o que também pode se associar ao transplante,se pensarmos a 8 como natureza/possibilidade de morte do corpo físico e a 2 como natureza/possibilidade de sustento do corpo físico. O ganho do órgão/ o transplante como natureza/possibilidade de manutenção da vida do corpo físico.] O segundo rim foi doado por sua namorada e atual esposa. Pelo sistema de casas Porfírio, o eixo Áries-Libra encontra-se interceptado. Libra está associado aos rins, Áries, à cabeça e ao rosto; Marte, à queimaduras. No seu acidente em 1976, além das queimaduras por todo o corpo e principalmente no rosto, seus pulmões foram severamente lesados.

Em 1991, um Boeing 767 da Lauda Air praticamente se desintegrou no ar, matando todas as 223 pessoas a bordo. Posteriormente, postarei o mapa desse acidente e também do acidente sofrido por ele em 1976, e detalhes sobre a Revolução Solar destes anos, que merecem um texto à parte. (por Letícia Helena C. Santa Cruz)‪

niki lauda natal (1)

 

 

 

Libra combina com Capricórnio?

Tem gente que quer saber:

 

– Libra combina com Capricórnio?

 

Depende. Depende pra quê. Vão assaltar um banco? Depende da dona da Libra, depende da fome do Cabra. Depende de quem manda no arraial.

 

– Mas afinal, Áries combina com Peixes?

 

– E eu que vou saber.

 

Carneiro macho, Peixes promíscuo? Depende. O amor é um mistério sob as bênçãos do filho de Afrodite.

 

– Câncer combina com Sagitário.

 

– Geralmente.

 

Frida Kahlo é Caranguejo. Dura por mole, água por dentro. Dramática que é o diabo, diabo calejado de tão trágico. Mas Frida ama mesmo o seu Marte em Capricórnio.

 

Diego Rivera tem Marte no Bode Véio, e Lua em Touro, assim como a Frida Kahlo.  Mas Diego tem também o Sol em Sagitário. Nasceu no dia 8 de dezembro assim como o Jim Morrison, o pinote de cavalo em pessoa.

 

Sagitário é cavalo de pau, centauro embriagado, pangaré visionário, professor de deus e do diabo. Inteligência galopante e tarada. Tarada por vida, é que diz o tribunal celestial.

 

– Sagitário ama a caçada.

 

Cupido também tem um arco teso por Eros. Ou por Thanatos. Até o Freud sabe disso.

 

Às vezes, o filho de Hermes com Afrodite atira suas flechas, e os amantes um dia amantes inseparáveis, no outro, cada um para o seu lado. Ou ao contrário.

 

Ou, ainda, junta mais gente no pedaço.

 

Frida também tem Vênus em Gêmeos, a que adora amar, multiplicar por dois.

 

Lembra Capitu. Lembra Marilyn Monroe.

 

Vênus em Gêmeos inventou a serpente.

 

O outro ângulo do triângulo mexicano (essa forma geométrica milenar) é Trótski, o Escorpião revolucionário. Escorpião tem tara por revoluções.

 

Escorpião ama o que está debaixo das ondas gigantes.

 

Escorpião-Trótski viu a revolta do Sagitário-Diego.

 

– Aiai, lá vem você com o amor inventado por hollywood. Mas diga, Touro combina com Peixes? Ele é muito ciumento.

 

– Pior seria se ele fosse muito cimento.

 

Touro e Peixes estão sob as bênçãos da Vênus, a bela feiticeira.

 

Touro bebe Peixes de golão, Peixes vira Touro de primeira. Olé! Ambos embriagados pelo canto da sereia. Sid e Nancy, por exemplo. Expurgo para dentro.

 

Amor louco. Amor pogo!

 

Poção punk do amor tristão e isolda.

 

– Casamento bom, é casamento junino, diz o meu irmão libriano.

 

– Eu amo o seu avô João, diz a avó Odila.

 

– Mas pára de tergiversar, afinal, Libra combina com Virgem ou não?

 

Libra ama o terceiro, mas gosta de fazer parzinho.

 

Virgo ama a vírgula. E o ponto final. Ponto.

 

Leão entrega o coração. Mas não pro bandido.

 

Carneiro bate cabeça com outro Carneiro. Quem ficar de pé, leva a presa.

 

Capricórnio é panela-de-barro-que-faz-comida-boa. Amor regrado, amor devasso, amor nelsonrodrigueano, amor verdadeiro.

 

– Pára de me enrolar, quero amar com toda certeza: Aquário combina com Áries?

 

Não, não combina.

 

– Ah, sério?

 

Com toda certeza.

04/11/2014 – 



A Lua caminha em Áries. A Lua da precipitação e da venda acelerada de aspirina. E dos tocos e dos tombos e dos atropelamentos. Então, mantenha a cabeça sobre o pescoço, entre o céu e a terra, e não nas nuvens, muito menos nos abismos.
A Lua, as horas, caminha em direção ao trígono a Júpiter que quadra Saturno. Esta é a quadratura minguante do ciclo que começou em 2000, a partir da conjunção Júpiter-Saturno em Touro.
A quadratura míngua o ciclo caracterizado fundamentalmente por questões da terra, moradia e economia. Em outras palavras, estamos no fim de um ciclo que começou em 2000 e só terminará, para iniciar outro, em 2020.
A Astrologia, definitivamente, nos tira de girar em torno do próprio umbigo.
Bom dia.

Televisão do Céu ou de quando o Fantástico Show da Vida tornou-se uma Ode ao Dia de Todos os Mortos

Que a televisão não seja sempre vista/
Como a montra condenada, a fenestra sinistra/
Mas tomada pelo que ela é/
De poesia.
Possa o vídeo ser o lago onde Narciso/
Seja um deus que saberá também/
Ressuscitar[1]

No dia 02 de novembro de 2003, assisto o Fantástico – O Show da Vida, programa dominical da Rede Globo de Televisão, contemplando o Céu de cada matéria exibida.
A intenção primeira não era constatar a eficácia astrológica, mas sim construir uma escuta do que era exibido através do software astrológico.
Além de servir como um recurso de aprendizagem da linguagem do Céu, ver televisão com lentes astrológicas também é uma aventura em direção à qualidade da tradução que a mídia faz de determinados motes simbólicos.
Se, em primeiro lugar, revela como o produtor do vídeo e a mídia em questão, discursam sobre determinados temas, num segundo momento, quando não ao mesmo tempo, vislumbra-se como a gente brasileira se relaciona com determinadas experiências da existência.
A TV tem uma função mercuriana, isto é, dizer sobre, em nome e ao povo brasileiro, ou, não menos importante, a determinados setores da sociedade ou através deles. Enfim, dar vozes a diferentes coros. Assim, Mercúrio afirma sua função de Mensageiro dos Deuses.
Se a televisão é Mercúrio, o controle remoto é o seu caduceu.
Não seria exagero dizer que a televisão brasileira faz o papel de Mercúrio da nação. A construção de uma identidade coletiva, múltipla e multifacetada, tem na televisão uma aliada (ou uma diaba?), porque só ela pode juntar culturalmente um povo com tantas diferenças convivendo num país continental.
Através da TV a gente brasileira se vê e se estranha nesta espécie de espelho midiático. A TV nacional está para o Brasil assim como o cinema hollywodiano está para os EUA.
Um mapa duplamente regido por Mercúrio, Sol e Mercúrio em Virgem, Lua-Júpiter em Gêmeos, como é o mapa da Independência do Brasil, não despreza este recurso.

(Brasil – O Grito do Ipiranga, 7/09/1822 às 16h30 LMT, São Paulo – SP, Regiomontanus: Asc. 27○08´Aquário/ M.C. 26○08´Escorpião).
Por outro lado, ao ser analisada sob o prisma astrológico, a televisão ganha a oportunidade de ser vista além do bem e do mal, muito a gosto do amoral Mercúrio a qual está submetida. Uma leitura simbólica, além da ideologia.
Assim sendo, em conjunção com as palavras do poeta, que a televisão possa, através de uma leitura simbólica e estética, libertar-se do costumeiro balcão de negócios (montra condenada) onde ela é normalmente jogada e, como querem muitos, do seu triste infinito destino de fenestra sinistra.
________________________________________

II.
A Astrologia ergue-se sobre o pensamento analógico.
Pensamento que organiza os fenômenos através de correspondências por similitude, semelhança e parecença, isto é, pela analogia.
Vale lembrar as palavras do ensaísta Octávio Paz:
“O mundo não é um teatro regido pelo acaso e o capricho, pelas forças cegas do imprevisível: é governado pelo ritmo e suas repetições e conjunções. É um teatro feito de acordes e reuniões, em que todas as exceções, inclusive a ser homem, encontram seu doble e sua correspondência. A analogia é o reino da palavra como, essa ponte verbal que, sem suprimir, reconcilia as diferenças e oposições.[2]”
Este outro modo de pensar, dá vida às artes ocultas, tais como a alquimia, a teoria das assinaturas, o pensamento mítico, o hermetismo, a cabala, a magia e a poesia, por exemplo.
Aliás, a analogia é o sangue da poesia – o que fez Baudelaire chamá-la de a ciência das correspondências.
E o que é a Astrologia a não ser a ciência das correspondências aplicada a todas as coisas e eventos do mundo?
A analogia, assim, está no coração da operação que une o macro e o microcosmo, isto é, o que está “no alto” e “em baixo”, como é dito no texto atribuído ao mito Hermes Trimegisto, a Tábua de Esmeralda:
“O que está em baixo é como o que está em cima, e o que está em cima é como o que está em baixo; por estas coisas se fazem os milagres de uma só coisa.”[3]
A Astrologia, portanto, torna-se uma espécie de poética do universo, porque o organiza esteticamente através de sua linguagem. Assim como um soneto de Petrarca, tem tema e ritmo.
Através de seus mapas, revela qual o doble e correspondência sugerida e a finalidade de cada momento celeste.
Em outras palavras, através da sua voz, liga as coisas do Céu aos da Terra (e vice-versa), linka a aparência com a sua finalidade, revelando assim seu caráter intrinsecamente teleológico.
Assim sendo, por que não ver Ordem Celeste num prosaico programa de televisão?

III.
Uma Ode ao Dia de Todos os Mortos
Com o sinal sendo transmitido da cidade do Rio de Janeiro para todo o país, o programa do domingo dia dois de novembro de 2003, teve início às 20h32 (horário de verão), sob o seguinte Céu:

(Fantástico Show da Vida, 2/11/2003, 20h32, Fuso 2 – horário de verão, Rio de Janeiro-RJ, Regiomontanus: Asc. 29○20´Touro/M.C. 4○42´Peixes)
Surpreendentemente o programa não inicia com a sua vinheta habitual, indo diretamente à matéria Surfistas descobrem Hawaii brasileiro no Rio Grande do Sul.
O programa começa com o Ascendente no último grau de Touro.
Vênus em Sagitário – o gosto por aventura – ganha destaque por reger o Ascendente. A estrela-guia também é o planeta mais angular em questão, como a indicar a sua materialidade.
Planetas angulares, isto é, juntos ao Ascendente, Meio-Céu, Descendente e Fundo-do-Céu, sempre ganham destaque na análise.
Segundo William Lilly[4], caso tenha diferentes planetas em diferentes ângulos, o planeta com mais força e destaque aparece nesta ordem de casas:
1 – 10 – 7 – 4 – 11 – 5 – 9 – 3 -2 – 8 – 6 – 12
Diz Lilly:
“(…) se dois Planetas estiverem igualmente dignificados, um no Ascendente, o outro na décima casa, deves julgar que o Planeta no Ascendente está com um pouco mais de força para causar o efeito do que ele Significa, do que o que está na décima:
Age da mesma forma no restante, do modo em que estão ordenadas, lembrando que Planetas em Ângulos de forma mais imperiosa mostram seus efeitos.”[5].
Lilly está se referindo a um mapa fixo, determinado, utilizado para a prática da Astrologia Horária ou leitura de natividades. Afirma que o planeta mais próximo ao ângulo tem mais força.
O que estamos fazendo aqui é ver o Céu a cada instante. E o que verificamos durante o programa, é o destaque do planeta ao formar aspecto mais justo ao ângulo.
No mapa acima, há três planetas angulares: Lua (1° de Peixes) e Marte (8° de Peixes) próximo ao 4° de Peixes e Vênus (0° de Sagitário) junto ao 29° de Escorpião. Assim sendo, na decorrer do tempo, Vênus ficará primeiramente mais angular porque mais próximo do ângulo Descendente.
E de acordo, a matéria narra a coragem de surfistas brasileiros ao se aventurarem em ondas gigantes, apoiando-se assim sob signo do exagero e da autoconfiança, Sagitário. A hipérbole é característica dos signos regidos por Júpiter.
Era dia de Finados, isto é, o momento estava sob Sol em Escorpião, o que fez com que todo o programa daquela noite estivesse focado (Sol) no signo análogo à morte.
Se, inicialmente, a matéria tinha um tom otimista, logo a seguir mergulhou na possibilidade da tragédia: um surfista desaparece exigindo a presença do corpo de bombeiros.
A notícia transcrevia com exatidão o gosto pela aventura, Vênus em Sagitário angular em quadratura com a também angular Lua-Marte em Peixes, o que sugere a tensão entre a aventura (sagitário) e o salvamento (peixes).
Marte em Peixes é o corpo de bombeiros.
Marte é análogo ao militar porque Deus da Guerra, e Peixes refere-se ao redentor, ao salvador. Assim, ‘bombeiro’ é uma possível e apropriada tradução para Marte em Peixes.
Vênus abre a 12 – a dos desaparecidos e exilados. Detalhe: o surfista desapareceu no fim da tarde, isto é, Vênus no poente (Descendente).
Os bombeiros vieram salvar, Marte em Peixes e não encontraram o surfista. No dia seguinte, como um Ulisses exilado na ilha dos lobos, o desaparecido chega à praia a nado. Havia encontrado uma ilha onde passara a noite.
Essa relação morte-redenção, Escorpião-Peixes, será recorrente durante todo o programa. Mas agora, de início, a reunião da morte com salvamento nasceu sob o signo da musa venturosa: Vênus em Sagitário.
Se for para desafiar a morte que seja pelos cantos da musa, ou em linguagem moderna, nos encantos da anima.
A lembrança de Ulisses não é à toa, já que este na Odisséia de Homero também trava uma batalha com os mares, com Netuno, para poder voltar aos braços de Penélope, sua amada.
Importante notar Júpiter, regente tradicional de Sagitário e Peixes, encontrar-se na casa 4 – cenário do lar.
Ulisses e aquela simples matéria de poucos minutos, comungam do mesmo mote: o feito de algo extraordinário (surfar ondas gigantes), em seguida, o desaparecimento como a indicar a morte e, por fim, o retorno ao lar, agora nascido duas vezes.
O surfista com certeza viveu uma experiência-limite. O mar ganhara, na matéria, a significação de musa a ser conquistada, a de cemitério e, por fim, a de útero.
O surfista nascera duas vezes.
Corte: propaganda.

