0

21/10/2014 –

Pronto! A Lua já está em Libra. Balança pra lá, balança pra cá. Lua em Libra até dia 23, fim da tarde.
Lua em Libra para embelezar as horas, para suavizar os dramas, para desembaraçar os fios.
A vitalidade cai um pouco, dispersando o excesso.
Esta Lua é conhecida também como Lua pôr-do-sol. Lua do ocaso, Lua do poente.
E a Libra ensina: o inferno é o outro, o céu é o outro e o outro sou eu.
O outro tem a cor da finitude.
Lua fim de sessão. A Lunação de Libra (24/09 a 23/10) chegou ao seu fim
Dia 23/10 tem Lua Nova, a Lunação do Escorpião (23/10 a 22/11).
Bom dia, Saturnália!

0

Tricampeonato de Ayrton Senna

Em 20 de outubro de 1991, Ayrton Senna conquistava seu terceiro e último título mundial em Suzuka, no Japão. A corrida teve início às 9:00 AM, com Ascendente a 1 de Sagitário e o Descendente a 1º de Gêmeos. A Lua colada à cúspide da quarta casa, que diz também sobre “a decisão ou o final de qualquer coisa”, segundo Lilly – indicando que o campeonato seria sim decido naquela etapa. Lua em Peixes, signo de Júpiter.

Senna já estava 16 pontos a frente de Nigel Mansell, então considero que Senna era Júpiter, regente do Ascendente em Sagitário. Júpiter em Virgem, signo de Mercúrio, no alto do céu.

Nigel Mansell era Mercúrio, regente da casa 7. Mercúrio se encontrava peregrino, em Escorpião, na casa 12. Nigel-Mercúrio-Mansell escapou da pista na volta nº 9, dando o título mundial a Senna, uma etapa antes do final da temporada.

Já em posse do título mundial, Senna desacelerou e deixou seu companheiro de equipe da McLaren, Gerhard Berger, ultrapassá-lo e ficar com a vitória daquela etapa. Pra mim, Berger é Vênus, que se encontrava em Virgem, signo de Mercúrio, ao lado de Júpiter, no alto do céu. Berger tem Sol, Vênus e Marte em Virgem.

Relembrem o momento em que Nigel Mansell passa reto e Galvão Bueno anuncia o título mundial de Senna: https://www.youtube.com/watch?v=diUodu5Wrsc

(por Letícia Helena C. Santa Cruz)

GP do Japao 1991

0

20/10/2014 –

A Lua está em Virgem e o hoje é segunda-feira. A semana inicia com a vassoura em mãos. Voe e faça tudo que deixou de fazer. Organize, arrume a sua vida. Geralmente é neste espírito que as horas ficam quando a Lua transita pelo signo da Virgem. Hoje, ainda, a Lua quadra Marte peregrino. Há energia suficiente para fazer tudo o que bem entender.

0

14/10/2014 -

A Lua no saudosista signo do Caranguejo.
Lua em Câncer até dia 16/10.
E cadê a chuva?
Porque Portugal está logo ali.
Será que conseguiremos abrir o baú da memória apesar do calor?
E a chuva que a Lua do Mangue sempre traz? Secou o mangue?
Tenho a impressão que o dia de hoje é daqueles em que ficamos suspensos. Então, procure saber, sentir, perceber onde está pisando.

#astrologia #horoscopo #saturnalia

Curtiu? Compartilhe

Conheça o primeiro app do Saturnália > Signozine – notas astrológicas no seu celular ou tablet > www.signozine.com.br

0

União de corpos, conjunção ou “somos o mesmo corpo”?

Ontem, após a declaração de apoio de Marina Silva a Aécio Neves, este último disse algo do tipo: “Agora somos um mesmo corpo, um mesmo projeto político” etc etc etc. Aquelas coisas que todo político, independente de partido e de proposta, diz. Mas eu me pergunto, astrologicamente falando, faz sentido o que o candidato tucano diz?

Há alguns dias, escrevi um comentário sobre o mapa do segundo turno. O comentário está aqui > http://saturnalia.com.br/segundo-turno-2014/ Disse que a Marina corresponde ao andar de Mercúrio, enquanto Aécio o andar de Vênus. Como Vênus está em Libra e Mercúrio retrogradando de Escorpião para Libra, é um sinal de que Mercúrio caminha ao encontro de Vênus e, por isso, só por isso, Vênus receberia Mercúrio. E, de fato foi o que aconteceu. A ex-candidata Marina declarou apoio a Aécio. Mas Mercúrio (Marina) e Vênus (Aécio) é, de fato, astrologicamente falando, um só corpo?

Com um só corpo, o candidato tucano quer dizer que não há diferenças entre um e outro e essa condição astrológica tem nome: conjunção. Conjunção é quando dois planetas estão alinhados ao mesmo grau do zodíaco. Os corpos existem, são distintos, mas estão alinhados (aliás, Ptolomeu diz que para entender uma conjunção, é preciso entender cada corpo isoladamente). Mas enfim, a conjunção, ou também a chamada “união de corpos”, é o que acontece, por exemplo, a cada Lua Nova, quando a Lua alinha-se ao Sol no mesmo grau e minuto de algum signo do zodíaco. Mas Vênus (Aécio) e Mercúrio (Marina) estão no mesmo grau, isto é, em conjunção exata? Não. Ontem, dia 12/10, dia da declaração de Marina, Mercúrio encontrava-se a 28 de Libra e Vênus a 15 (13 graus de diferença). Mercúrio se alinha a Vênus somente no dia 17 de outubro. No dia do segundo turno, Mercúrio estará a 16 de Libra e Vênus a 3 de Escorpião, isto é, sequer no mesmo signo. Conclusão: declaração sem pé nem cabeça, astrologicamente falando.