________________________________________

IV.

Trailer do filme Matrix que termina dizendo: TODO COMEÇO TEM UM FIM. Não há dúvida, o programa realmente começara sob o signo de Escorpião.
(É fantástico… aí volta a revista dominical. Lembre-se que estamos com o mapa da parte III rodando).
(No video acima, o Paulo Miklos tremendo é demais… ô cride!!!)
V.
Após o comercial, o programa recomeça com o âncora anunciando, em tom solene, uma matéria-denúncia sobre as condições do Hospital Estadual Albert Schweitzer, da Zona Oeste do Rio de Janeiro.
Chega a dizer: “Parece até um hospital de um país em guerra”[6].
Aí já eram 20h37. Ascendente em Gêmeos, destacando Mercúrio, que se encontra conjunto ao Sol em Escorpião na casa 6 – a da doença.
(Fantástico Show da Vida, 2/11/2003, 20h37, Fuso 2 – horário de verão, Rio de Janeiro-RJ, Regiomontanus: Asc. 00○56´Gêmeos/M.C. 6○02´Peixes)
Vênus ainda mais angular, regendo a 12 – a dos hospitais.
A primeira coisa que chama atenção: um pronto-socorro com grades.
“Eu nunca vi uma Emergência ficar fechada. E se chegar alguém passando mal aqui? Eu nunca vi um hospital fechado com grade”, comenta uma mulher.
“O guarda é que pergunta: ‘O que está sentindo?’ Se estiver mal mesmo, morrendo, aí você entra, se não você fica na fila”, denuncia outra mulher[7].
Um hospital de guerra, com grades, sendo cuidado à sua entrada por uma espécie de Cérbero-Caronte. Para entrar naquele inferno, era necessário negociar com o cão e com o barqueiro.
Para aumentar a idéia de um pronto-socorro cuidado pela morte e abandonado à sorte (Sol quadratura Netuno), o hospital não tinha fiscalização do corpo de bombeiros e dos seus quatro elevadores, apenas um funcionava. Nele se transporta defuntos, comida e passageiros (vídeo 1).

Um médico fala:
“Eu costumo dizer para os colegas que se o hospital fosse um fruto ele certamente estaria apodrecendo. A imagem que se forma em nossa cabeça é essa, ele certamente estaria podre.” (vídeo 2)

Fruto podre é uma imagem associada à Escorpião, o signo do auge do outono. Nessa imagem há a sabedoria da natureza: é necessário que o fruto caia no chão, apodreça a carne, para que as sementes possam vir à luz, vingando a vida.
A denúncia tem valor de derrubar o fruto no chão.
Antes de terminar o programa, o Governo do Estado do Rio de Janeiro anunciou a liberação de 10 milhões de reais para recuperação imediata do hospital.
Vale lembrar que a cidade do Rio de Janeiro[7] tem exatamente Escorpião na sua casa 6. Quer dizer, o cotidiano do Rio de Janeiro, um atributo de casa 6, estava ali sendo exibido através do Pronto-Socorro Albert Schweitzer.
Em síntese, se antes a morte ganhara contornos de aventura e rito de morte e ressurreição, no hospital que se espera ser lugar de recuperação da vida, ganha a significação de prisão, calvário e apodrecimento.
E mais: a vida está na mão de um guarda e não de um médico. A matéria termina assim:
“Na rua, junto à grade, o tumulto. O homem da chave continua cumprindo a dura missão que lhe impuseram: decidir quem tem direito a entrar na emergência de um hospital público”.

VI.

O programa segue seu rumo, exibindo seus diferentes quadros [8]:
Programa do dia 2/11/2003

Brasil – Governo do Rio vai recuperar hospital

Comportamento – O encontro na solidão

Comportamento – O apelo dos bombeiros

Comportamento – Sexo compulsivo

Comportamento – Pai ciumento

Comportamento – Teste “Ciúme de filha”

Comportamento – Teste da dependência de sexo

Cultura – Paisagens brasileiras de Rebolo

Denúncia – Caos na saúde pública carioca

Aventura e Esportes – O Havaí Brasileiro

Ciência – Neurociência: o futuro da medicina

Ciência – Tabagismo avança entre crianças

Ciência – 10 mil passos

Papo Irado – O namorado da amiga

Repórter Por Um Dia – Correspondente portuguesa

Internacional – A igreja de ossos humanos

Internacional – Contradição em Berlim

Especiais – Saudades do Hedyl

Especiais – O Catálogo de Brotos gaúchos

Especiais – O ciúme de João Pessoa do Limoeiro

Especiais – O condenado
Muitos tocando no assunto morte, como no caso O Condenado, A Igreja de Ossos Humanos e Contradição em Berlim.
E quando não, fala de outros temas caros ao signo de Escorpião: sexualidade, desejo, traição: O Encontro na Solidão, Sexo Compulsivo, Pai Ciumento, O Namorado da Amiga, O Catálogo de Brotos Gaúchos, O Ciúme de João Pessoa do Limoeiro, são alguns exemplos.
É importante destacar as matérias que foram exibidas quando algum planeta se fazia angular.
Por exemplo, às 20h49, quando Marte se torna o planeta mais angular, conjunto ao Meio-Céu, começa o quadro Feras da Pré-História.

(Fantástico Show da Vida, 2/11/2003, 20h32, Fuso 2 – horário de verão, Rio de Janeiro-RJ, Regiomontanus: Asc. 03○34´Touro/M.C. 9○14´Peixes)
Nele, a imagem a de um homem-primitivo, isto é, Marte, juntamente com a seguinte narração:
“A força bruta é que determina quem manda”. (vídeo 3)
Uma fala típica de Marte, como se falasse da realidade cotidiana na cidade do Rio de Janeiro e de outras cidades do país.
Ou ainda, da guerra USA-IRAQUE.
Aqui, no caso, uma mensagem subliminar e pedagógica. A vida é entendida como guerra e força bruta, Marte.
Quando Júpiter torna-se angular, conjunto do Fundo-do-Céu (21h12), a matéria referente ao ciúme paterno, destaca a seguinte frase:
“O que vem lá do fundo é a mãe”. (vídeo 7)

(Fantástico Show da Vida, 2/11/2003, 21h12, Fuso 2 – horário de verão, Rio de Janeiro-RJ, Regiomontanus: Asc. 08○37´Gêmeos/M.C. 15○25´Peixes)
Evidentemente, por se tratar de Júpiter, é uma voz que traz palavras de sabedoria e, no caso, Júpiter em Virgem, bom senso.
Na ocasião, avistei a aproximação de Plutão no ângulo Descendente. Esperei que Plutão desse o ar da sua graça. Nunca imaginei que veria sua tradução via tevê.
Às 21h58 ele chega junto com a matéria O Condenado.
(Fantástico Show da Vida, 2/11/2003, 20h32, Fuso 2 – horário de verão, Rio de Janeiro-RJ, Regiomontanus: Asc. 18○47´Gêmeos/M.C. 27○56´Peixes)
“Bem-vindo ao Inferno!” (vídeo 15)

Seria eufemismo comentar essa frase em se tratando de Plutão.
Plutão é rico porque é dono das almas. Preside o Hades – o Inferno grego.
Um achado, na pena de Alexandre Solnik:
“Primeiro vêm as Moiras anunciar a hora derradeira ao mortal perplexo ante os últimos instantes de vida.
Depois chegam as Queres. Cercam a vítima. Apavoram-na. Debilitam-lhe o corpo e espírito. Sangram-na com as unhas. Bebem-lhe todo o sangue. Derrotam-na.
A alma sem carne desce ao fundo da terra, sombrio reino de Hades (Plutão). Atravessa lúgubre rio na barca de Caronte, que a transporta para a morada definitiva.
A soturna viagem leva-a por uma paisagem escura e morta. Sobre o lodo das margens, salgueiros debruçam-se tristemente, como se chorassem a própria solidão. Imersas nas trevas, almas cabisbaixas percorrem, em total desalento, o tempo interminável.
A barca chega a seu destino. O passageiro sem vida desembarca, e posta-se entre as sombras, à espera dos juízes. À sua frente, dois caminhos: para o Tártaro, suplício eterno dos maus; para os Campos Elísios, eterno prêmio dos justos. O tribunal decidirá seu rumo.
Diante da alma estremecida pela ansiedade, apresentam-se os juízes: Minos, Éaco e Radamanto. Três figuras taciturnas e graves, que sem hesitação castigam ou recompensam.
Por último surge Hades, juiz dos juízes. Senhor das sombras e dos mortos. Invisível filho de Cronos (Saturno) e Réia (Cibele).
O vermelho de suas vestes destaca-se no fundo das trevas de seus domínios. Não ostenta ornatos, porém. Não chora nem sorri. No rosto pálido, esquecido da luz, carrega apenas a cansada indiferença de quem já se acostumou a pronunciar a palavra final.[09]”
Com vocês, o homem no corredor da morte:
“A morte aqui pode ser um alívio. Pode ser bem-vinda. Não vou pedir abertamente que ela venha logo. Não vou dizer que quero morrer. O que digo é que vai ser um alívio. Porque já não terei que pensar em tudo que aconteceu.” (vídeo 16)

“Não existe justificativa. Posso jogar a culpa nas drogas porque ninguém me obrigou as usá-las. Mas eu sei o que as drogas fizeram comigo. Me tornaram violento, paranóico, homicida.” (vídeo 17)

“Se a pena fosse de prisão perpétua, eu viveria aqui trancado 23 horas por dia na jaula. Trancado como um animal. Sem a oportunidade de me educar, dia após dia. Viver assim por anos e anos e anos parece ser uma condição melhor do que a pena de morte. Porque quando a pena de morte é aplicada, a punição acaba.” (vídeo 18)

O repórter pergunta:
“Você vai estar pensando em quê, no exato momento da execução?”
“Eu não sei. Vou pensar o que pensam os que chegam neste ponto. Haverá alguma coisa do outro lado depois da morte? Eu acredito em Deus. Sou cristão, embora tenha feito coisas demoníacas na minha vida. Eu quero acreditar que existe algo do outro lado.” (video 19)

“No meu caso vai ser feita a justiça.”
O repórter insiste:
“Você espera também ver Deus um dia?”
“Sim, eu vou!”, afirma o condenado.
(vídeo 20)

Uma verdadeira fala da morte como redenção (Escorpião trígono Peixes). Curiosamente, no final do relato, o condenado confessa o que deseja.
Agora, adivinha como foi a execução?
Marte em Peixes, dispositor do Sol em Escorpião, o levou através de uma seringa letal.
Morreu dormindo nas águas oníricas de Peixes.

VII.
E, por fim, quando o Ascendente abriu no signo do Caranguejo, Lua em destaque, o programa noticia o presidente Lula na África.
Gilberto Gil, ministro da cultura, acompanhando-o homenageia a Lua em Peixes, cantando:
“No Woman No Cry”. (Vídeo 26)


Com nenhum planeta angular, logo em seguida, o presidente brasileiro, Luis Inácio Lula da Silva, isto é, Marte regendo a 10, a das autoridades, na 9, a do estrangeiro, pede desculpa a África e se refere ao tema da dívida.
Dinheiro, dívida, valores do outro, são assuntos análogos à casa 8 análoga, por sua vez, ao Escorpião:
“A abertura desta embaixada é o começo da recuperação, ou melhor, o começo do pagamento de uma dívida história que o Brasil tem com a África e que vamos pagar.” (Vídeo 27)

***
Por vários domingos, acompanhei o programa com o mesmo método: o céu rodando simultaneamente à programação.
Também passei a enviar e-mails à redação do programa, sugerindo na véspera o que poderia ser abordado e o momento de determinados assuntos a serem exibidos, com grande índice de acerto.
Esta prática também abre uma discussão, do ponto de vista simbólico, sobre a narração imagética, sonora e verbal proposta nas notícias produzidas e veiculadas na mídia.
A mediação do saber astrológico permite que a torrente de informações televisiva, aparentemente sem uma ordem, ganhe um nexo e outras luzes. E assim, concretize a esperança do poeta que diz, na sua canção-homenagem à TV:
Possa o mundo ser como aquela ialorixá
A ialorixá que reconhece o orixá no anúncio
Puxa o canto pra o orixá que vê no anúncio
No caubói no samurai no moço nu na moça nua
No animal na cor na pedra vê na lua vê na lua
Tantos níveis de sinais que lê
E segue inteira.[10]

Ler a TV com a Astrologia é uma espécie de drible na escuta ideológica a qual estamos submetidos, permitindo assim, ouvir e ver a dança dos deuses que se apresentam.
Analisar um programa televisivo com as lentes astrológicas significa contribuir para tornar a Astrologia presente em nosso cotidiano, desmistificando-a, aproximando-a.
Por outro lado, ao invadir o profano, o prosaico, com sua linguagem, a Astrologia pode vir, aos poucos, ocupar um lugar na cultura e reformular o seu papel na sociedade.

VIII.
Clico a tecla power do controle remoto e vou olhar a televisão do céu na poça d´água no meio fio da rua.

João Acuio

________________________________________
[1] Santa Clara, Padroeira da Televisão (Caetano Veloso/ Circuladô, Polygram, 1991).[2] A polêmica do mapa do Grito do Ipiranga: http://www.constelar.com.br/revista/edicao46/urano1.htm

[2] Paz, Octávio. Os Filhos do Barro, Editora Nova Fronteira, pág. 93, 1974.
[3] Trimegistus, Hermes. Tábua de Esmeralda: http://72.14.209.104/search?q=cache:OxSB5tMFdpgJ:pt.wikipedia.org/wiki/T%C3%A1bua_de_esmeralda+t%C3%A1bua+esmeralda&hl=pt-BR&ct=clnk&cd=1&gl=br.
[4] William Lilly (1602-1681), inglês, foi um dos maiores astrólogos de sua época. Escreveu Astrologia Cristã, onde versa sobre a arte da Astrologia Horária assim como fundamentos para análise de natividades.
[5] Lilly, William. Astrologia Cristã, 2ª ed. Londres: Ascella, 2001. Tradução: Marcos Monteiro. (http://mvmonteiro.blogspot.com/2007/08/christian-astrology-livro-i-captulos-vi.html)
[6] www.globo.com/fantastico[2] Idem.
[7] 1/3/1565, por volta de 15h (fuso: LMT) Local: Rio de Janeiro, RJ – 043w12, 22s54. Fonte: Lista Databrasil.
[8] O vídeo de cada matéria pode ser encontrado no site da Rede Globo: www.globo.com/fantastico
[09] Solnik, Alexandre. Mitologia. Volume Primeiro, Abril Cultural, sem data, sem local.
[10] Santa Clara, Padroeira da Televisão (Caetano Veloso/ Circuladô, Polygram, 1991)

Reforma Política?

No mapa do Brasil (7/09/1822, 16h30, São Paulo – SP), tem Júpiter em Gêmeos. E Júpiter em Gêmeos é o significador da Câmera e do Senado. E não podia ser pior, já que Júpiter em Gêmeos é o seu exílio. Exílio por quê? Por que o significador essencial das leis, o Júpiter, o jurista, e todos aqueles responsávels pela construção das leis, em Gêmeos, possuem dois, três, quatros ou quantos lados que o bolso, a conveniência e o humor geminiano assim ditar. Muito bem. Hoje, Júpiter encontra-se em Leão, empoderando este povo. Júpiter em Leão se acha. As Casas do Povo estão se achando os verdadeiros reis na república das bananas. Júpiter continua em Leão até agosto de 2015. No final deste ano, e no ano de 2015 todo, teremos Saturno (significador do povo por reger a 1 e também significador dos excluídos, presos, marginais, por reger a 12 do Brasil) em oposição a Júpiter natal. Então, à primeira vista, o que teremos deflagrado é o povo minimamente organizado (saturno) em oposição a Câmera e Senado (júpiter). Se querem mudanças sensatas, profundas, Saturno (povo) terá que botar limite em Júpiter (Congresso), ir às ruas. E o Governo? O Governo sempre é Marte (regente da 10) e, creio, trabalhará nesta direção, sobre o que entende que é melhor para Saturno já que ganhou a eleição estando em Capricórnio, signo de Saturno. Mas espere confronto, a costumeira inércia, obscurantismo e desejo da parte das Casas do Povo (Júpiter) em manter a democracia plutocrata (Leão) a todo custo. Júpiter não faz aspecto com Saturno (povo). Reforma Política? Se sair, apenas no segundo semestre de 2015 quando Júpiter e Saturno estarão em aspecto, em quadratura, aspecto tenso, mas pelo menos o Congresso (Júpiter) estará estabelecendo contato com o povo (Saturno), o que não é o que acontece até lá, com exceção de alguns espasmos democráticos do ingresso de Saturno em Sagitário (dez/2014 a maio/2015).

#astrologia #saturnalia

João R. Acuio

01/11/2014 – ‪

A Lua está em Aquário. A Lua que assopra ventos, ideias, boas novas.
A Lua mergulha no signo de Peixes perto das 15h (hora de Brasília).
Saudade, sombra e água fresca?
A Lua, o dia, entra em contato com Marte, o que afasta a covardia da mente.
Depois com Sol e Vênus e amanhã com Saturno. Noite de sábado e domingo rubros.
Finados é um dia que, inevitavelmente, carrega em si lamentos.
E viva o México!

30/10/2014 –

Daqui a pouco, perto do meio-dia (hora de Brasília), a Lua ingressa no signo do Aguadeiro (Aquário). Aquela Lua de gente estranha que gosta de coisa esquisita. A Lua adentra o seu primeiro quarto Crescente. A Lunação do Escorpião (23/10 a 22/11) cresce, cresce, cresce, assim como os ânimos e temperamentos. A Lunação é regida por Marte, a da cor vermelha. Não esquenta não, dê um abraço nos amigos.

29/10/2014 –

A Lua transita pelas montanhas capricornianas. A Lua está em Capricórnio (é a Lua da presidente Dilma). A Lua encontra-se no ponto médio dos nós da Lua, isto é, entre a Cauda e a Cabeça-do-Dragão, Áries e Libra, respectivamente. Mercúrio encontra-se em Libra, por isso o tom de conciliação pós-eleição. Espere Mercúrio ingressar Escorpião, dia 08/11. Mas hoje, fique firme na corda bamba da justiça.

27/10/2014 –

A Lua está em Sagitário. A Lua está a 60 graus (sextil) de distância de Mercúrio em Libra e 120 graus (trígono) de Júpiter em Leão. Tanto Libra quanto Júpiter, ambos, tratam da Justiça. E, para mim, o mais importante do evento de ontem, foi a volta às ruas da cidade, de que a política é algo fundamental na vida de cada um, na vida de todos, assim como a água e a comida à mesa. Eu mesmo, acredito na ação direta e na política feita a partir das ruas, das relações mais próximas, que façam todos remarem juntos porque no final das contas, estamos todos no mesmo barco. Sonho com uma sociedade aos moldes anarquistas (vide Bakunin, Roberto Freire (o da somaterapia) e Artaud). Mas enquanto não chegamos lá, fico contente que o Brasil tenha discutido política. Uma sociedade despolitizada é uma sociedade infantil, dependente, facilmente manipulável. Hoje é um dia de promover a paz. E não chutar “cachorro morto”. Afinal, há muito o que fazer.
‪#‎astrologia‬ ‪#‎saturnalia‬ ‪#‎horoscopo‬
João Rodrigues Acuio
Curtiu? Compartilhe.
Conhece o APP do Saturnália? — > Signozine — > www.signozine.com.br

GP de Interlagos – 2006

Em 22 de outubro de 2006, Felipe Massa vencia o GP de Interlagos, a etapa final da temporada. Desde o Senna em 1993, foi o primeiro brasileiro a vencer em casa. No mapa, temos o Ascendente a 2º de Peixes. Por largar na pole e correr em casa, Felipe Massa é Júpiter, regente do Ascendente. Júpiter em Escorpião, em seus próprios termos, em conjunção a Mercúrio peregrino e regendo a décima casa, lugar das honras e  da imagem pública. O Descendente atribuo ao espanhol Fernando Alonso, que nessa corrida precisava de apenas 1 ponto para levar o título mundial. Júpiter ganha de Mercúrio por pontos, por estar em seus próprios termos. Massa ganhou a corrida. Alonso ganhou o título. Ambos no signo de Marte, que estava em Libra. O Marte do pneu furado.

Schumacher, em segundo no campeonato, até tentou evitar que Alonso levasse o título (matematicamente isso era possível), mas o pneu de seu carro furou e, após parar nos boxes, foi para as últimas posições. Ainda assim, terminou a corrida em 4º. Acredito que Schumacher seja Marte por estar exilado, na casa 8, conjunto ao Sol em queda e regendo a casa 2, já que essa foi sua última corrida antes de sua primeira “aposentadoria”. Uma curiosidade: no horário do seu acidente de esqui em 2013, Peixes ascendia e Marte em Libra transitava pela oitava casa, como nessa corrida. (por Letícia Helena C. Santa Cruz)

gp brasil

 

21/10/2014 –

Pronto! A Lua já está em Libra. Balança pra lá, balança pra cá. Lua em Libra até dia 23, fim da tarde.
Lua em Libra para embelezar as horas, para suavizar os dramas, para desembaraçar os fios.
A vitalidade cai um pouco, dispersando o excesso.
Esta Lua é conhecida também como Lua pôr-do-sol. Lua do ocaso, Lua do poente.
E a Libra ensina: o inferno é o outro, o céu é o outro e o outro sou eu.
O outro tem a cor da finitude.
Lua fim de sessão. A Lunação de Libra (24/09 a 23/10) chegou ao seu fim
Dia 23/10 tem Lua Nova, a Lunação do Escorpião (23/10 a 22/11).
Bom dia, Saturnália!

Tricampeonato de Ayrton Senna

Em 20 de outubro de 1991, Ayrton Senna conquistava seu terceiro e último título mundial em Suzuka, no Japão. A corrida teve início às 9:00 AM, com Ascendente a 1 de Sagitário e o Descendente a 1º de Gêmeos. A Lua colada à cúspide da quarta casa, que diz também sobre “a decisão ou o final de qualquer coisa”, segundo Lilly – indicando que o campeonato seria sim decido naquela etapa. Lua em Peixes, signo de Júpiter.

Senna já estava 16 pontos a frente de Nigel Mansell, então considero que Senna era Júpiter, regente do Ascendente em Sagitário. Júpiter em Virgem, signo de Mercúrio, no alto do céu.

Nigel Mansell era Mercúrio, regente da casa 7. Mercúrio se encontrava peregrino, em Escorpião, na casa 12. Nigel-Mercúrio-Mansell escapou da pista na volta nº 9, dando o título mundial a Senna, uma etapa antes do final da temporada.

Já em posse do título mundial, Senna desacelerou e deixou seu companheiro de equipe da McLaren, Gerhard Berger, ultrapassá-lo e ficar com a vitória daquela etapa. Pra mim, Berger é Vênus, que se encontrava em Virgem, signo de Mercúrio, ao lado de Júpiter, no alto do céu. Berger tem Sol, Vênus e Marte em Virgem.

Relembrem o momento em que Nigel Mansell passa reto e Galvão Bueno anuncia o título mundial de Senna: https://www.youtube.com/watch?v=diUodu5Wrsc

(por Letícia Helena C. Santa Cruz)

GP do Japao 1991

20/10/2014 –

A Lua está em Virgem e o hoje é segunda-feira. A semana inicia com a vassoura em mãos. Voe e faça tudo que deixou de fazer. Organize, arrume a sua vida. Geralmente é neste espírito que as horas ficam quando a Lua transita pelo signo da Virgem. Hoje, ainda, a Lua quadra Marte peregrino. Há energia suficiente para fazer tudo o que bem entender.

14/10/2014 –

A Lua no saudosista signo do Caranguejo.
Lua em Câncer até dia 16/10.
E cadê a chuva?
Porque Portugal está logo ali.
Será que conseguiremos abrir o baú da memória apesar do calor?
E a chuva que a Lua do Mangue sempre traz? Secou o mangue?
Tenho a impressão que o dia de hoje é daqueles em que ficamos suspensos. Então, procure saber, sentir, perceber onde está pisando.

#astrologia #horoscopo #saturnalia

Curtiu? Compartilhe

Conheça o primeiro app do Saturnália > Signozine – notas astrológicas no seu celular ou tablet > www.signozine.com.br

União de corpos, conjunção ou “somos o mesmo corpo”?

Ontem, após a declaração de apoio de Marina Silva a Aécio Neves, este último disse algo do tipo: “Agora somos um mesmo corpo, um mesmo projeto político” etc etc etc. Aquelas coisas que todo político, independente de partido e de proposta, diz. Mas eu me pergunto, astrologicamente falando, faz sentido o que o candidato tucano diz?

Há alguns dias, escrevi um comentário sobre o mapa do segundo turno. O comentário está aqui > http://saturnalia.com.br/segundo-turno-2014/ Disse que a Marina corresponde ao andar de Mercúrio, enquanto Aécio o andar de Vênus. Como Vênus está em Libra e Mercúrio retrogradando de Escorpião para Libra, é um sinal de que Mercúrio caminha ao encontro de Vênus e, por isso, só por isso, Vênus receberia Mercúrio. E, de fato foi o que aconteceu. A ex-candidata Marina declarou apoio a Aécio. Mas Mercúrio (Marina) e Vênus (Aécio) é, de fato, astrologicamente falando, um só corpo?

Com um só corpo, o candidato tucano quer dizer que não há diferenças entre um e outro e essa condição astrológica tem nome: conjunção. Conjunção é quando dois planetas estão alinhados ao mesmo grau do zodíaco. Os corpos existem, são distintos, mas estão alinhados (aliás, Ptolomeu diz que para entender uma conjunção, é preciso entender cada corpo isoladamente). Mas enfim, a conjunção, ou também a chamada “união de corpos”, é o que acontece, por exemplo, a cada Lua Nova, quando a Lua alinha-se ao Sol no mesmo grau e minuto de algum signo do zodíaco. Mas Vênus (Aécio) e Mercúrio (Marina) estão no mesmo grau, isto é, em conjunção exata? Não. Ontem, dia 12/10, dia da declaração de Marina, Mercúrio encontrava-se a 28 de Libra e Vênus a 15 (13 graus de diferença). Mercúrio se alinha a Vênus somente no dia 17 de outubro. No dia do segundo turno, Mercúrio estará a 16 de Libra e Vênus a 3 de Escorpião, isto é, sequer no mesmo signo. Conclusão: declaração sem pé nem cabeça, astrologicamente falando.

signozine app

signozine4

Signozine

App Signozine —->>> www.signozine.com.br

 

Loading_Page4

11/10/2014 –



Mercúrio já está em Libra. E, ainda hoje, perto das 13h (hora de Brasília), a Lua ingressa no signo de Gêmeos. Bom para a comunicação, estabelecer contatos e bater asas. Dia com senso diplomático e senso de humor.

09/10/2014 – 



A Lua está Áries, mas ainda agora pela manhã, perto das 9h (hora de Brasília), a Lua ingressa em Touro. As horas do dia, a Lua, voltam aos domínios da Vênus. Vênus da doçura, do amor e também da preguiça. Não esmoreça, a Lunação de Libra (24/09 a 23/10) só está na metade. Carpe diem.

Segundo Turno 2014

O crescimento de Aécio nas pesquisas coincide com o ingresso da Vênus em Libra, dia 30/09. De lá para cá, a Vênus cresce no signo onde tem domicílio.

A ascensão e queda da Marina Silva coincide com o andar de Mercúrio. Primeiro, em Virgem, onde Mercúrio tem a sua maior força. Depois em Libra, onde é forte mas também relutante. E em Escorpião, onde Mercúrio perde totalmente suas virtudes por estar peregrino.

Vênus transita em Libra até dia 24/10 quando, inevitavelmente, exila-se em Escorpião. Escorpião é o EXÍLIO da Vênus. Mas também é onde Vênus ganha virtudes por Triplicidade.

Mas será que Vênus realmente é quem representa Aécio? Acho que sim porque Libra é azulado como a cor do PSDB. E outro motivo que me leva a crer nesta hipótese: Marina é Mercúrio e Mercúrio retrograda desde ontem e daqui uns dias estará em Libra novamente. Mercúrio estará sendo recebido por Vênus. Marina apoiará Aécio Neves. Assim sendo, Aécio é Vênus.

Dilma é Marte. No dia do segundo turno, Marte muda de signo durante a votação. Sairá de uma posição peregrina para sua exaltação, isto é , para Capricórnio.

06/10/2014 – 



A Lua está em Peixes quadrado a Marte que, por sua vez, encontra-se em trígono com Júpiter.
Segunda-feira da ressaca das eleições.
Entre tapas e beijos, sobra o povo brasileiro e marqueteiros, esta praga.
A Lua está em Peixes, iludindo e iludindo até as pessoas mais experientes.
Acontece que a luz de cada um é a sua própria ilusão.
Bom dia, Saturnália!

lua

A Lua, onde ela transita, indica a parte do corpo com mais tônus no dia. Por exemplo, hoje, a Lua em Sagitário, fortalece as pernas. Está mais fácil para correr hoje.

29/09/2014 – 



A Lua caminha pelo signo de Sagitário.
Lua em direção a Marte.
Lua sextil ao Sol.
No final da tarde, a Vênus muda de signo, vai para Libra, sua morada diurna.
Dia interessante, dia produtivo e noite elegante.
Não se assuste com os pesadelos.
Medos são expurgados.

Mercúrio Escorpião

Mercúrio em Escorpião: redator de obituário, um correspondente de guerra.

 

*

 

Mercúrio em Escorpião, Mercúrio peregrino.
Escorpião não fala, investiga.
Palavras que matam ou curam.
Melhor se calar do que excretar asneiras aos borbotões.

 

*

Mercúrio em Escorpião literalmente se ferra pela boca.

 

*

Mercúrio em Escorpião não fala, com as palavras chicoteia ou sara.

Freud

freud

freud3

22/09/2014 –

A Lua transita pelo signo da Virgem, signo de Mercúrio.
A Lua míngua. Míngua o quê?
A Lunação de Virgem, ciclo que começou no dia 25/08 e vai até agora dia 24/09. Então, dia 24 a Lua encontra o Sol e teremos o início de outro ciclo, a Lunação de Libra, 24/09 a 23/10.
Hoje, então, Lua transitando pelo signo da Virgem, a Lua míngua.
Dia para ter paciência até começar tudo de novo na quarta-feira.

Marte em Sagitário

Marte em Sagitário, segundo a tradição, é peregrino. Marte em Sagitário é um bárbaro, não respeita as leis da guerra, porque as desconhece. Até na guerra é preciso ética.

15/09/2014 –

A Lua transita pelo signo de Gêmeos. Lua no signo de Mercúrio.
A Lua representa o humor.
O humor do dia, portanto, é alegre e borboleteante.
Um tanto distraído, outro tanto flutuante.
A Lua fecha um trígono (120 graus) com o próprio Mercúrio que está, por sua vez, em Libra.
Dia falante.
Boca no cotovelo, boca no joelho, boca no nariz.
Ouvir que é bom ninguém quer.
Corra, Saturnália, corra… que o dia vai voar.

14/09/2014 –

A Lua está em Gêmeos, germinando os assuntos entre os falantes.
A Lua caminha para quadrar Vênus.
No fim do dia, a Vênus em Virgem lembra pela última vez que a vida não é só brincadeira.
Virgem não aguenta tanto lero-lero quando há um mundo para organizar.
Então, aproveite seu domingo para se mexer (Gêmeos) e para organizar a semana que se aproxima (Virgem).
Bom dia, Saturnália.

13/09/2014 –

A Lua está em Touro. Lua trígono ao Sol em Virgem. Trígono exato neste exato momento. Faz Sol na minha cidade.
Lua em Touro e Sol em Virgem. O dia é quente e seco.
A secura do céu promove que a gente faça coisas para dispersar a impaciência.
A Lua, as horas do dia, olham para Saturno-Marte. Desvie do conflito. Perto das 19h, Marte ingressa no signo de Sagitário, onde, depois do domicílio, terá o status de peregrino. Pé na estrada enquanto Marte em Sagitário combinará bem com o seu status. Marte em Sagitário até dia 26 de outubro.
Hora de verificar os cascos dos cavalos.

ELEIÇÕES 2014 – GOVERNADOR DO PARANÁ

ELEIÇÕES 2014 – GOVERNADOR DO PARANÁ

Antes que você leia este post, aviso:

1) Ninguém tem autorização de veicular onde for o que estiver escrito abaixo sem prévia autorização do autor do texto;
2) Comentários sugerindo que estou fazendo propaganda política, será sumariamente deletado e o seu autor banido por tempo indeterminado do grupo;
3) Candidato que use o que está abaixo para se promover, também terá meu repúdio e estará sujeito a norma do item 1), assim, portanto, sujeito à Lei e sanções;
4) Você, leitor, que está procurando nos céus orientação para quem votar, esqueça! O que verá abaixo é uma análise de tendências coletivas e não orientação celeste para voto, porque isso não existe.
5) Aqui é um grupo de estudos, então, serão muito bem vindos comentários que apresentem outras visões e acréscimos, sob o clima do respeito e cordialidade, caso contrário farei uso do item 2);
6) Astrólogo não é vidente, é apenas um estudioso que opera uma linguagem específica, ou, em outras palavras: ninguém fala em nome de uma pretensa revelação e sim, a partir do seu conhecimento e fundamentação teórica. Então, menos misticismo, mais pé no chão. PONTO.

PREVISÕES SOBRE ELEIÇÕES 2014 – Primeiro Turno – Governador do PR

Há 3 candidatos com reais chances de serem eleitos a governador do Estado do PR: Beto Richa (PSDB), Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião (PMDB).

Há vários modos de tecer comentário sobre o resultado do pleito, optarei pelo mais direto e simples: a análise do mapa do primeiro turno, que é este em anexo. Tomei Curitiba para cálculo porque esta cidade é a capital do Estado.

1) Ascendente a 21 do Escorpião – O regente da primeira casa é o atual governador, Beto Richa: o regente é Marte em Sagitário

2) O Descendente está a 21 de Touro – O regente da sétima casa é a oposição, Gleisi Hoffmann ou Roberto Requião: o regente de Touro é Vênus, a Vênus em Libra; creio que a Vênus (mulher) é a Gleisi Hoffmann, e, por consequência, Roberto Requião é o Sol (homem) conjunto a Vênus

Com os personagens localizados, pesamos valores:

3) Se Beto Richa é Marte em Sagitário, vale notar que Marte está no signo de Júpiter, signo de expansão e boa sorte. Júpiter, dispositor de Marte, está em Leão no alto do Céu, casa do poder e coroamento público. Marte, ele próprio, não tem nenhuma dignidade, encontra-se peregrino. (Conferir tabela de dignidades aqui > http://saturnalia.com.br/tabela-de-dignidades-planetarias/ ) Marte, vamos dizer, carrega a sorte de Júpiter e, este sim, encontra-se forte, na sua triplicidade, na décima casa e na sua face. Se eu fosse dar uma pontuação, daria a Júpiter: 3 por triplicidade, 11 por casa, 1 por face e, para o ascendente, por estar nos termos de Júpiter, 2 pontos = 17 pontos

4) A oposição, Vênus, a Gleisi, encontra-se bem dignificada, domiciliada por signo (5 pontos), porém, em casa péssima, casa 12 (2 pontos) e, ainda, é queimada pelo Sol (Roberto Requião). Total = 7

5) Roberto Requião, para mim, é o Sol. O Sol, por sua vez, encontra-se em QUEDA (talvez não nas pesquisas, mas no tempo – Requião é o candidato anacrônico nesta eleição). O Sol aproveita e procura arrastar a candidata da oposição junto para a casa 12 (Gleisi Hoffmann não esperava competir com o Requião que, até aqui, está roubando seu lugar no segundo turno). Sol em Libra está em QUEDA, conta MENOS 4, está na casa 12 = MAIS 2. Total = MENOS DOIS. A vantagem deste Sol é que ele está sendo recebido por Vênus, que lhe serve bem e, também, por receber por sextil, a força de Júpiter que Marte também recebe por trígono (trígono recebe mais do que sextil). Conclusão: Requião está melhor nas pesquisas que Gleisi, mas Gleisi é que é a verdadeira candidata da oposição (regente da casa 7) e não o Requião – mas o Requião arrasta os votos da Gleisi pra si. Utilizando o critério de dar somente pontos aos planetas, Requião teria – 2. Menos 2 + os pontos da Gleisi, 7 = 5

6) Conclusão: Beto Richa ganha o primeiro turno com ampla vantagem.

7) Se tiver segundo turno, farei o mapa do segundo turno na sequência, ok?

Abrs!

João Rodrigues Acuio

#astrologia
#astrologiaresponsável
#astrólogoNÃOÉbibelôdaMídia
#astrólogonãoévidente

#saturnalia

11/09/2014 –

A Lua está em Áries, por isso os processos inflamatórios e incendiários. Perto da meia-noite (hora do Brasil), a Lua ingressa no signo de Touro.
A impaciência e a sensação de secura é muito grande.

10/09/2014 –

A Lua está em Áries, lugar de exaltação do Sol e de satisfação de Marte. A quarta-feira nasceu sob o signo do calor. Calor que aquece, que agradece, que entusiasma os corpos a pulsarem. Calor que também aquece a panela de pressão. A Lua, as horas do dia portanto, encara Mercúrio de frente. Sempre precisa alguém para ponderar o outro lado da questão – Mercúrio está em Libra. Dia de entusiasmo e de se achar o máximo, Lua trígono a Júpiter em Leão. A Lua está em Áries, a que traz notícias sob o signo da pressa e do acidente. Então, respire, cara pálida! Seja ágil, mas calmo. Respirar tem função de acalmar. E não deixe a panela tostar no fogão.

09/09/2014 –

A Lua está em Peixes.
A Lua ingressa no signo de Áries, a que vende aspirina aos borbotões, perto das 21h (hora de Brasília). Até lá, vamos navegando sob a Lua em Peixes. O mar está calmo.
A Lua se despede de Saturno e daqui a pouco triangula com Marte.
Transformação não é somente a palavra de ordem, mas sim ações de fato nesta direção.
Boa terça-feira, Saturnália!

08/09/2014 –

A Lua encontra-se em Peixes. Caminha em direção à antíscia com a Cabeça-do-Dragão em Libra. Dia de confraternização e harmonia. Depois, mais tarde, caminha para fazer um trígono com Saturno e Marte em Escorpião. A semana começa amanhã. Hoje só love só love só love só love…

07/09/2014 –

Domingo, dia do Sol.
Mas está cinza a minha cidade.
A Lua continua errante pelo signo de Aquário, onde Saturno faz festa. Perto das 21h (hora de Brasília), a Lua ingressa no signo de Peixes.
E as anestesias, os analgésicos ou a imaginação chegam como antídoto contra tanta realidade apavorante.
“Ópios/Édens/Analgésicos/Não toquem nesta dor”
Lua Cheia da Lunação de Virgem (25/08 a 24/09).

06/09/2014 –

Hoje é sábado, dia de Saturno.
Hoje a Lua transita signo de Saturno. A Lua está em Aquário.
Segundo Dorotheus, Aquário é onde Saturno faz festa. Saturno Saturnália.
A Lua transita pelo signo do vento, então, abra as janelas.
Lua em oposição a Júpiter: dia de gestos largos. “Mas eu vou logo avisando, eu não gosto de tiranias”.
Lua em Aquário em trígono com Mercúrio em Libra: sempre é bom ouvir o outro lado da questão.
“Diante de tirania, não há o que discutir”.
Bom sábado, bom dia de festa a você saturnálico!

04/09/2014 –

A Lua encontra-se no terreno de Marte e Saturno: Capricórnio.
Os ânimos esfriaram, ainda bem. Espero que esfriem ainda mais apesar do clima seco que precipita faíscas.
O dia, a Lua, encontra Plutão e o Sol em trígono. Riquezas mil para quem sabe dar valor a pequenas coisas e às estruturas. Ao esqueleto e aos cílios.

02/09/2014 –

A Lua encontra-se em Sagitário e faz um perfeito trígono com Júpiter em Leão.
Terça-feira acorda com coragem e confiança.
A Lua transita no signo que produz notícias sob o signo do exagero e do absurdo retumbante.
Milagres também acontecem enquanto a Lua cavalga lindos campos.
O céu é o limite. E o céu é de fogo.
Nesta última madrugada, Mercúrio ingressou o signo da Libra onde permanece até o dia 29/09.
O deus da comunicação num signo de ponderação.
A fala agora aponta o outro lado da questão, desequilibrando/equilibrando argumentos.
Pesar valores e medidas faz parte do processo de julgamento.
Agora somos todos réus, advogados, juiz e júri – ouça os argumentos da sua consciência.
E os argumentos dos que se candidatam a cargos públicos na cidade.
Ao falar, ao contra-argumentar, esfrie a paixão.
O céu está quente nesta terça-feira.

01/09/2014 –

Setembro. Estamos no mês de setembro. 2014 praticamente no fim. Porque agora o tempo voa.
Hoje, segunda-feira, dia da Lua. E a Lua cresce em Escorpião e perto das 14h (hora de Brasília), a Lua ingressa no signo do Sagitário. Depois da tempestade dos últimos dias, vem a bonança. Ou mais notícias sob o signo do absurdo e do exagero.
A Lua cresce a Lunação de Virgem (25/08 a 24/09). Na próxima madrugada, Mercúrio, o planeta que rege este ciclo, ingressa no signo da Libra e aí virão a ala do “deixa disso” e muito diplomacia e discurso em cima do muro.
Eu espero que as conversas fiquem mais ponderadas, apenas isso. Mercúrio em Libra até dia 29/09.
Bom dia, Saturnália! Boa semana produtiva também.

31/08/2014 –

A Lua avança no território do Escorpião.
A Senhora do Destino está bem perto de Saturno e de Marte, que a recebe na sua oficina, entre martelos, ferro e bigorna.
Ontem e hoje estamos sob o signo da rebelião, do estado de espírito que deseja mudança e paixão. Que quer porque quer o querer por uma questão de classe – Lua em Escorpião.
“Banditismo por uma questão de classe”.
Não se faz revolução sem paixão.
Sem as garras e a gana do Escorpião.
E pensar que todo esta guerra é para extrair o mel da vida.

trilha > https://www.youtube.com/watch?v=RUAPf_ccobc

29/08/2014 –

E a Lua lá transitando pela Via do Fogo, a Via Combusta (15 de Libra a 15 de Escorpião).
O tempo está seco, muito seco.
A boa notícia de hoje é que hoje é dia de Vênus.
Embora tenho a impressão que o calendário está maluco, e dia de Vênus foi ontem, quinta-feira.
A Lua transita pela Via Combusta. Tenha paciência nesta sexta-feira, você vai precisar.

Eleições 2014

Meu amigo Bruno Lima levantou brilhantemente a hipótese que de Marina Silva foi ungida sob o signo de Mercúrio, isso porque a candidatura foi oficializada quando Mercúrio ingressou em Virgem. E, como os senhores e as senhoras sabem, Mercúrio em Virgem ganha domicílio e exaltação. Em outras palavras, Mercúrio é lançado às alturas quando está no signo da Virgem. As pesquisas indicam isso. Mas como Mercúrio anda rápido e muda de cor conforme um camaleão, será interessante notar crescimento e/ou queda da popularidade de Marina de acordo com o passo de Mercúrio. Mercúrio ingressa Libra dia 02/09. Mercúrio em Libra tem alguma dignidade, por estar na sua Triplicidade, mas não tão forte quanto em Virgem. Então, aposto, quando Mercúrio estiver em Libra, estabilidade das suas chances em números reais. Depois, dia 28/09, Mercúrio adentra o reino de Marte, Escorpião. Aqui Mercúrio perde sua força totalmente. Escorpião não dá virtudes a Mercúrio, a não ser por termos. Mas aqui também chegamos a uma altura desta campanha política que só teremos peçonha e mais peçonha das redes sociais, nas ruas e nas mídias em geral. No dia do primeiro turno, Mercúrio estará em Escorpião retrogradando em trígono com a Lua, o que é bom para a Marina, já que é o aspecto mais justo que a Lua faz. No entanto, Mercúrio estará esgotado, sem forças. No dia 10 de outubro, retrogradando, Mercúrio volta a Libra. No dia 26 de outubro, dia do segundo turno, Mercúrio estará a 16 de Libra, isto é, ganhando forças por estar na sua Triplicidade. Assim sendo, Mercúrio/Marina recupera forças perdidas. Diria então que o tempo que Mercúrio transitar em Libra agora, do dia 02/09 a 28/09 nos mostrará como será mais ou menos o desempenho de Marina no segundo turno. Até arriscaria mais, dizendo que o dia 13/09 é crucial no desempenho da candidata. Aliás, uma certa ironia com o número 13, a do PT e dia de morte de Eduardo Campos. Ela vai capitalizar, orientada por marqueteiros-urubus, a data fúnebre. Enfim. Se as pesquisas durante o tempo que Mercúrio estiver em Libra estiverem mais ou menos corretas, teremos pistas como será o segundo turno – é só fazer uma conta proporcional. Isso se meu amigo Bruno estiver certo quanto a Mercúrio ser Marina. Ah, e também isso, se ela passar para o segundo turno, já que Mercúrio transitando em Escorpião no dia do primeiro turno, favorece o Aécio Neves. Resta saber se ao ponto de perder o seu lugar no segundo turno.

“Saturnália, e o décimo terceiro signo? Quer dizer que agora sou de outro signo?”

Resposta: NÃO!

Quem inventou isso de décimo terceiro signo zodiacal foram os ASTRÔNOMOS, não os ASTRÓLOGOS. A não ser um colega astrólogo, da bossa nova, que tem a mesma teoria. Mas eu te digo: NÃO ! Os signos do zodíaco continuam sendo os 12 que conhecemos.

Estas falsas polêmicas surgem, esta coisa de ASTRONOMIA X ASTROLOGIA surgem em tempos em tempos, apenas por um objetivo editorial: VENDER REVISTAS.

Por favor, não dê a mínima pelota para isso. Não gaste seu rico dinheiro nestas bobagens.

28/08/2014 –

A Lua transita pelo signo da Libra.
A Lua faz sextil com Júpiter.
Sextil significa que a Lua e Júpiter estão a sessenta graus de distância um do outro.
Sextil significa que os planetas em questão procuram a amizade.
Dia de maior auto-confiança, afinal, a Lua conversa com o gigante Júpiter que, por sua vez, se encontra no signo do Leão.
“Também vou me lançar como candidato à presidência da República.
Se eles podem, eu também posso muito mais.”
Estão entendendo o que é o trânsito de Júpiter em Leão nos seus primeiros 10 graus?

Bom dia, Saturnália!
Realmente, cada um e todos nós juntos, somos capazes de coisas extraordinárias.
Viva! O dia é uma aventura.

“Eu nasci com o Sol a 29 graus do Leão, então eu sou tanto Leão quanto Virgem?”

“Eu nasci com o Sol a 29 graus do Leão, então eu sou tanto Leão quanto Virgem?”

Não, não é. O Sol está em Leão, no último grau, então o seu Sol é Leão.

“Eu tenho Ascendente a 29 graus de Sagitário, então, quer dizer, que eu tenho características tanto de Sagitário quanto de Capricórnio que logo ali está?”

Não, não tem. O seu signo Ascendente está a 29 graus de Sagitário, então, você tem Ascendente Sagitário, as características são de Sagitário, do grau 29 de Sagitário.

“O meu Ascendente está na cúspide entre um signo e outro, então, tenho dois Ascendente?”

Não, não tem. Para começou de conversa ´cúspide´ equivale a porta de uma casa e não de um signo. Em segundo lugar, o signo que ascende no horizonte leste é apenas um de cada vez, portanto, há apenas um signo ascendente por vez. Em terceiro, não é você que tem o signo Ascendente, mas sim ´ele´ que o tem.

Resumo da ópera: respeite os graus dos signos. Cada grau do zodíaco tem a sua natureza e destinação.

– esta é a posição do Saturnália – Astrologia & Cidade

27/08/2014 –

A Lua está em Virgem.
A Lua se afasta de Mercúrio que a recebeu tão bem desde anteontem.
Perto das 19h30 (hora de Brasília) do dia de hoje, a Lua ingressa no signo da Libra.
E aí balança pra cá, balança pra lá todas as coisas da vida.
Afinal, a terra é um barco e o mar está agitado.
Mas a noite será mais amena. E a beleza será fundamental também.
Bom quarta-feira, Saturnália.

Eu nasci na virada do signo? Que signo eu sou?

Se você nasceu na virada do signo, por exemplo, no dia 23 de outubro, dia em que os horóscopos de jornal afirmam ser o dia que começa o signo do Escorpião, eu tenho um recado para você: você precisa confeccionar o seu mapa!

Faça o seu mapa a partir de data, hora e local de nascimento, como tem que ser, para verificar a posição do signo solar. O que se encontra nos horóscopos e revistas apenas é uma média, uma data limite para situar o trânsito solar e indicar mais ou menos quando o Sol muda de signo. E para vender revista para você.

Então entenda, dependendo do ano e da hora, o Sol no exemplo citado, por exemplo, pode vir a sair de Libra e entrar em Escorpião no fim da tarde do dia 23, no dia anterior, ou no dia seguinte.

Então, resumindo: se você nasceu num dia onde é o limite apontado pelos horóscopos de jornal entre um signo e outro, é preciso que você calcule o seu mapa. Já estou cansado de dar esta notícia: a pessoa sempre achou que era do signo de Libra, mas é do Escorpião. Ou sempre pensou que era de Sagitário, mas é do Escorpião – pelo menos ao que se refere ao signo solar.

Ah, e antes que alguém me pergunte “Mas a pessoa, daí, quando tem o Sol a 29 graus ou a zero grau de um signo, também possui influência do signo posterior e/ou anterior?”, digo: NÃO.

Calcule aqui > http://www.astro.com/cgi/chart.cgi?rs=3&btyp=w2gw&

26/08/2014 –

Hoje é o segundo dia da Lunação de Virgem (25/08 a 24/09). A Lua persiste no signo da Virgo. Virgo verga mas não quebra. Quando quebra, são os óculos. Nesta lunação, a tônica é a agilidade, a velocidade, o agir para depois refletir sobre a experiência. Virgem é um signo nervoso, ansioso, impaciente. Hoje é um dia, por exemplo, que o mundo dá mais voltas que o Superman em torno da Terra. Então, enquanto caminha, lembre-se de respirar e acalmar o espírito. Durante o dia, comento mais sobre o céu que nos caminha. Bom dia, Saturnália.

25/08/2014 –

Hoje, agora, tem início o casamento do Sol com a Lua em Virgem – é o que chamamos de Lua Nova, início da Lunação de Virgem (25/08 a 24/09). Leia mais sobre Lunação, aqui > http://saturnalia.com.br/o-que-e-lunacao/ Neste ciclo, Mercúrio governa os dias. A falação será infernal, assim como Marte-Saturno no mesmo grau obrigará o mundo a sair de cima do muro. Água para baixar a altura do fogo será preciso. Boa Lunação do trabalho e também da agilidade para você, Saturnálico!

‪#‎astrologia‬
‪#‎horoscopo‬ ‪#‎efemerides‬
‪#‎lunação‬ ‪#‎saturnalia‬ ‪#‎lua‬ ‪#‎virgem‬ ‪#‎signozine‬
Curtiu? Compartilhe.

Leminski faz 70 anos

File0050818

24/08/2014 –

A Lua está em Leão, signo do Sol. Hoje é domingo, dia do Sol. E faz Sol na minha cidade. Amanhã a Lua encontra o Sol em Virgem e dá início a um novo ciclo de aproximadamente 30 dias. Carpe diem, aproveite o dia. O dia é de calor, o dia é de radiação.

23/08/2014 –

O Sol já está em Virgem e é recebido pelo o anfitrião Mercúrio que lá está domiciliado.
E a Lua conjunta a Júpiter, ambos em signo solar: Leão. Sábado ensolarado na minha cidade. Estamos às vésperas de uma Lua Nova (dia 25/08), o encontro da Lua com o Sol, mas a festa já começou desde hoje.
Sábado de sol com Lua-Júpiter em Leão: festa de arromba.
Apenas não esqueça que ambos, Lua e Júpiter, quadram Marte-Saturno em Escorpião.
Mantenha as feras alimentadas.

22/08/2014 –

A Lua está em Câncer, no mangue da memória e da necessidade de ninho e carinho. O dia deixa os deuses descansarem. A Lua se separa de Saturno e não faz outros aspectos. Estamos perto da próxima Lunação, dia 25/08. Hoje, não perturbe o mundo. A Lua ingressa no signo do Leão, e aí volta o barulho, no cair da tarde. Bom dia. Estou voltando pra casa.

21/08/2014 –

A Lua caminha no seu mangue, isto é, no signo do Caranguejo. As emoções estabilizaram. Lua trígono a Marte-Saturno e oposição a Plutão. Dia de muito trabalho, seriedade e riquezas ocultas. Sensação de ordem estabelecida.

20/08/2014 –

A Lua já está na sua própria morada, isto é, no signo do Caranguejo. Lua em Cancer até dia 22/08, meio da tarde. A Lua já vestiu a carapaça e as pinças do Grande Caranguejo dos Céus e esfriou na minha cidade. Só falta cair a garoa. Dia que acorda de mau humor porque não quer sair da toca, mas vai melhorando com o passar das horas. Boa noite, Saturnália!

19/08/2014 – 

A Lua está em Gêmeos.
Não há muito o que fazer.

Isso foi uma piada.

Bom dia, Saturnália.

18/08/2014 – 

Bom dia, Saturnália!
A semana começa a mil por hora.
A nave é a vapor.
A Lua está em Gêmeos, é recebida por Mercúrio que se encontra na sua casa noturna: Virgem.
Casa noturna não é inferninho.
Na casa noturna de Virgem é onde está a biblioteca e o laboratório de Mercúrio.
Hoje o dia é da Lua, porque é segunda-feira, mas podíamos dizer que é de Mercúrio: ágil, versátil e comunicativo.
E nem preciso dizer para se mover porque o mundo o obrigará a isso, caso esteja dormindo em berço esplêndido.
Acorda, Alice!
Também é bonito de ver Vênus e Júpiter alinhados.
Aliás, vai ser fácil vê-los no céu hoje. E na vida.
Há muita força no ar e vontade de vencer, viver, crescer.
“Ô cride, fala pra mãe…”

Trilha > https://www.youtube.com/watch?v=ABc8uJq5gZg

16/08/2014 –

Mercúrio em Virgem, Lua em Touro.
Lua quadrado a Vênus-Júpiter, em oposição a Marte-Saturno.
Lua trígono a Plutão.
Bom anotar como importante este dia nas suas efemérides.
Poder e luxo, guerra e paz.
Para quem sabe silenciar os próprios demônios.
Não faz sol na minha cidade, mas tem sol na minha cidade.

Mercúrio em Virgem

Mercúrio ingressou hoje na sua morada noturna: Virgem. É em Virgem que Mercúrio tem o seu domicílio e também exaltação. Exaltação sugere exagero e, de fato, Mercúrio em Virgem exagera nos seus processos de decodificação. Quando não exagera, sente-se em casa. Mercúrio, segundo a tradição, é o significador do astrólogo e de todos aqueles que fazem uso de oráculos para decodificar a realidade (passado, presente, futuro). Mercúrio é o mensageiro dos deuses, o astrólogo é o mensageiro e intérprete da linguagem celeste. Nos anos 60, devido a tão cantada Era de Aquário pelos hippies, o astrólogo e a Astrologia foram associados ao signo do Aguadeiro. Mas nesta época, Plutão encontrava Urano no signo de Mercúrio, isto é, em Virgem. E foi esta conjunção que disparou uma série de transformações culturais em todo mundo. Transformações estas que sofremos e damos continuidade aos seus efeitos até hoje. Que a palavra seja justa e precisa. Boa estada de Mercúrio em seu próprio domicílio. Mercúrio em Virgem até dia 02/09.

Para o Brasil, para o povo brasileiro, 2014 é de Saturno

Acho que o que explica tantas idas de gente boa neste ano de 2014, é a Lua-Saturno em Escorpião no mapa do Ingresso do Sol em Áries. O povo (Lua) amarga perdas e frustrações (Saturno). 7 a 1, João Ubaldo Ribeiro. O povo recebe as foiçadas de Saturno. Amarga dor e despedidas de homens e mulheres dignos deste país, de gente séria (Saturno). Uns vão, outros vem.

Marina Silva é Saturno em carne e osso e face. A Marina vem aí, é claro. Não tenham dúvidas, o céu não discute outra possibilidade. Mas será que a Erundina será a vice da vice? E será que terão forças para vencer a Dilma? Boa pergunta. Creio que a candidatura de Marina já deixa o tucano Aécio para trás. Os próximos dias, e pesquisas, dirão o quanto o tucano é frágil ou não. Aposto que sim. Aécio não é Saturno, no máximo Vênus ou Júpiter.

2014, para o povo brasileiro, é a Lua em Queda conjunta a Saturno, o dono do tempo e da foice. 2014 vai de março de 2014 a março de 2015.

Boa sorte, Saturnália! Este é o nosso ano também.

15/08/2014 –

Hoje, no início da tarde, dois acontecimentos: Lua ingressa no signo de Touro, Mercúrio adentra o terreno da Virgem. Mercúrio tem o seu domicílio e exaltação em Virgem, a Lua sua exaltação em Touro. Inteligência e satisfação.

Bom dia, Saturnália!

O mapa é uma cidade

O seu mapa astral é a sua cidade. Nele mora todos os habitantes da urbe. Os ratos, a mulher e o leopardo. Todos os habitantes da cidade moram no seu mapa. O seu irmão, o cunhado, o padrasto. O chefe, o orientador do mestrado, o padre ou a sacerdotisa. Todos no seu céu habitam e povoam a dinâmica da sua vida. Fazem a roda girar. E os assuntos da sua vida acontecem de acordo com a atuação dos atores e também da sua, caso seja o protagonista do seu destino. Nem sempre se é o protagonista da própria vida.

14/08/2014 –

14/08/2014 –

Bom dia, Saturnália.
A Lua está em Áries, a que traz notícias sob o signo do acidente, do imprevisto e da velocidade.
Lua recebida por Marte.
Quinta-feira e o Brasil em choque pela perda de Eduardo Campos, candidato à presidência da República.
Estamos dentro de uma Lunação que tem Saturno como rei.
E você sabe, Saturno porta um esquadro e uma foice.
A Lunação do Leão que começou no último dia 26/07 e vai até dia 25/08.
Saturno está em Escorpião e Alto no Céu do Brasil.
Saturno transitando no Meio-Céu do mapa do Brasil, casa do Poder e do nosso destino enquanto nação.
O destino do Brasil é trágico, uma cena de telenovela mexicana.
Eduardo Campos parte dentro de uma Lunação de Saturno.
Saturno 7 a 1.
E Saturno é a Marina Silva, regida por Saturno na face e nos ossos.
Marina Silva vem aí.
Sorria.
Hoje a Lua em Áries faz trígono com o Sol em Leão.
Um raio de sol invade a minha sala.
Mas o Leão está de luto.

A morte de Eduardo Campos está no mapa da Marina Silva.

A morte de Eduardo Campos está no mapa da Marina Silva.

Ascendente da Revolução Solar de Marina abre a sua Oitava Casa, a da morte e legados. Ascendente da Revolução Solar está a 12 de Touro em trígono com Plutão cravado no Fundo-do-Céu do mapa natal da Marina. Fundo-do-Céu (casa 4) também fala de fim, perda, morte. Plutão está conjunto a Vênus que rege a oitava casa e a Marina, por ser co-regente da 1 do mapa natal.

E mais: Marte exilado da Revolução Solar cravado sobre a Lua natal. A Lua rege a casa 10 de Marina, cenário de suas autoridades. A casa 10 é o senhor, as autoridades da vida. Eduardo Campos é a Lua do mapa da Marina, afinal, ela era a vice. Então, Marte da RS sobre a Lua, é Marte agredindo Eduardo sem dó nem piedade. Sincronias. Aliás, o mesmo Marte do mapa natal de Eduardo.

A Lua, além de reger a casa 10 de Marina, também rege a oitava casa do seu mapa, isto é, a da morte, tributos e legados.

Outro detalhe: O grau 12 do Ascendente da RS de Marina faz antíscia com o Sol de Eduardo. Hoje, Marte e Sol também estavam em antíscia, ou, em outras palavras, ressoando no mesmo tom. Marte na Via Combusta, o avião explodiu no ar.

Júpiter da RS está no TOPO do Céu de Marina. Ela será levantada à candidata pelo PSB. O Júpiter já está em Leão hoje, mas o Júpiter do aniversário da Marina estava no signo da Lua e no ponto mais alto do mapa. Júpiter Exaltado ainda manda notícias. Marina recebe da oitava casa, de Plutão, de Vênus e principalmente da Lua, o legado de seguir a campanha em nome do seu partido e do PSB.

Saturno vem aí…

Estes são alguns comentários utilizando apenas a Revolução Solar.

A morte de Eduardo Campos está no mapa da Marina Silva.

Brasil trágico, esta é a vocação política do país.

 

 

marina silva

Acidente Eduardo Campos

Acidente, morte de Eduardo Campos, por volta das 10h30, em Santos.

Lua acabara de entrar em Áries, a que rege acidentes, já que é regido por Marte. Meio-Céu em Cancer, signo regido pela Lua. Lua na sexta casa, casa de má sorte.

Marte, regente de Áries, o “pequeno maléfico” cruzando o ascendente. Marte/Sol em contra-antíscia. A aeronave explodiu? Marta na Via Combusta.

 

Está difícil pegar avião, hein?

 

acidente

Tabela de horário de verão no Brasil

Clique aqui > tabela horário de verão no Brasil

13/08/2014 –

A Lua está em Peixes. E chove muito na minha cidade. Jogue o bote salva-vidas, por favor. Perto das 10h, a Lua veste os chifres e a lã do Carneiro (Áries). A impulsividade acelera. Lua em Áries até dia 15/08. Lua em Áries trígono a Vênus-Júpiter em Leão. Já lambeu o espelho hoje?

Vênus em Leão

A Vênus vestiu as vestes do Leão hoje, nesta última madrugada, e em Leão desfila até dia 5 de setembro.

A Vênus em Leão é a do Milo Manara, quadrinista do amor e de mulheres maravilhosas. Milo tem uma porção de damas de diferentes personalidades, mas há um traço que predomina nas suas musas: a do erotismo vivido à luz do Sol, às claras, sem tormentos saturninos mas sim com alegria, autonomia e esplendor solar. O erotismo para o Manara é uma ode à vida, ao entusiasmo, à luxúria sem pecado ou dor. Vênus em Leão, em grande parte, é isso. Perceba neste vídeo o poder e o luxo que Milo atribui às suas personagens. Elas são como o Sol, luxo e luxúria, suor, brilham tanto que atraem toda um séquito de admiradores sedentos dos seus afagos.

O mapa do Milo é este >http://www.astrotheme.com/astrology/Milo_Manara

https://www.youtube.com/watch?v=v75_TJh2Xkc

‪#‎efemerides‬ ‪#‎venus‬ ‪#‎sol‬ ‪#‎manara‬

12/08/2014 – 

A Lua está em Peixes e o nosso eterno capitão quis partir antes do tempo. Isso para a gente ver que o mundo está cheio de peixe fora d´água enquanto tropeçamos na dor e nos sonhos mas nos esforçamos para não ver. A Lua está em Peixes e a vida continua, o barco desce a correnteza. Lua em trígono a Marte e a Saturno. A dureza do chumbo, a carranca de ferro, a tristeza na sociedade dos poetas mortos. Carpe diem, carpe diem, carpe diem – ainda vale a máxima. Vênus já está no signo do Leão. E aqui permanece por um bom tempo. Amor sob o Sol, pele cenoura e bronze, a cor amarela. Vênus em Leão até o dia 8 de outubro. Viva. Viver ainda cura.

Se você é Libra, ou tem Ascendente em Libra, ou Lua, ou sei lá, não tem nada disso em seu mapa, mas vive se metendo em situações onde precisa exercer a mediação, um conselho, se me permite: cobre pelo serviço! Se a mediação for de conflitos familiares, cobre o dobro. Se for conflitos familiares da sua própria família, cobre o triplo. Ou mande pro inferno. Ou passe a encrenca para o mediador mais próximo. Ou vá pescar que, certamente, ganhará mais. 

Certa vez eu segui uma tabela de dignidades onde dizia que Mercúrio se exalta em Aquário. Está lá no meu livro “Céu em Transe”. Já não sigo mais esta tabela há, pelo menos, 10 anos. Preciso retificar o livro. Mas queria saber quem foi o astrólogo que divulgou esta informação e por quê. Fico curioso pela a argumentação. A gente sempre aprende alguma coisa ao ouvir o outro. Caso você não concorde, no mínimo server para apurar a contra-argumentação com mais afinco e acuidade. Mas quem escuta o outro hoje em dia, não é mesmo?

Júpiter em Gêmeos do mapa do Brasil

10314645_1465176690399162_4698302239863429405_n

brasil

Saturno no Alto do Céu do Brasil é o 7 a 1 sobre as nossas cabeças. E serei sucinto: não existe milagres econômicos e, muito menos, salvadores da pátria. Saturno nos lembra que é preciso seriedade e pensamento a médio e longo prazo seja no que for – exatamente ao contrário do caráter nacional que pensa tudo a partir do “jeitinho brasileiro”. A política da gambiarra, do remendo e dos favores entre amigos sempre vem vencendo nos últimos séculos e marcando o caráter nacional. A responsabilidade social, ambiental e o escambau, a gente sequer ver a cor. É que para ser bom para valer, ao ponto de valer para os que virão depois de você, é preciso muita seriedade e ética, coisa que não é ensinada nas aulas de moral e cívica. Cadê o Millôr, meodeos?! Saturno caminhará no Alto do Céu do país até dezembro, quando ingressa no Sagitário. Mas continuará Alto para todo brasileiro ver e lembrar e, quem sabe, se responsabilizar por aquilo que é seu, quero dizer, o seu destino enquanto nação que não passa, certamente, pela vontade de Deus.

11/08/2014 – 

A Lua já está em Peixes (até o dia 13/08). Hoje, segunda-feira, dia da Lua, início de mais uma semana. Peixes passa vida toda sonhando ou buscando voltar para casa dos seus sonhos. O dia e a semana começam sonhando, portanto. Não acorde, Alice. A Lua, o humor do dia, conversa com Marte domiciliado. “Por qual sonho você luta?” Sonhar e lutar ainda são as ações mais sagradas que existem. Bom dia, Saturnália! Ah, na próxima madrugada a Vênus ingressa no signo de Leão. Amor sob o sol.

07/08/2014 –

A Lua está em Sagitário. São capazes de ouvir o galope da cavalaria?
Ainda hoje pela manhã, a Lua ingressa no signo de Capricórnio.
A Lua Madrasta de tão boa.
Eu, particularmente, aprecio a Lua Cabra Velha. Tudo fica mais seco e concreto. Cessa um tanto o exagero da Lua em Sagitário.
O humor amargo da Cabra também é muito engraçado. Não é mesmo, Dr. House?
E para você como são, geralmente, dias com a Lua em Capricórnio?

06/08/2014 – 

A Lua está no signo do Arqueiro. A Lua está em Sagitário. Aponta para Mercúrio em Leão, aponta para Urano em Áries. O dia aponta para o alto. Voe como Pégasus, dê rasantes como uma águia. Mas, o mais importante, procure enxergar, enxergar o que está diante da sua cara.
Bom dia, Saturnália!

Casa 12

Casa 12

Entre tantas coisas atribuídas a Casa 12, há uma em especial bem peculiar. A Casa 12 dá morada a animais de grande porte. Elefantes, cavalos, bois. Antigamente, os astrólogos referiam-se aos mesmos, literalmente falando. Quando, por exemplo, um cliente perguntava a um astrólogo horário sobre o que fazer com suas vacas doentes, aliás, vacas onde tirava o leite de suas crianças, era uma pergunta concreta e não figurada. Mas hoje eu diria, que os animais de grande porte hoje são tantos os reais quanto os imaginários, assim como são os inimigos tão comum serem atribuídos a mesma morada. O menino que perdeu, dias atrás, um braço ao adentrar a jaula de um tigre do zoo de Cascavel, ao que tudo indica, eu diria, o menino adentrou a Casa 12 da sua vida. Ou será que foi a Casa Sete?

(p.s.: obrigado pela inspiração Letícia Helena!)

‪#‎casa‬ ‪#‎astrologia‬ ‪#‎saturnalia‬ ‪#‎cenáriosdramáticos‬

Júpiter em Leão

Em tempos de Júpiter em Leão, um tigre de Cascavel ganha a fama por ter abocanhado o braço de um menino que praticamente adentrou a jaula para acarinhá-lo. Mercúrio muito perto da fera. Culpa da tragédia? O pai irresponsável que, tal qual um Saturno inconsciente, quis devorar o próprio filho, mas como não tinha estômago nem presas para tanto, jogou a criança aos leões, quero dizer, ao tigre. A criança perdeu um braço, mas é provável que o zoo tenha que pagar uma indenização ao pai pelo fato ocorrido. O pai querido ainda vai lucrar muito por sua irresponsabilidade. Em troca do braço do filho, vai embolsar uma graninha. Este é o mundo em que vivemos.

05/08/2014 –

 

A Lua já está em Sagitário. Lua trígono a Júpiter. Dia de força cavalar. 2014 seria o do Carro (tarot) e do Cavalo (astrologia chinesa). E há quem comanda o volante e há quem vá só vá na garupa. Mas certamente todos chegam a algum lugar. Você mira onde quer chegar ou acompanha quem sabe para onde está indo? Importante é saber qual é sua e apreciar a jornada. A Lua está em Sagitário trígono a Júpiter em Leão. Dia quente como a Bahia. Bom dia, Saturnália.

Firdária

Calculadora para Firdária > http://firdaria.com/calculator.php

28/07/2014 –

E lá está o Sol se pondo e a Lua também. O Leão indo dormir. Ou acabando de acordar. Hoje é segunda-feira, se você bem se lembra. Agora, Marte e Saturno no topo do mundo. Cortei a juba, me sinto mais leve.

28/07/2014 –


Que dia surpreendente. O mundo em chamas e, mesmo assim, estampa no semblante, um sorriso radiante. A Lua está em Leão, o signo do Sol recebe a Lua. O sorriso não é maior porque a Lua é nova. Mas mesmo assim dá para sentir o sorriso da Alice. Bom dia, Saturnália. Fique com o que importa. Boa semana produtiva.

27/07/2014 –

E a Lua em Leão. E o maior frio na minha cidade. Já é noite. O Sol se pôs. O Leão foi dormir depois de um domingo de manhas. A Lua quadra Saturno, segunda-feira das responsabilidades se aproxima. Mas a selva está feliz pelos dias que virão. Que a semana que se inicia hoje seja contente e produtiva. A vida é boa. Os ossos jogue aos cachorros.

Lunação do Leão

Aí está o mapa do ciclo do Leão que começa agora dia 26/07 e vai até dia 25/08. Quando a Lua encontra o Sol tem início ciclo de aproximadamente 30 dias chamado LUNAÇÃO. Lua encontra o Sol a 3 graus do Leão. Note também a presença de Marte na sua própria casa, a do Escorpião. A última vez que Marte esteve em Escorpião foi em agosto de 2012. Marte leva mais ou menos dois anos para dar uma volta no zodíaco. Neste ciclo de Leão, temos Júpiter-Lua-Sol quadrado a Marte em Escorpião. Calculei para a cidade de Curitiba o início da Lunação. Neste mapa, Saturno se torna o Senhor do ciclo. Saturno lá alto no céu, como você pode reparar. Mas o Sol também tem sua fortaleza. Saturno, Sol e Marte para os próximos dias. O bom mesmo é entender este mapa em linhas gerais e também incindindo-o sobre o seu, ou sobre o mapa do Brasil, Israel, Madagascar… Experimente este exercício.lunacao do leao 2014

25/07/2014 – ‪

A Lua num olho, o Sol no outro.
Os luminares parece que até combinaram.
A Lua na sua própria casa, o Sol no seu próprio palácio.
Lua em Câncer, Sol em Leão.
Dias de perfeição.
Dentro, os móveis da casa voltam aos seus devidos lugares.
Perfeição celeste, harmonia terrena.
Júpiter está no coração do Sol. Cazimi de Júpiter.
Sensação de justiça e misericórdia divinas.
Também hoje, Lua conjunta a Mercúrio em Câncer, trígono a Saturno.
Bom para contar causos e histórias. É o desenrolar do fio da memória que faz o mundo se curar.
Ah, hoje Marte ingressa no signo do Escorpião. Exatamente às 23h26, hora de Brasília. O deus da guerra voltando à sua própria morada. Sim, o céu mudou, os tempos mudaram.
A paixão volta a bater o martelo na bigorna.
Bom dia, Saturnália!

Ariano Suassuna

ariano

 

mapa sem horário

24/07/2014 –

A Lua está em Câncer. Lua na sua própria morada. O Brasil chora de dor e de amor seus escritores. Fim da Lunação do Caranguejo, a que teve Mercúrio abrindo e fechando portas entre mundos. Eu quero ser um escritor. Sempre direi isso, mesmo que eu nunca seja um ou reconhecido como tal ou, ainda, não tenha tempo para tanto. Ser escritor é a obra-prima que entendo que um homem pode fazer na sua passagem por este mundo tão árido e farto de coisas lindas. Quando morre homens iguais a estes últimos, João, Ariano, Rubem, a gente olha a vida e a morte e abre os olhos ao quanto o ser humano é raro e extraordinário. O escritor é o farol do mundo. O escritor é um luminar. A Lua está em Câncer conjunta a Mercúrio e Vênus. O mundo chora, chora, e muito. E o Sol lá no Leão radiante junto a Júpiter. Sol e Lua, um em cada olho, estão acesos e intensos. Bom dia, Saturnália!

23/07/2014 – ‪‬

 

A Lua encontra-se em Gêmeos. Lua trígono ao Nodo Norte e a Marte em Libra. Quarta-feira, dia de Mercúrio, do conflito declarado por conta de Marte. A primeira notícia que li foi a do jornal Lance! convocando o povo brasileiro e propondo mudanças na estrutura do futebol brasileiro. A vida do simpático atual técnico da Seleção Brasileira não será nada fácil. Tomo um café e quando volto fico sabendo que a Santa Casa de SP está fechada por falta, mais uma vez, de materiais para uso no trabalho. O Brasil da Copa mas não dos hospitais. Fora os mandos e desmandos que não cessam pelo Brasil afora. E aí todos somos responsáveis. Tanto o político que privilegia a empreiteira, quanto a empreiteira que superfatura a obra para cair nas costas de uns pobre coitados, somado ao homem comum que acha que é assim mesmo, fazer o quê?, tem culpa no cartório. A corrupção é modus operandi da cultura nacional. Creio que a crise atual do Brasil é uma crise de Saturno, por que, afinal, nada é pensado a longo prazo. E como seria, se há eleições a cada dois anos e se o critério de mérito é ser amigo da patota, seja qual for a patota que estiver no poder? A Lua está em Gêmeos trígono a Marte, faz com que a gente abra a boca mesmo. Creio que o futebol brasileiro sofrerá uma reforma, espero que seja uma reforma para valer, com o ferrão do Escorpião. E não um paliativo para aumentar a vida do moribundo. A Lua faz trígono a Marte em Libra. A Lua em Gêmeos faz a gente abrir a boca mesmo. Espero que não seja para chorar ainda mais sobre a desgraça nacional. A Lua ingressa a sua morada oficial, Caranguejo, perto da meia noite. Bom dia, Brasil!

22/07/2014

A Lua está em Gêmeos.

“Quando queres revólver, sou coqueiro/ Quando queres dinheiro, sou paixão”.

Hoje é terça-feira, dia de Marte.

A Lua, o dia, está numa boa, só esperando a nova Lunação chegar daqui a quatro dias.

“Onde queres família, sou maluco
E onde queres romântico, burguês”.

A Lua míngua e já acena a novos tempos.

“Onde queres Leblon, sou Pernambuco
E onde queres eunuco, garanhão”.

A Lua está em Gêmeos e o Sol ingressa no signo do Leão no início da noite. Vem, Leão, vem. Aproveita e traga o calor do Sol no meio do frio, please.

“Onde queres o livre, decassílabo/
E onde buscas o anjo, sou mulher”

A Lua está em Gêmeos. Se deixar a gente não para de falar.

“Ah! Bruta flor do querer
Ah! Bruta flor, bruta flor”

Bom dia.

#astrologia #saturnalia

19/07/2014 – ‪

 

A Lua está em Touro. Luz sextil a Vênus. A Lua é uma luz.
O Sol, outro luminar, quadra Marte e a Lua quadra Júpiter. A guerra de um lado, a lei do outro, e o amor no canto (Vênus). A justiça das armas, o martelo da sentença, o mundo está entre bombardeios e declarações de nobres presidentes. Mas, apesar do mundo estar em chamas, hoje é sábado, dia de Saturno e eu me esforço para ouvir as musas. Dia de voltar para si, ao chumbo prateado. Não sei vocês, mas para mim hoje é um dia de paz.

17/07/2014 –

A Lua está em Áries. A Lua veste-se com a cara e a coragem do Carneiro celeste. Hora de agir com alegria e velocidade.
A Lua quadra Mercúrio-Caranguejo, volta-se ao passado para ir mais adiante.
Um passo atrás, dois, três, mas rápido, para pegar distância suficiente para bater o escanteio.
Hoje também a Lua conversa com Júpiter que ontem vestiu as roupas e as insígnias do Leão.
Tempo para fortalecer a autoestima e reconhecer se no que faz, do mínimo ao gesto maior, tem a alegria do coração.
Tem algo puro no signo do Leão.
Júpiter em Leão até agosto de 2015.
Hoje é mais um dia para escutar se o que faz é puro sol ou vaidade.

16/07/2014 –

Lá vem o Júpiter em Leão. Quer dizer, já veio. Lá está desde o nascer do sol. Júpiter em Leão daqui adiante até agosto de 2015. Júpiter ingressa em Leão e nasce no horizonte do Brasil. Júpiter, o deus da Justiça, no signo do Sol. Eu só desejo que a meritocracia tenha vez no mundo. O tempo é de reis e não de covardes. Mas rei covarde é o que mais há. Mas se é covarde, não é rei. Rei é gente. Faço votos que o calor do Sol seja sentido a partir de agora e amane a partir de dentro. Tempo de cada um irradiar sua presença. A Lua está em Peixes, me faz sonhar com o melhor. Bom dia, Saturnália!

Rádio Saturnália . https://www.youtube.com/watch?v=n708Dn3vi1o


Amanhã, dia 16, Júpiter ingressa no signo do Leão. Mais precisamente, às 7h31 (hora de Brasília). O Deus do Trovão permanecerá no signo do Grande Gato dos Céus até o dia 11 de agosto de 2015. Entre os dias 08/12/2014 a 08/04/2015, Júpiter retrograda.

Júpiter, o signo da expansão e da justiça, no signo do Sol. Estes são tempos que brilharão a nobreza e o comando, o valor próprio e a honradez, a justiça e ampliação dos próprios domínios sob a luz do sol, às claras, para quem quiser ver. É um tempo dos leões, não dos ratos.

15/07/2014 –

Terça-feira, dia de Marte.
Dia 26, Marte ingressa no covil do Escorpião.
Hoje a Lua está em Peixes.
“Vamos fugir deste lugar, baby?”
Lua conjunta a Netuno.
Durma, Alice, durma.
O mundo está de ressaca, uns por conta dos 7 a 1, outros por conta de ter levantado o caneco, outros, ainda, pelas bombas caindo na faixa de gaza do seu condomínio.
Lua conjunta a Netuno em Peixes.
“Vamos dançar, baby?”
Amanhã Júpiter ingressa no signo do Leão.

14/07/2014 –

Sim, a Lua está em Aquário. A Lua campeã do mundo. A Lua que privilegia a união do grupo e também a utopia.
A Lua caminha para fechar um triângulo com Marte em Libra e Vênus em Gêmeos. Triângulo de Ar nos céus do mundo. Aos que perseveram e trabalham numa determinada direção, dia para fortalecer as esperanças.
Aquário anuncia transições.
De onde você vem, para onde está indo?
Hoje o dia é da Lua, Saturno pula que nem criança.
No final da noite, a Lua ingressa o signo de Peixes, Lua do êxtase.
Bom dia, Saturnália!
Boa semana!


Poxa, gente! Obrigado por terem acompanhado a Copa por aqui. Acho que todos aprendemos muito. Eu espero não esquecer os ensinamentos astrológicos aprendidos por aqui ao testar um método de leitura jogo a jogo. Corri riscos como nunca antes. Obrigado. E Saturno venceu. A disciplina, a aplicação tática, a inteligência do trabalho duro, do trabalho a longo prazo. E também ganhou o espírito de grupo, isto é, a Lua em Aquário, a Lua, a cor branca, num signo de Saturno, no alto do céu do Maracanã coroando um projeto, uma estratégia de trabalho, uma confiança no tempo. Se a gente, o Brasil, tiver 10% do temperamento saturnino da Alemanha, a gente vai longe. Viva o campeão do mundo! Viva Saturno!

13/07/2014 –

Domingo, dia do Sol.
E hoje a Lua está em Aquário, onde Saturno faz festa.
Hoje, Marte e Vênus num trígono perfeito.
Mercúrio já está no Caranguejo, deixou sua casa natal, Gêmeos, para atrás.
E Lua, em Aquário, celebra o futebol de equipe. E a criatividade.
No início da Copa do Mundo disse que entendia que quem levaria a Taça seria um time com fortes ênfase de Júpiter, Lua e Mercúrio. Júpiter é o azul-celeste e a Lua veste-se de branco. Lá está Argentina e Alemanha.
Que ganhe o melhor, mas acho que vai dar Alemanha.
Mas quem sabe não é o Messi o verdadeiro lampejo de criatividade chamado Mercúrio.
Mesmo assim, acho que a Alemanha será consagrada campeã.
No fim do jogo de hoje, Marte está no Meio-Céu do país.
Marte conjunto ao Nodo Norte alinhados à SPICA, a estrela que determina colheita e, certamente, inventou o seguinte dizer:
“Colhe o que planta. Semeou vento, colherá tempestade. Semeou trabalho, colherá resultados”.
A Lua está em Aquário, reúna os amigos e celebre.

12/07/2014

 

A Lua cheia da melancolia.
Hoje, agora. Agora pela manhã.
Lua Cheia da Lunação do Caranguejo (27/06 a 26/07).
A Lua encontra-se a 180 graus do Sol.
A Lua está em Capricórnio, no signo de Saturno.
Hoje é sábado, dia de Saturno.
Ano sabático, isto é, ano de Saturno, para todo mundo.
Me refiro ao período de Março/2014 a Março/2015, tempo de Lua-Saturno, de tirar força do fundo do poço, minério do fundo do chão, óleo do fundo do mar, extrair raios solares do ouro enterrado a 7 palmos do sonho.
E nem estou falando de Seleção Brasileira.
Me refiro ao Ingresso do Sol em Áries no último dia 20 de março.
Todos somos carvoeiros.
Eu, pelo menos, digo que sou.
Lua Cheia, Lua Cabra, Sol Caranguejo.
A Lua ingressa Aquário um pouco depois da meia-noite.
Ainda hoje a Lua encara Júpiter pela última vez em Câncer, já que o Deus do Trovão ingressará Leão no dia 16/07.
Que a justiça seja feita.
Cabrummm !!!
Bom sábado, Saturnália.

Duelo de Titãs

Alemanha X Argentina
Final da Copa do Mundo 2014
13 Jul 2014
4:00:00 PM
Rio de Janeiro

Gente, aí está o mapa da final da Copa do Mundo.

Na opinião de vocês, quem é o dono da Casa 1, e quem é o dono da Casa 7?

Pela narrativa construída no torneio, a Alemanha é Saturno, regente do Ascendente em Capricórnio. Saturno = estrutura, planejamento, time que mais tempo joga junto.

A Lua, regente da Casa 7, a do oponente, é, por consequência a Argentina. Lua em Aquário.

Lua no signo de Saturno.

Se o raciocínio está correto, se a Lua representa a Argentina e Saturno a Alemanha, nos resta estudar cada um separadamente.

Saturno em Escorpião, nos Termos de Mercúrio, em trígono aberto com Sol/Fortuna/Júpiter. Saturno está em quadratura com a Lua. Marte, o seu dispositor, num signo onde se exalta Saturno, Libra. Alemanha vem com toda sua força (Marte) e estrutura (Saturno).

A Lua, no signo de Saturno, além de quadrá-lo, faz um trígono com orbe bem aberta apenas com Marte. A Lua tem muitos poucos recursos.

Nesta Copa do Mundo, teve jogos sob a Lua em Aquário. Foram os jogos dos dias 15, 16 e 17/06. Lembro de um que foi a maior zebra: ninguém dava nada para os USA (Lua em Aquário), mas eles ganharam. A Lua em Aquário é a Lua dos USA.

Se você olhar o mapa do Messi (http://migre.me/kp0Gk) e Klose (http://migre.me/kp0I5), terá lá Júpiter em Câncer passeando no signo solar do primeiro, e, no segundo, é o próprio retorno de Júpiter.

Vejam os mapas dos goleiros. Tanto Neuer quanto Romero, ambos, possuem Júpiter domiciliado em Peixes. Nesta Copa dos Arqueiros, é preciso ver os mapas dos goleiros (aliás, muito bem lembrado pelo meu amigo Bruno Lima). Fiquei com a impressão que Romero vai trabalhar bastante.

Então, conclusão: eu aposto na Alemanha, é um time mais bem estruturado, Saturno fortalecido pelo Sol e Júpiter.

Mas eu vou torcer para a Mafalda. Até porque se há uma Lua que gosta de contrariar a lógica, é a Lua em Aquário.

E vocês Saturnálicos, o que acham?

#astrologia #copa

11/07/2014 –

A Lua está em Capricórnio (até dia 13).
Lua em Capricórnio traz a real e a melancolia.
Ainda hoje, a Lua encontra Plutão e concentra, concentra, concentra o humor.
Amanhã tem Lua Cheia.


Pós-jogo

Gente, voltando talvez ao meu último post sobre a Copa do Mundo. Sobre a questão astrológica que me perturbou nestas últimas semanas:

Afinal, ao analisar o mapa de uma partida de futebol, quem representa a Casa 1, quem representa a Casa 7?

No início da competição, atribuí a Casa 1 e seu regente ao time tido como favorito. Depois, nas oitavas, ao time que se tornou favorito durante o torneio, apesar de pouca tradição etc. Nas quartas, tomei a ordem que os times apareceram na tabela da FIFA, por entender que ali era uma ordem do percurso, da trajetória que o time tinha escrito. Até aqui, acertei algumas, errei outras. Mais acertos do que equívocos. Nas semi-finais, tomei o mesmo critério que nas quartas e aí, acho, que está o erro.

No texto Brasil X Alemanha http://migre.me/ko3S3 vaticinei que o Brasil iria até a final (mas sempre temi que encontrássemos a Argentina e perdêssemos a final, já que nunca ganhamos com Marte em Libra e no início da Copa, disse que um time azul-celeste tinha muita chance de levar o caneco > http://migre.me/ko2GY ). Mas voltando ao texto sobre a partida Brasil X Alemanha, considerei que o time alemão era a Lua em QUEDA, regente da 7, olhando para Algol em trígono com Júpiter, simplesmente porque vinha na tabela da FIFA depois do Brasil. E, agora vendo o vergonhoso 7 a 1 sobre o time do Brasil, concluo que a Lua era o Brasil. Um leitor do Saturnália (assim que eu achar o post e o comentário, darei o crédito, o face sumiu com algumas postagens), brilhantemente apontou que, mesmo que a Lua represente a Alemanha, estava melhor que Saturno (Brasil) por estar em trígono com Júpiter e a Lua participar da Triplicidade da Água. Talvez seja isso. Mas eu não acredito, terei que testar este caminho em outras partidas. E por que eu não acredito de imediato nesta explicação astrologicamente razoável? Entendo que o Brasil era a Lua, por um simples motivo: durante a narrativa que o torneio produziu, o Brasil produziu uma identidade alinhada às características lunares, isto é, reconhecido como um time emocional, chorão, com possíveis problemas emocionais, que ganharia na raça, no coração, com a alma. Por exemplo, o jogo contra o Chile aconteceu sob a Lua conjunto a Júpiter em CÂNCER. Lua domiciliada. E foi ali que o time tomou para si a Lua. Júlio Cesar que, pelo seu nome, nos leva à Júpiter, etimologicamente falando, nos salvou, ele e a trave. E o nosso arqueiro pode desabafar diante das câmeras os seus últimos quatro anos de martírio por ter sido acusado da nossa eliminação na Copa de 2010, com aquele time violento que o Dunga produziu para o Brasil. Depois deste jogo contra o Chile, inclusive tiveram que chamar a psicóloga/mãe (Lua em Escorpião) porque o time desabou em campo. O Felipão é tido como protetor, um pai, em torno de um time infantilizado, lunar, ainda ligado ao cordão umbilical. Sim, certamente. Era evidente a cara de meninos da Seleção, todos de uma nova geração preocupada em tirar fotos para o Instagram com seus bonés de garotos. Curiosamente, sob a Lua em Escorpião e Lua em Sagitário, aconteceram os piores dias das manifestações de junho 2013. Também sob esta Lua, o Golpe Militar de 1964 aconteceu. O mapa do Ingresso do Sol em Áries (20/03/2014) que aponta como vai ser o ano até maro de 2015, tem Lua conjunto a Saturno em Escorpião. Perder pode fazer crescer é o que a Lua Víbora nos ensina. Então, por estas e outras, entendo que, na narrativa da competição, e este ponto eu levanto faz tempo ao analisar fenômenos de massa, televisão, etc, a Seleção Brasileira tomou para si a Lua e aí o texto acima encaixa direitinho com o que aconteceu no campo. E mais um motivo: Lua em Escorpião em trígono com Júpiter é que ampliou a chuva de gols. Não defendo a ideia de que a Lua em QUEDA ganha em força ao estar em bom aspecto com Júpiter, mas sim que Júpiter amplia o envenenamento da Lua, aumenta a dose, o infortúnio. Júpiter exagera na dose anestésica, obrigando a Lua cavar um buraco ainda maior para poder se esconder. E quem não dirá que o time alemão é Saturno em Escorpião (o que aplicou o ferrão), regente da 1 da partida? Bem, estas são algumas conclusões pós-jogo. Fiquem à vontade para comentar também o que vocês acharam desta overdose de Astrologia e Futebol por aqui. Obrigado a todos que acompanharam, minha gratidão. Tenho certeza que todos aprenderam muito por aqui. Eu aprendi horrores. Valeu!

p.s.: detalhe: quando foi anunciada a convocação da Seleção, o Almutem da Carta era a Lua. > convocacao da Selecao 2014, 7 May 2014, 11:35:30 AM Rio de Janeiro

by
João Rodrigues Acuio

10/07/2014 –

A Lua está em Sagitário.
A Lua está no signo do deus do trovão.
A Lua está no signo de Júpiter, o justo.
A Lua se opõe a Vênus e Mercúrio em Gêmeos.
Todo mundo falando para tudo quanto é lado.
Quase Lua Cheia da Lunação do Caranguejo (27/06 a 26/07).
Quase.
Vamos retomar a vida?
Há um mundo aqui dentro e lá fora para desbravar.
A Lua está em Sagitário.
Aliás, a Lua está no signo de Júpiter, Júpiter no signo da Lua. Como foi muito bem lembrado pelo leitor do Saturnália.
A última mútua recepção envolvendo Lua e Júpiter já que Júpiter ingressa Leão agora dia 16/07.
Esta configuração, só agora daqui 12 anos.
Espero que não seja numa Copa do Mundo.
Chuva de gols.
Copa dos Arqueiros.

by
João Rodrigues Acuio

Quirón e Plutão

O Golpe Militar no Brasil que inaugurou um tempo de torturas e porões, aconteceu no dia 31 de março de 1964. Vênus estava perto da Medusa e a Lua em Escorpião. Urano e Plutão em Virgem. Plutão, o movimento dele nos céus, para o mesmo completar uma volta no zodíaco dura em torno de 248 anos. Convenhamos, 248 anos é um tempo desumano. Quirón, o centauro, por sua vez, leva 50 anos para completar uma revolução. Então, arredondando o ciclo de Plutão, temos 5 ciclos de Quirón, e aí temos realmente um tempo humano, o tempo de uma geração: 50 anos. Quirón é o cavalo de Plutão. A Ditadura Militar completa 50 anos agora, neste ano de 2014, mas só fecha o ciclo quando completar 51. 2015 é o início de um novo ciclo. Nada me tira da cabeça que as ruas ano passado foram tomadas também pelo o espírito dos mortos da história recente do país. O Brasil vive um momento walking dead. Ontem, no Mineirão, a saturnina Alemanha, sob a Lua em Escorpião, a do golpe militar e dias terríveis, fechou um ciclo e iniciou outro na história do Brasil. Ontem também faleceu Plínio de Arruda Sampaio, um homem que honrou as calças que vestiu. Quirón tem a ver com cura e revoluções.